Kit Antena Digital para CadÚnico: saiba como agendar troca grátis do equipamento

Kit Antena Digital está sendo disponibilizado para os cidadãos inscritos no Cadastro Único. Veja como agendar a troca.

De acordo com o Governo Federal, os cidadãos que residem em capitais brasileiras onde o sinal 5G já esteja ativado, e que fazem parte do CadÚnico (Cadastro Único), podem receber um novo Kit Antena Digital.

Isso será necessário, pois a quinta geração de internet usa a mesma faixa de sinal das antigas antenas parabólicas e, assim, os usuários podem perder o sinal de TV nestes locais.

Os cidadãos precisam usar antenas parabólicas convencionais (TVRO) para conseguir receber o novo kit com sinal digital. As novas antenas vão transmitir um sinal moderno, com boa qualidade de som e imagens para as televisões, e devem garantir que não ocorram interferências nos canais abertos via satélite após a chegada do 5G.

Lembrando que a quinta geração de internet já foi liberada para alguns bairros em capitais brasileiras, como Brasília, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, João Pessoa, São Paulo, Curitiba, Goiânia e Rio de Janeiro.

Kit antena digital para CadÚnico: como solicitar?

Nas capitais onde o 5G já está disponível, os cidadãos podem agendar para receber kits com sinal digital. Dessa maneira, as famílias que cumprirem os requisitos devem entrar em solicitação do kit de antena da seguinte maneira:

  • Primeiro, acesse o site Siga Antenado do CadÚnico;
  • Depois, selecione a opção Agende Aqui”;
  • Informe o CPF ou Número de Inscrição Social (NIS);
  • Em seguida, responda às perguntas do questionário;
  • Por fim, agende uma data para realizar a instalação;
  • Pronto. Um técnico será enviado para fazer o procedimento em sua residência.

A partir do agendamento, um profissional vinculado à Anatel deverá realizar a vistoria para identificar se os requisitos estão sendo cumpridos.

É importante solicitar ao técnico alguma identificação comprovando que ele trabalha para o governo. Além disso, só forneça informações em canais oficiais do CadÚnico para não cair em golpes.

Aqueles que não possuem acesso à internet podem ligar para 0800 729 2404 de maneira gratuita. Lá, a pessoa precisa informar seu endereço ao atendente e, em seguida, solicitar o agendamento.

Kit antena digital do CadÚnico: quem pode solicitar?

Antes de solicitar o seu kit, é importante que cumpra com alguns requisitos, como ter o cadastro atualizado no CadÚnico. Além disso, o cidadão precisa ter uma antena parabólica que esteja em pleno funcionamento. Dessa maneira, aparelhos defeituosos não serão aceitos na troca.

Aqueles que possuem TV por assinatura, ou já possuam uma antena digital (interna ou externa), não vão precisar passar pela mudança.

Saiba mais sobre o CadÚnico

CadÚnico: saiba como realizar inscrição para ter direito a benefícios
Foto: montagem / Pexels – Canva PRO.

O Cadastro Único (CadÚnico) foi criado visando ser um banco de dados de cidadãos em situação de vulnerabilidade socioeconômica. A partir dessas informações, o governo federal consegue determinar qual programa ou benefício corresponde ao perfil do inscrito.

O registro no CadÚnico é realizado de maneira gratuita, devendo ser feito por um membro da família, de preferência uma mulher, que passará a ser designada como responsável familiar. Essa pessoa precisa comparecer em um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou na Prefeitura Municipal, em alguns locais.

inscrição no CadÚnico pode ser realizada por famílias ou pessoas que estejam em uma das situações:

  • Famílias com renda mensal, por pessoa, de no máximo meio salário mínimo;
  • Renda familiar mensal de até três salários mínimos;
  • Famílias com renda acima de três salários, mas que cumprem as regras dos programas ofertados pelo CadÚnico;
  • Pessoas que moram sozinhas;
  • Pessoas em situação de rua.

Cumprindo uma das características anteriores, o interessado deve estar com o seu CPF ou Título de Eleitor em mãos. Além disso, é preciso apresentar um documento de cada familiar. O Cadastro Único é a porta de entrada para garantir acesso a diferentes benefícios, dentre os quais:

  • Auxílio Brasil;
  • Auxílio Gás;
  • Benefício de Prestação Continuada (BPC);
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Programa Casa Verde e Amarela;
  • Programa Cisternas;
  • Projeto Dom Hélder Câmara;
  • Programa Criança Feliz;
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil;
  • Telefone Popular.

Leia também


você pode gostar também

BPC: qual é o período máximo para análise e concessão de R$ 1,2 MIL?

O período máximo para análise e concessão dos pagamentos mensais do BPC por parte do INSS foi atualizado em junho deste ano, a partir do acordo feito com o STF.

Trabalhou entre 1971 e 1988? Bolada do PIS/Pasep está disponível para saque

De acordo com a Caixa Econômica Federal, a bolada do PIS/Pasep totaliza R$ 24,6 bilhões em recursos destinados para quem trabalhou entre 1971 e 1988.

Saque FGTS é liberado para 18 cidades; valor máximo é de R$ 6,2 MIL

A Caixa vai liberar o saque do FGTS por calamidade nas regiões atingidas por desastres ambientais. Confira os critérios de saque.

Auxilio Brasil é pago para novo grupo; veja calendário completo

Esta é a segunda parcela com o valor mínimo de R$ 600, que vigorará até dezembro, conforme emenda constitucional promulgada em julho pelo Congresso Nacional.

13º salário do INSS: veja calendário da cota única que será paga em 2022

A parcela única do 13º salário do INSS é paga a todos os segurados que, neste ano, receberam o auxílio por motivos específicos.

Auxílio Brasil de R$ 1 mil é realidade; veja quais famílias têm direito

Algumas famílias inscritas no Auxílio Brasil podem receber adicional de R$ 1 mil em pagamento único caso cumpram requisitos específicos.