Confira 7 formas de otimizar o seu tempo de estudo para concursos

Independentemente do que esteja estudando, você precisa estabelecer um cronograma de estudos que seja realista e, acima de tudo, eficiente.

Você acabou de se inscrever para um disputado concurso público e está disposto a estudar com o máximo de empenho para as provas? Está no caminho certo, concurseiro. Mas para te auxiliar com essa missão, que não é impossível, vamos te dar 7 dicas que otimizam o seu tempo de estudo para concursos.

1. Tenha um ambiente de estudo organizado

Se você quer arrebentar a boca do balão nas provas e otimizar o seu tempo de estudo para as provas do concurso, deve começar seguindo à risca essa dica. A organização deve fazer parte da rotina de todo concurseiro, ou seja, ele deve ter um ambiente de estudo extremamente organizado, já que o tempo pode ser o grande aliado ou o maior vilão.

Dessa forma, deixe os livros, apostilas, manuais, cadernos de anotações e o computador sempre bem organizados e dispostos de maneira que não atrapalhem a sua concentração. Você não pode perder tempo em meio à bagunça procurando aquela anotação que está perdida ou uma apostila que não sabe onde colocou na semana passada.

Todos os demais pertences que não fazem parte da sua rotina de estudos não devem permanecer nesse ambiente. E isso inclui o seu telefone celular ou qualquer outro objeto que possa roubar a sua atenção. Lembre-se de que o seu tempo de estudo precisa ter um rendimento satisfatório.

Além da organização, certifique-se de que o seu ambiente esteja limpo, bem iluminado, arejado e que ofereça móveis confortáveis.

2. Tenha um cronograma de para otimizar o seu tempo de estudo

Independentemente do que esteja estudando, você precisa estabelecer um cronograma de estudos que seja realista e, acima de tudo, eficiente. Ou seja, o seu plano precisa ter metas e prazos bem definidos. Por exemplo, para turbinar o seu aprendizado, você pode estudar uma disciplina diferente cada dia da semana para que a sua rotina de estudos não fique maçante e cansativa.

Quando o concurseiro intercala os assuntos que estão sendo aprendidos ao longo da semana, a absorção das informações pela mente fica muito maior. Afinal de contas, estudar a mesma matéria por vários dias seguidos pode afetar negativamente a sua memorização e produtividade, já que essa prática deixa o cérebro mais preguiçoso.

Vale ressaltar que o cronograma para otimizar o seu tempo de estudo precisa ser devidamente seguido. Respeite todos os horários, bem os seus limites físico e mental, pois o seu aprendizado precisa ser efetivo. Você deve seguir o seu cronograma, mas não precisa virar todas as noites estudando.

3. Cuidado com a curva do esquecimento

A famosa curva do esquecimento é uma das grandes vilãs de milhares de concurseiros, principalmente quando o assunto otimizar a rotina de estudos. É quando o nosso cérebro perde a capacidade de memorizar todas as informações que foram recém aprendidas, dentro de um determinado prazo.

Ou seja, a curva do esquecimento acontece quando vamos nos esquecendo aos poucos de algo que acabamos de aprender. Por isso, as revisões periódicas de conteúdo são fundamentais, já que essa prática reforça as informações em nosso cérebro de forma mais contundente quando queremos otimizar o tempo de estudo para concursos.

Para evitar a curva do esquecimento, o intervalo das revisões dos assuntos que foram estudados não pode ser muito grande. Se você estudar uma disciplina hoje e só revisá-la daqui a 3 ou 4 semanas, provavelmente já terá esquecido de boa parte das informações. O grande segrego é ir progredindo com os estudos e revisando constantemente.

4. Anotações à mão

Pode até parecer uma baita perda de tempo quando se quer otimizar o tempo de estudo, certo? Mas não é. O bom e velho caderno de anotações deve fazer parte da sua rotina de aprendizagem para as provas do concurso. Se você anotar as informações mais importantes, sobretudo de forma organizada, a sua mente vai gravá-las com muito mais eficiência.

Mas não estamos falando em usar uma pilha de cadernos ou anotar tudo o que acabou de aprender até dar calos nos dedos. Não se trata de excessos. A questão é que você deve anotar somente as principais informações usando as suas próprias palavras. Aproveite que tudo ainda está “fresquinho” em seu cérebro e faça anotações que sejam passíveis de entendimento depois.

Mas não vale fazer isso no computador. Por quê? Para o nosso cérebro, digitar algo não é a mesma coisa que escrever à mão. As parafernálias eletrônicas são essenciais em nossa vida, mas pouco ajudam quando o assunto é aprender de verdade.

5. Técnicas de memorização são bastante úteis

A primeira coisa que vamos deixar bem claro aqui é: memorizar não é decorar. Quem decora esquece rapidinho. Já quem memoriza alguma informação, consegue reproduzir tudo com as suas próprias palavras e de forma bastante clara. Por isso, existem algumas técnicas de memorização que podem ser de enorme valia para o concurseiro que deseja otimizar o tempo de estudo.

Você pode fazer anotações à mão, criar resumos estratégicos, explicar o que acabou de aprender em voz alta para si mesmo ou fazer gravações de áudio para escutar com frequência, quando estiver no trânsito, por exemplo. A escolha é sua.

6. Faça simulados de concursos anteriores

Mais uma excelente forma de otimizar o seu tempo de estudo para concursos. Os simulados dos certames anteriores são excelentes para deixar o candidato ainda mais craque, já que o cérebro pode ficar mais acostumado com o nível de dificuldade das provas, os tipos de assuntos abordados e até mesmo o tempo de duração delas.

Fazer uma simulação das provas e outras atividades relacionadas a um disputado concurso, pode testar os seus conhecimentos e permitir que você mantenha o foco nos assuntos que ainda não absorveu totalmente. A melhor hora para você investir nessa prática é depois de um bom tempo de estudo e aprendizado. Os simulados indicam se você precisa estudar mais ou não, dependendo do seu nível de acerto.

7. Foco

Fizemos questão de deixar essa dica por último. Se você quiser otimizar os seus estudos para passar nas provas do concurso, vai precisar manter o foco 100% no que realmente interessa. Sabemos que não é fácil fazer isso, diante de tantas distrações que caem de paraquedas em nosso colo.

Mas você precisa manter o foco e, acima de tudo, ser uma pessoa determinada. Não vá achando que enquanto estiver estudando, vai conseguir enviar mensagens pelo WhatsApp, navegar pelas redes sociais ou responder os e-mails do trabalho. Por isso, valorize o seu tempo de estudo, mantenha o foco e deixe a sua aprovação mais perto.

Leia também

você pode gostar também