Concurso INSS terá curso de formação em nova etapa

A nova etapa do concurso INSS é caracterizada por um curso de formação, com treinamento específico dos candidatos e avaliação do desempenho ao longo do processo.

O concurso INSS é composto por duas etapas avaliativas, sendo a primeira as provas objetivas de conhecimentos específicos e conhecimentos gerais. Neste sentido, o curso de formação consiste em uma nova etapa, mas possui regras específicas em relação ao desempenho do candidato.

De acordo com o edital, divulgado pela banca organizadora do Cebraspe, o concurso INSS prevê o preenchimento de mil vagas para o cargo de Técnico do Seguro Social. Com remuneração máxima de até R$ 5.905,79, o período de inscrição foi encerrado ontem, às 23h59 no horário de Brasília. Saiba mais a seguir:

Como funciona o curso de formação no Concurso INSS?

Segundo as informações oficiais do edital, o curso de formação é uma etapa de caráter eliminatório e classificatório. Neste caso, será realizado em turmas, com base na ordem de classificação dos candidatos que foram aprovados na etapa das provas objetivas do Concurso INSS.

No geral, serão convocados para a matrícula logo nas primeiras turmas do curso de formação todos os candidatos que foram classificados na primeira etapa. Sendo assim, poderão ser convocados também o restante dos candidatos aprovados, mas somente após a homologação da primeira turma.

Para esse procedimento, será fundamental enviar os documentos necessários para a matrícula no próprio site do Cebraspe, como o CPF e o título de eleitor, por exemplo. O curso de formação é composto por uma carga horária de até 180 horas presenciais, com realização em tempo integral e atividades desenvolvidas no turno diurno e noturno.

Em resumo, essa etapa é uma espécie de treinamento das atividades específicas do Técnico do Seguro Social, assim como outras questões relativas ao Instituto Nacional do Seguro Social. Sobretudo, acontecerá nas cidades que possuem unidades de Gerências Executivas do INSS.

No caso da formação de novas turmas, porém, as turmas serão direcionadas para Brasília. O curso de formação conta com uma prova objetiva de 120 perguntas de certo ou errado, além de uma prova discursiva com 15 linhas de espaço para resposta. Para ser aprovado, será considerada a nota final de ambos exames.

Os candidatos que não efetuarem a matrícula, solicitarem o desligamento, não atenderem a frequência integral nas disciplinas, não cumprirem as atividades propostas ou obterem uma nota final insuficiente serão eliminados do concurso. Contudo, está previsto 50% da remuneração do cargo como suporte aos participantes.

Apesar dessa ajuda financeira, os candidatos serão responsáveis por todas as despesas relativas à locomoção, saúde, alimentação, e segurança. Desse modo, o INSS não se responsabiliza por eventuais faltas ou demandas associadas a trabalhos anteriores que os candidatos ainda estejam vinculados.

O que se sabe sobre o Concurso INSS?

Em primeiro lugar, o requisito básico para participação do concurso do INSS é portar um certificado de conclusão do Ensino Médio ou curso técnico equivalente, desde que a instituição seja devidamente reconhecida pelo Ministério da Educação. Além da excelente remuneração inicial, existem outros benefícios e gratificações associados ao cargo.

Assim como o curso de formação, a prova objetiva possui caráter classificatório e eliminatório. Neste caso, será composta por 50 questões no campo de Conhecimentos Básicos e 70 questões de Conhecimentos Específicos.

Ambos exames são provas objetivas com questões de certo ou errado, no estilo tradicional de pontuação do Cebraspe. Portanto, a questão correta contará como um ponto positivo, e as questões em desacordo com o gabarito oficial contarão como um ponto negativo, afetando o resultado final.

Leia também

você pode gostar também

Para que servem aquelas bolas laranjas nos fios de transmissão?

Fios de alta tensão geralmente possuem itens de segurança bastante chamativos para evitar acidentes que possam danificar os fios e causar maiores problemas.

Convocação, nomeação e posse: saiba qual é a diferença

A diferença entre a etapa de convocação, nomeação e posse em um concurso público pode criar dúvidas nos candidatos, principalmente sobre a burocracia e procedimentos ao longo desses níveis.

O que 2023 reserva para os concursos? Veja 7 editais previstos

Os concursos públicos previstos para serem realizados no Brasil em 2023 podem ofertar vagas para profissionais de níveis médio, técnico e superior.

7 verdades sobre concursos públicos que vão te motivar

Está querendo começar uma carreira pública em 2023? Então, conheça sete verdades sobre concursos públicos que podem deixar a sua motivação nas alturas.

Como usar o marketing pessoal para ter bons relacionamentos no trabalho?

Entenda melhor o conceito de marketing pessoal e veja como aplicar esse conhecimento à sua vivência profissional.

11 profissões que você nem sabia que já existiram

Conheça um pouco mais sobre as profissões que você nem sabia que já existiram e que só são relembradas em documentários da TV ou nos livros escolares.