5G em 2023: tecnologia será antecipada em mais 420 cidades do país

A antecipação da tecnologia 5G em 2023 nessas cidades se deve a otimização de recursos. Até o momento, somente as capitais brasileiras usufruem da nova geração de internet móvel.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou recentemente que a tecnologia 5G será antecipada em 420 municípios do país em janeiro de 2023. Antes, pelo cronograma original do órgão, somente 26 cidades com 500 mil habitantes estariam aptas a receber a tecnologia no referido prazo.

continua depois da publicidade

De acordo com a Anatel, essa antecipação se deve a otimização de recursos relacionados aos custos para a limpeza da faixa de frequência e comunicação à população nesses locais. A implantação do 5G nessas cidades vai depender da estratégia de cada operadora.

Os 420 municípios que receberão antecipadamente a tecnologia 5G em janeiro de 2023 são os que estão localizados em áreas ao redor das 26 cidades com 500 mil habitantes que já iriam receber a tecnologia no referido prazo.

Segundo a Anatel, a liberação da rede 5G também poderá ser antecipada para antes de julho de 2023 em cidades acima de 200 mil habitantes, ou seja, mais de 150 municípios poderão receber a tecnologia até o fim do primeiro semestre do ano que vem.

Leia também

Em quais cidades do país a tecnologia 5G está presente?

Até o momento, a tecnologia 5G está presente apenas nas capitais do país. A primeira cidade a receber a tecnologia foi Brasília em julho deste ano. Posteriormente, a nova geração de internet móvel chegou a Belo Horizonte (MG), João Pessoa (PB) e Porto Alegre (RS).

Em agosto, foi a vez de São Paulo (SP), Curitiba (PR), Goiânia (GO), Salvador (BA), Florianópolis (SC), Palmas (TO), Rio de Janeiro (RJ) e Vitória (ES).

Já em setembro, a tecnologia 5G passou a ser liberada em Fortaleza (CE), Natal (RN), Recife (PE), Aracaju (SE), Boa Vista (RR), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Maceió (AL), São Luís (MA) e Teresina (PI).

Mais recentemente, em outubro, Belém (PA), Macapá (AP), Manaus (AM), Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC) receberam a rede 5G.

De acordo com o governo federal, com a chegada do 5G à todas as capitais brasileiras, mais de 50 milhões de pessoas que vivem nestas cidades poderão ser beneficiadas, o que representa 24% da população brasileira.

O que é e o que muda com a tecnologia 5G?

O 5G é a nova geração de internet móvel. A tecnologia surge com a proposta de oferecer mais velocidade para baixar e enviar arquivos. Para se ter uma ideia da velocidade da rede 5G, ela é cem vezes superior à velocidade do 4G.

Além disso, o 5G surge com a promessa de baixa latência, curto tempo de resposta entre um comando e a execução da ação. Com isso, ela permite o surgimento de inovações digitais em diversos setores, como comércio, indústria, agronegócio, saúde e educação.

Por fim, a nova geração de internet móvel, promete ainda tornar as conexões mais estáveis. Vale notar que uma das principais possibilidades oferecidas pelo 5G é a que está relacionada a Internet das Coisas (IoT).

Isso porque, graças as suas características, tal tecnologia permite a conexão de diversos dispositivos ao mesmo tempo com diferentes objetivos: desde tecnologias vestíveis (smartwatches), lâmpadas, carros autônomos até as grandes máquinas nas indústrias.

Leia também

Concursos em sua
cidade