Facilitador de TI é uma das profissões do futuro; veja requisitos e salário

Se você gosta da área da Tecnologia, conheça as particularidades de uma das profissões do futuro: o Facilitador de TI.

Não existem resquícios de dúvidas de que a área da Tecnologia é bastante promissora. Por isso, emprega milhões de profissionais em todo o mundo. E uma das funções que promete ter uma alta demanda de trabalho no futuro é a de Facilitador de TI.

Leia também

Esse artigo vai te mostrar o que esse profissional faz, as exigências para se tornar um, o valor do salário médio e as principais habilidades que o Facilitador de TI precisa ter para consolidar uma carreira de sucesso. Se interessou? Então, basta continuar a leitura até o final.

O que faz um Facilitador de TI?

O bilionário ramo da Tecnologia da Informação engloba praticamente todos os segmentos da nossa sociedade. E o Facilitador de TI possui funções essenciais dentro desse setor. A sua principal atividade é proporcionar mais flexibilidade para os usuários por meio dos aplicativos que são desenvolvidos por uma organização.

Na verdade, o Facilitador de TI faz o uso inteligente dos mais variados recursos tecnológicos e das principais tendências digitais para criar modernas plataformas que permitam que os usuários tenham mais autonomia em suas ações no dia a dia, dentro do ambiente empresarial.

Como o próprio nome sugere, o Facilitador de TI tem o objetivo de facilitar a vida do usuário de sistemas em geral, com a máxima segurança, eficácia e praticidade. Por isso, essa é uma das profissões que podem ser bastante promissoras no futuro.

Quais são os principais requisitos para se tornar um?

Se você tem familiaridade com o nicho de Tecnologia e se identifica com ele, pode se tornar um renomado Facilitador de TI. Primeiramente, é preciso ter formação técnica na área de Tecnologia da Informação ou de nível superior no curso de Ciências da Computação.

Além disso, é necessário ter conhecimento de linguagens de programação, computação em nuvem, segurança da informação e de tudo aquilo que permeia as atividades desse cargo. Ademais, esse profissional precisa ter competências de liderança, para se tornar um Facilitador de TI de sucesso.

Quem tem facilidade com os mais variados tipos de sistemas, números, estatísticas, cálculos, códigos binários e domina bem o idioma inglês, também tem grandes chances de se tornar um Facilitador de TI e decolar nessa promissora carreira.

Quanto ganha esse profissional?

O salário Facilitador de TI pode variar bastante. O valor depende das seguintes variáveis:

  1. Porte da empresa contratante (grandes empresas, startups e multinacionais costumam pagar salários mais altos);
  2. Formação acadêmica (profissionais com curso de mestrado ou doutorado na área de TI podem ganhar um salário maior);
  3. Nível de experiência (quanto maior for a vivência na área, melhor poderá ser o salário do Facilitador de TI);
  4. Resultados na carreira (um profissional que conquistou resultados expressivos nas empresas que trabalhou anteriormente, também pode ter um salário maior).

Por via de regra, o valor do salário médio do Facilitador de TI no Brasil gira em torno de R$ 3,3 mil por mês. Mas leve em consideração todas as variáveis citadas acima, combinado? Existem empresas que pagam menos e outras que pagam bem mais do que esse valor.

Como é o mercado de trabalho para o Facilitador de TI?

Se você está pensando em se tornar um Facilitador de TI, provavelmente não vai ter dificuldades para arrumar trabalho. O mercado está bastante aquecido e ainda apresenta uma forte tendência de contratação nos próximos anos, segundo os indicadores econômicos.

Empresas dos mais variados segmentos, indústrias, laboratórios, startups de tecnologia (como os bancos digitais, por exemplo), agronegócio, dentre outros nichos, podem contratar facilitadores de TI. Tem muito trabalho por aí esperando os profissionais mais capacitados dessa área.

Principais habilidades comportamentais

Quem está pensando em se tornar um Facilitador de TI no futuro, precisa ter as seguintes habilidades comportamentais, para aumentar as chances de se dar bem na profissão. Afinal, não basta só ter conhecimento técnico, não é? Confere aí:

  • Visão de negócios, para que as tomadas de decisão sejam mais assertivas;
  • Saber gerir de projetos em equipe;
  • Bom relacionamento interpessoal (soft skills);
  • Sinergia;
  • Saber pensar “fora da caixa”;
  • Criatividade e inovação;
  • Capacidade de liderança;
  • Postura flexível;
  • Saber questionar;
  • Pensamento analítico;
  • Comunicação clara;
  • Ser autodidata (primordial para todos os profissionais de TI);
  • Organização e comprometimento;
  • Foco.

Viu como o Facilitador de TI é um profissional que pode ter um futuro brilhante pela frente? Apesar das exigências e habilidades necessárias, essa é uma função que poderá ser bastante requisitada no futuro por empresas de diversos segmentos. Pode apostar nisso.

Leia também


você pode gostar também

Técnico em Radiologia: formação necessária, o que faz e quanto ganha

O Técnico em Radiologia é capacitado para atuar em diversas áreas, tanto na medicina quanto na área científica, industrial e da construção civil, por exemplo. Saiba mais sobre essa profissão.

Engenheiro Eletricista: o que faz, quanto ganha e formação necessária

O engenheiro eletricista é uma das profissões do ramo da engenharia mais bem pagas do país atualmente. Confira o guia completo com informações sobre o profissional que atua na engenharia elétrica.

Analista de TI: o que faz, salário médio da profissão e requisitos

Fique por dentro das principais atividades do cargo de Analista de TI, saiba quanto ganha esse profissional, bem como as principais exigências para se tornar um.

Product Owner: o que faz, como se tornar um e quanto ganha no Brasil

Fique por dentro das principais atividades de um Product Owner, dos seus ganhos médios mensais e saiba o que fazer para exercer essa profissão.

Designer Gráfico: o que faz, formação e salário médio do cargo

Conheça um pouco mais sobre a carreira de Designer Gráfico, caso esteja pensando em investir nessa profissão, que tem muita demanda atualmente.

Corretor de Imóveis: o que faz, formação exigida e salário médio

Pelo fato de ser uma profissão com possibilidade de altos ganhos mensais, a carreira de Corretor de Imóveis costuma ser bastante promissora.