Analista Tributário da Receita Federal: veja requisitos, o que faz e quanto ganha

Descubra o que faz um Analista Tributário da Receita Federal, conheça os requisitos para se tornar um e saiba quanto esse profissional ganha.

A Receita Federal é um dos órgãos públicos mais almejados por milhares de concurseiros ávidos por iniciar uma sólida carreira de prestígio. Por exemplo, alguns certames oferecem vagas para o cargo de Analista Tributário da Receita Federal. Por isso, vamos te mostrar o que esse profissional faz, as principais exigências e o valor do salário médio oferecido. Leia até o final e fique por dentro.

Leia também

O que faz um Analista Tributário da Receita Federal?

Esse profissional é um servidor público que presta serviço para a Receita Federal. Ele é uma espécie de agente central na Administração Tributária a Aduaneira, sendo presença constante em todas as 10 Regionais Fiscais (RF) do Brasil.

Conheça as principais atividades do Analista Tributário, segundo a Legislação de Regência da Receita Federal do Brasil:

  • “Exercer atividades de natureza técnica, acessórias ou preparatórias ao exercício das atribuições privativas dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil”;
  • “Atuar no exame de matérias e processos administrativos, ressalvada a competência dos Auditores-Fiscais para elaborar e proferir decisões em matéria tributária”;
  • “Exercer, em caráter geral e concorrente, as demais atividades inerentes às competências da Secretaria da Receita Federal”.

As outras atividades definidas recentemente pelo Poder Executivo para o cargo de Analista Tributário da Receita Federal são:

  • “Lavrar termo de revelia e de perempção”;
  •  “Analisar o desempenho e efetuar a previsão da arrecadação”;
  • “Analisar pedido de retificação de documento de arrecadação”;
  • “Executar atividades pertinentes às áreas de programação e de execução orçamentária e financeira, contabilidade, licitação e contratos, material, patrimônio, recursos humanos e serviços gerais”;
  • “Executar atividades na área de informática, inclusive as relativas à prospecção, avaliação, internalização e disseminação de novas tecnologias e metodologias”;
  • “Executar procedimentos que garantam a integridade, a segurança e o acesso aos dados e às informações da Secretaria da Receita Federal do Brasil”;
  • “Atuar nas auditorias internas das atividades dos sistemas operacionais da Secretaria da Receita Federal do Brasil”;
  • “Integrar comissão de processo administrativo disciplinar”.

Viu como são diversas as responsabilidades de um Analista Tributário da Receita Federal? Vale ressaltar que é sempre recomendado ter o perfil profissional compatível e uma identificação com atividades exercidas, independente do cargo escolhido.

Quais são os principais requisitos?

Se você sempre sonhou em exercer o cargo de Analista Tributário da Receita Federal, vai precisar ter mais de 18 anos, diploma de curso superior em qualquer instituição de ensino credenciada pelo MEC, bons antecedentes criminais e, claro, ser aprovado em um concurso público desse órgão. Não é exigido experiência anterior na função.

Além disso, o candidato também precisa estar atento às outras exigências contidas no edital do certame. Vale frisar que todos os requisitos precisam ser 100% atendidos, caso contrário, mesmo que o concurseiro seja aprovado, ele ficará impedido de tomar posse.

Quanto ganha um Analista Tributário da Receita Federal?

O salário de um Analista Tributário da Receita Federal é alto. Esse talvez seja um dos principais motivos que atraem milhões de candidatos nos concursos. Quem for aprovado para exercer esse cargo, vai receber um salário mensal de aproximadamente R$ 10,7 mil + benefícios exclusivos.

A jornada de trabalho é de oito horas diárias (40 horas semanais), dentre outras regalias comumente oferecidas pela maioria dos órgãos públicos. Além disso, esses servidores foram contemplados com uma considerável redução das exigências para a progressão de carreira.

Se o Analista Tributário da Receita Federal atuar no atendimento ao contribuinte, o expediente é de apenas seis horas diárias, o que totaliza 30 horas semanais. Vale ressaltar que esses profissionais também têm direito a um plano de carreira e se aposentam com o valor do último salário da ativa, depois de cumprirem 30 anos de serviço.

Principais áreas de atuação

O Analista Tributário da Receita Federal é um profissional versátil e pode atuar em diversas frentes de trabalho. As principais áreas de atuação são: fiscalização; arrecadação; cobrança; atendimento; educação fiscal; julgamento; tributação; logística; assessoria; tecnologia da informação; aduana e análise de processos administrativos-fiscais.

Além disso, o Analista Tributário da Receita Federal também pode ocupar cargos de confiança dentro da instituição. Não é raro se deparar com esse profissional exercendo a função de chefia nas diversas seções, divisões e agências desse órgão público espalhadas pelo país.

E aí, o que você achou do cargo de Analista Tributário da Receita Federal? Se esse for o seu objetivo, mantenha o foco nos estudos para as provas do concurso, fique de olho no edital e boa sorte.

Leia também


você pode gostar também

Técnico em Radiologia: formação necessária, o que faz e quanto ganha

O Técnico em Radiologia é capacitado para atuar em diversas áreas, tanto na medicina quanto na área científica, industrial e da construção civil, por exemplo. Saiba mais sobre essa profissão.

Engenheiro Eletricista: o que faz, quanto ganha e formação necessária

O engenheiro eletricista é uma das profissões do ramo da engenharia mais bem pagas do país atualmente. Confira o guia completo com informações sobre o profissional que atua na engenharia elétrica.

Analista de TI: o que faz, salário médio da profissão e requisitos

Fique por dentro das principais atividades do cargo de Analista de TI, saiba quanto ganha esse profissional, bem como as principais exigências para se tornar um.

Product Owner: o que faz, como se tornar um e quanto ganha no Brasil

Fique por dentro das principais atividades de um Product Owner, dos seus ganhos médios mensais e saiba o que fazer para exercer essa profissão.

Designer Gráfico: o que faz, formação e salário médio do cargo

Conheça um pouco mais sobre a carreira de Designer Gráfico, caso esteja pensando em investir nessa profissão, que tem muita demanda atualmente.

Corretor de Imóveis: o que faz, formação exigida e salário médio

Pelo fato de ser uma profissão com possibilidade de altos ganhos mensais, a carreira de Corretor de Imóveis costuma ser bastante promissora.