Auxílio diesel de R$ 400 pode ser pago aos caminhoneiros; entenda o benefício

O auxílio diesel é uma forma de compensação pela alta no preço dos combustíveis. Serão cerca de 750 mil beneficiários.

Nesta quinta-feira (21/10), o presidente Jair Bolsonaro anunciou o auxílio diesel para caminhoneiros autônomos. O benefício foi criado após uma alta nos preços dos combustíveis para servir de compensação pelos reajustes.

continua depois da publicidade

De acordo com apurações da Agência O Globo, o pagamento será de R$ 400 até dezembro de 2022. Ainda segundo o veículo, o custo do projeto deve ser de R$ 4 bilhões, mas não há definição de onde virão os recursos.

"Os números serão apresentados nos próximos dias, nós vamos atender aos caminhoneiros autônomos. Em torno de 750 mil caminhoneiros receberão uma ajuda para compensar o aumento do diesel. Fazemos isso porque é através deles que as mercadorias, os alimentos chegam aos quatro cantos do país", informou o presidente.

Auxílio diesel: aumento no valor do combustível

No fim de setembro, a Petrobras aumentou o preço do diesel em quase 9%, resultando num reajuste de R$ 0,25 para as distribuidoras. Dessa forma, o litro desse combustível teve alta de R$ 0,22 nos postos.

Já nas duas últimas semanas, houve ainda mais uma correção de 0,3%. Segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o preço médio do diesel é de R$ 4,97 e, dependendo do local, pode chegar a R$ 6,41.

continua depois da publicidade

"O preço do combustível lá fora está o dobro do Brasil. Sabemos que aqui é um outro país, mas grande parte do que consumimos em combustível, ou melhor, uma parte considerável nós importamos e temos que pagar o preço deles lá de fora", pontuou Bolsonaro.

A ANP informou que acumulado do ano chega a um reajuste de 37,99% nas bombas. A partir disso, Bolsonaro resolveu criar o auxílio diesel para caminhoneiros, que fazem parte da sua base de apoio.

Leia também

Concursos em sua
cidade