Novo Enem terá questões discursivas para todos? Veja as novas regras aprovadas

As mudanças para o novo Enem devem ser implantadas em 2024. As informações são do MEC, em realização de coletiva de imprensa. Saiba os detalhes.

O Ministério da Educação confirmou o novo modelo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que será aplicado a partir de 2024. As informações integram um documento elaborado por um Grupo de Trabalho (GT), que prevê, dentre as novidades, questões discursivas no novo Enem.

Segundo o MEC, as provas, que são atualmente compostas apenas pela redação e por perguntas objetivas de múltipla escolha, passarão a contar com outros formatos, como questões abertas ou discursivas. Essas serão valorizadas no novo Enem e os estudantes que fizerem cursos técnicos terão bonificações na hora de concorrer às vagas no ensino superior.

O Exame Nacional passará por mudanças, com objetivo de se adequar ao novo ensino médio, modelo que começou a ser aplicado este ano em todo o país. Possivelmente, as alterações devem ser colocadas em prática a partir de 2024, quando está previsto para o novo ensino médio for consolidado.

Novo Enem: confira o que deve mudar

Novo Enem acompanhará as mudanças do Ensino Médio; entenda
Foto: montagem / Pixabay – Canva PRO.

Dentre as novidades, o exame será constituído por dois instrumentos:

  • Etapa comum a todos os participantes, consiste em avaliar as competências e habilidades da formação geral, conforme a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), com ênfase em língua portuguesa e matemática. A redação dissertativa-argumentativa, na área específica que o estudante pretende cursar, e avaliação de língua estrangeira integrarão este grupo;
  • Avaliar os itinerários formativos, em combinação optativa ao estudante, a depender do curso de ensino superior que deseja cursar.

O novo Enem também marca o início de uma transição para a aplicação de provas digitais e correção automatizada, segundo o documento. O MEC prevê a adoção de novas tecnologias para acelerar a divulgação de resultados da prova.

No entanto, a prova em sua versão física permanece sendo aplicada enquanto a versão digital não abranger todos os estudantes brasileiros. Não há divulgação se todas as mudanças previstas serão aplicadas imediatamente na edição de 2024.

O MEC está desenvolvendo um comitê de governança para acompanhar a realização do exame, a fim de garantir que todas as mudanças sejam implementadas corretamente, sem que nenhum estudante seja lesado. Dessa maneira, a expectativa é garantir aperfeiçoamento da prova, assim como transparência em todas as etapas.

Novo ensino médio

A mudança tem como base a Lei nº 13.415/2017, que irá alterar a Base Nacional Curricular Comum. As novidades correspondem à educação básica e formação profissional dos jovens estudantes.

A atualização no currículo escolar foi realizada por meio de três pontos principais: quantidade de horas letiva, organização das disciplinas e mercado de trabalho. A ideia é que o exame acompanhe as mudanças do ensino médio e, assim como aluno poderá escolher o curso, também terá questões específicas voltadas para área de atuação.

Em 2022, os estudantes que entraram no primeiro ano do Ensino Médio já foram incluídos no novo formato. Quem estiver no segundo e terceiro ano seguirão a base antiga. Em 2023, a implementação segue, com o 1º e 2º anos e a expectativa é que o modelo atualizado seja totalmente implantado até 2024.

Dessa maneira, o novo Enem deve entrar em vigor apenas após a total implementação das mudanças no ensino médio, a partir de 2024. O Enem seguirá, nos anos de 2022 e 2023, o mesmo formato das avaliações aplicadas em anos anteriores.

Leia também


você pode gostar também

Inscritos no Enem poderão ter acesso à passagem gratuita; entenda projeto

Proposta da Câmara dos Deputados prevê que inscritos no Enem recebam passagem gratuita em transporte público no dia da prova.

Encceja: governo libera gabarito oficial das provas; saiba consultar

O gabarito oficial das provas do Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos) está disponível.

Senai abre 18 cursos online gratuitos; veja opções e como se inscrever

Os cursos gratuitos e online do Senai são voltados para o aperfeiçoamento profissional, assim como aprofundamento dos conhecimentos e formações iniciais em diversas áreas.

Sebrae oferta 302 cursos online gratuitos no país; veja as opções

A plataforma de cursos online do Sebrae oferece especialização aos estudantes em áreas como finanças, inovação, negócios, organização e mercado.

MEC libera mais de 100 cursos online gratuitos no país; veja como se inscrever

O Ministério da Educação, através da plataforma Aprenda Mais, oferece diversos cursos online e gratuitos em diferentes áreas do conhecimento para todos os brasileiros.

Renegociação de dívidas do Fies está aberta; saiba como fazer pelo app

Processo de renegociação de dívidas com o Fies concede descontos de até 99% para quem aderir ao contrato.