Auxiliar de Logística: o que faz, quanto ganha e requisitos mínimos

Desde funções administrativas até gestão de cargas, o Auxiliar de Logística é fundamental para a organização do fluxo produtivo das empresas.

O Auxiliar de Logística é o profissional que trabalha na organização, planejamento e execução do plano de armazenamento de mercadorias. Desse modo, atua desde o ponto de origem até o destino final daquele produto, cobrindo diferentes campos para garantir a execução do processo.

Leia também

Sobretudo, atua para garantir que os requisitos do cliente estão sendo cumpridos corretamente, se atentando também aos prazos acordados, documentos e fluxo de trabalho dentro da empresa.

Nesse sentido, desempenha uma função organizacional em setores como armazenagem, estoque, transporte, processamento de pedidos e outros, de acordo com a necessidade da cadeia produtiva.

Como atua o Auxiliar de Logística?

No geral, é esse profissional que atua no cumprimento de demandas, gerenciamento de etapas e gestão de processos nas empresas, sendo fundamental para a execução do planejamento estratégico de entrega de produtos.

Como consequência, o Auxiliar Logístico atua em encargos diversos dentro da companhia, confira os principais a seguir:

  • Controle de estoque: gerenciamento da entrada e saída de produtos do ponto inicial da cadeia produtiva;
  • Administração e controle: escrita de relatórios processuais, pesquisa de mercado para entender oportunidades e falhas no processo, pesquisa de satisfação com os clientes e partes envolvidas no fluxo, criação de medidas para um ambiente de trabalho saudável, otimização dos serviços e etapas;
  • Transporte e Distribuição: gerenciamento do transporte de mercadorias ou execução de serviços, desde horários até valores referentes ao processo, seja dos gastos envolvendo caminhões ou gestão da equipe;
  • Gestão de Operações: função burocrática ligada a papelada e documentos a respeito do fluxo da empresa, realiza a organização dos documentos das etapas anteriores, como notas fiscais e contratos;
  • Gestão de Armazenamento: controle e gerenciamento do espaço destinado aos produtos ou instrumentos dos serviços, otimização e segurança das cargas, assim como distribuição e categorização dos itens no depósito;
  • Supply Chain: responsável pelo gerenciamento de informações fundamentais ao relacionamento entre as empresas e consumidores, ou seja, trabalha tanto com consumidores diretos e a empresa prestadora de produtos, ou serviços, como entre as empresas envolvidas no processo, gerencia desde a compra de insumos até a chegada ao consumidor final.

Qual é o perfil do Auxiliar de Logística no mercado?

A princípio, é recomendado a formação em Logística ou Administração para atuar nessa função. Ou seja, o profissional interessado nessa área pode buscar formação por meio de cursos técnicos, graduação ou especialização.

No geral, uma educação de qualidade e diferenciais no currículo, como cursos livres e pós-graduação, são pontos positivos no perfil do Auxiliar de Logística.

Para além das informações adquiridas em sala de aula, algumas habilidades são fundamentais. Como “resolvedor” de problemas e gestor de diferentes pontas da cadeia produtiva, o Auxiliar de Logística precisa ter pensamento estratégico, com uma visão ampla sobre cada procedimento e a capacidade de foco nos resultados.

Além disso, saber lidar com as pessoas, com boa comunicação e oratória, ajuda no contato com clientes, fornecedores, distribuidores e até com a equipe da empresa.

Diante do fluxo produtivo, é fundamental ter criatividade para solucionar conflitos, pensar em soluções inovadoras e também saber lidar com a pressão de situações inesperadas ou divergentes do planejamento inicial.

Por outro lado, a organização, proatividade e dinamismo fazem parte do cotidiano, principalmente pela participação em diferentes pontos dos processos da empresa, tanto no planejamento quanto na revisão dos procedimentos realizados. Desse modo, ter uma rotina e um sistema é uma ferramenta para manter as demandas em cheque.

No mais, o conhecimento interdisciplinar, ou seja, domínio sobre diferentes áreas do processo produtivo é um ponto positivo. Em especial, amplia as perspectivas e a capacidade de gerenciar crises.

Como é o mercado para esse cargo?

Em resumo, a média salarial do Auxiliar de Logística atualmente é de R$1.263,83. No entanto, esse valor passa por alterações de acordo com os níveis de experiência, qualidade da educação, e também pela área de atuação.

Segundo pesquisa do portal Salário, a cidade de São Paulo é a que mais apresenta vagas nesse setor, em especial no ramo dos cosméticos.

A pesquisa mostra ainda um aumento de 6,98% nas contratações, em regime integral de trabalho dentro da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Com a retomada da economia, após a crise em decorrência da pandemia, a função de Auxiliar de Logística tornou-se uma demanda no mercado, principalmente na área industrial e fabril.

Por fim, o profissional nesta função atua no setor primário, secundário ou terciário. Ademais, pode trabalhar no comércio nacional, internacional e empresas de porte variado.

Sendo assim, tem possibilidade de atuar em multinacional ou em comércios locais, tanto por meio de contratações no setor privado quanto através de emprego público pelos concursos de cada região.

No entanto, o salário em cargos públicos é 50% maior do que a média salarial do setor privado, de acordo com o portal Salário, em especial por trabalhar na administração direta ou indireta de empresas públicas ou instituições públicas de direito privado.

Leia também


você pode gostar também

Repositor de mercado: o que faz, quanto ganha e requisitos gerais

Descubra o que faz um repositor de mercado, quanto ganha e os principais requisitos para exercer esse cargo.

Auxiliar Administrativo e Assistente Administrativo: veja as diferenças

Conheça as principais diferenças entre as funções de Auxiliar Administrativo e Assistente Administrativo, que muita gente não sabe.

Analista Tributário da Receita Federal: veja requisitos, o que faz e quanto ganha

Descubra o que faz um Analista Tributário da Receita Federal, conheça os requisitos para se tornar um e saiba quanto esse profissional ganha.

Bombeiro militar: quais são os requisitos e as atribuições

Conheça as principais atribuições e requisitos de uma das profissões mais admiradas, que é a de bombeiro militar.

Agente Censitário do IBGE: o que faz, quanto ganha e requisitos

Conheça um pouco mais sobre o cargo de Agente Censitário do IBGE, bem como os requisitos para se tornar um.

Digitador: o que faz, quanto ganha e requisitos mínimos para o cargo

Saiba o que faz um digitador, quanto ganha esse profissional e quais são os requisitos exigidos para o cargo.