Prazo para atualizar CadÚnico termina em outubro; quem precisa fazer?

Governo federal prorrogou prazo para atualizar CadÚnico para outubro. Saiba como atualizar o registro e consultar situação.

O Ministério da Cidadania anunciou que há um prazo limite para atualizar o CadÚnico. No caso, a data final é no mês de outubro e abrange uma parcela considerável das pessoas inscritas na plataforma do governo federal.

Vale lembrar que a data final original era em julho. Contudo, optou-se por dar uma segunda chance aos cadastrados. Quem não comparecer poderá perder os benefícios que estão atrelados ao CadÚnico, entre eles o Auxílio Brasil, Tarifa Social de Energia e o Auxílio Gás.

Prazo para atualizar CadÚnico: quando termina?

O prazo para atualizar o CadÚnico será até o dia 14 de outubro de 2022. Os inscritos sem atualização desde 2016 ou 2017, que estejam em situação de revisão cadastral, devem comparecer ao CRAS ou em algum representante oficial designado pela prefeitura local.

No local, o responsável familiar será entrevistado por um servidor local e irá atualizar dados como renda familiar, situação de trabalho, endereço e composição familiar. A pessoa deverá estar portando o seu CPF ou Título de Eleitor.

Quem não cumprir a determinação até o prazo estipulado terá o bloqueio de benefícios. A partir de julho de 2023, o governo começará a excluir essas pessoas.

Geralmente, as atualizações do CadÚnico ocorrem de forma periódica. Contudo, a pandemia impediu que o governo federal atualizasse a base de dados. Assim, somente agora que os beneficiários estão sendo chamados, seguindo a ordem de quem está há mais tempo ser renovar o cadastro.

O objetivo é identificar possíveis pagamentos indevidos, pois a situação familiar pode ter se modificado ao longo dos últimos anos. Se os inscritos não estiverem dentro das regras do CadÚnico, a partir da atualização eles serão excluídos. Por outro lado, quem estiver dentro, continuará recebendo seus respectivos benefícios.

Prazo para atualizar CadÚnico: como consultar situação

Para saber se está entre as pessoas que precisam atualizar o CadÚnico, basta o interessado fazer a consulta nas plataformas oficiais do governo federal. A verificação da revisão cadastral está disponível no site do CadÚnico e também no aplicativo do CadÚnico (Android e iOS).

Quem não tem acesso à internet pode ligar para o telefone 121 do Ministério da Cidadania. Basta informar o seu CPF ou o NIS quando solicitado. Ainda existe a opção de ir até o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e fazer a consulta presencialmente.

Prazo para atualizar CadÚnico: beneficiário pode ficar sem benefícios

Se o inscrito perder o prazo para atualizar CadÚnico, ele poderá ficar sem os benefícios atrelados ao registro. Confira abaixo quais são:

  1. Auxílio Brasil;
  2. Auxílio Gás;
  3. Benefício de Prestação Continuada (BPC);
  4. Tarifa Social de Energia Elétrica;
  5. Programa Cisternas;
  6. Vagas em instituições de ensino superior via Sistema de Seleção Unificada (Sisu);
  7. Isenção de taxas de inscrição em concursos públicos e no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem);
  8. Plano Progredir (Programa Nacional do Microcrédito Produtivo Orientado);
  9. Programa Casa Verde e Amarela (antigo Minha Casa Minha Vida);
  10. Ação de Distribuição de Alimentos (ADA);
  11. Carteira do Idoso;
  12. Bolsas com Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social na área da educação (CEBAS-Educação);
  13. Créditos Instalação do Programa Nacional de Reforma Agrária;
  14. Facultativo de Baixa Renda;
  15. Identidade Jovem (ID Jovem);
  16. Projeto Dom Hélder Câmara;
  17. Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos;
  18. Telefone Popular;
  19. Programa de Urbanização de Assentamento Precários;
  20. Programa Criança Feliz;
  21. Programa de Erradicação do Trabalho Infantil;
  22. Programa Nacional de Crédito Fundiário;
  23. Programa Nacional de Reforma Agrária;
  24. Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais;
  25. Programa Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa.

Leia também


você pode gostar também

Auxílio de R$ 3 mil será pago AINDA em setembro; veja público atendido

Cerca de 154,6 mil caminhoneiros fizeram o registro e, se atenderem aos requisitos do benefício, receberão o valor acumulado e retroativo.

Pente-fino do Auxílio Brasil: quem pode perder o benefício em outubro?

Famílias com dados desatualizados ou inconsistentes podem ser excluídas do Auxílio Brasil após pente-fino do Ministério da Cidadania.

Auxílio-inclusão de R$ 606: governo confirma NOVOS beneficiários

Autorização do Ministério do Trabalho permite que mais pessoas tenham direito ao auxílio-inclusão de R$ 606. Novos beneficiários podem pedir os valores pela internet.

CadÚnico tem direito ao Kit Antena Digital; saiba com obter o equipamento

O Kit Antena Digital é um direito de todas as famílias cadastradas no CadÚnico, que tenham uma antena parabólica da versão antiga.

BPC: qual é o período máximo para análise e concessão de R$ 1,2 MIL?

O período máximo para análise e concessão dos pagamentos mensais do BPC por parte do INSS foi atualizado em junho deste ano, a partir do acordo feito com o STF.

Trabalhou entre 1971 e 1988? Bolada do PIS/Pasep está disponível para saque

De acordo com a Caixa Econômica Federal, a bolada do PIS/Pasep totaliza R$ 24,6 bilhões em recursos destinados para quem trabalhou entre 1971 e 1988.