Quantos tipos de ansiedade existem? Psicóloga explica

Convidamos a especialista Ketlin Monteiro para falar sobre os tipos de ansiedade e os sintomas ansiosos de cada um deles, confira na íntegra.

Com certeza você já se sentiu ansioso ou apreensivo em alguma situação, certo? Seja por estar na expectativa de algo acontecer ou pela preocupação e expectativa com o que virá, por exemplo. Essas são hipóteses de ansiedade comuns no dia a dia, mas existem aquelas que se manifestam como transtornos.

Para falar sobre o assunto, convidamos a psicóloga hospitalar Ketlin Monteiro Felipe de Oliveira. Segundo a especialista, além de existirem diversos tipos de transtornos de ansiedade, esta pode ser também um fator para outros tipos de transtornos psiquiátricos. Confira os tipos de ansiedade existentes.

Conheça agora os tipos de ansiedade

Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG)

O TAG consiste na constante presença de sintomas excessivos de ansiedade, como preocupações difusas e de difícil controle, onde o medo do pior acontecer predomina os pensamentos.

Nesse tipo de ansiedade, as crises se manifestam de forma intermitente, através de diversos sintomas ansiosos como suor excessivo, tremores, tensão muscular, fadiga, sensação de taquicardia, entre outros. A frequência e a intensidade desses sintomas é significativa e podem ou não estar associadas à ansiedade generalizada.

Síndrome do Pânico

As crises de pânico se caracterizam pelo medo intenso de morrer, além de despersonalização (ato de estranhar a si mesmo) e desrealização (sensação de que o ambiente parece estranho, ainda que antes fosse familiar ou socialmente confortável).

O diagnóstico de Síndrome do Pânico ocorre quando essas crises se tornam recorrentes e se desenvolve um ciclo em que há, inclusive, o medo de vivenciar novas crises. Esse diagnóstico enseja um acompanhamento médico constante, já que é caracterizado por intenso sofrimento psíquico.

Transtorno de Ansiedade de Separação

Esse transtorno ocorre normalmente em crianças e se caracteriza pelo medo de se separar de pessoas percebidas como protetoras.

Esse tipo de sintoma só caracteriza uma psicopatologia quando observados a longo prazo e persistidos por vários meses, trazendo sofrimento e prejuízo para a vida do paciente.

Síndromes Ansiosas de Base Orgânica

Ocorre quando os sintomas ansiosos se apresentam como secundários a doenças físicas ou em decorrência de uso de remédios, ou substâncias psicoativas, ou outras condições orgânicas.

Transtornos Fóbicos

Esses são transtornos caracterizados principalmente pela manifestação de medo excessivo de situações e/ou coisas específicas que podem ou não representar perigo real, como: fobias sociais (medo de se socializar), acrofobia (medo de altura), aracnofobia (medo de aranhas), entre outros.

Transtorno de Estresse Pós-Traumático

O nome já diz: esse é um tipo de transtorno que aparece após um trauma, como um acidente de carro ou a perda de algum ente querido, por exemplo. Geralmente é acompanhado da perda de memória do fato e pode se manifestar com diversos tipos de sintomas ansiosos.

Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC)

Caracterizado por crises recorrentes de obsessões e compulsões. Quem sofre com esse transtorno apresenta comportamentos repetitivos como rituais de limpeza, checagem e conferências de portas, organização excessiva, simetria obsessiva, entre outros.

Transtornos Dissociativos ou Conversivos

Se manifesta na perda parcial ou total da consciência, como se houvesse uma pane no sistema cerebral, implicando em ausência de controle motor, incompreensão da realidade e até mesmo o esquecimento da própria identidade.

Leia também


você pode gostar também

Pagam bem: 5 profissões para quem não quer trabalhar com atendimento

Se você é uma pessoa introvertida e não gosta de lidar com público, conheça cinco profissões para quem não quer trabalhar com atendimento.

5 filmes da Netflix para se inspirar e ter motivação nos estudos

Se você anda meio sem inspiração para continuar estudando para as provas do concurso, conheça cinco filmes da Netflix que podem te motivar.

Concurso INSS: o que levar em conta na hora de estudar leis? Veja 5 dicas

Vai prestar o concurso INSS e precisa ser aprovado? Conheça cinco dicas incríveis sobre como estudar leis.

Conheça 7 tipos de aprendizagem e suas vantagens durante os estudos

Está começando a estudar para um concurso público? Conheça os sete tipos de aprendizagem e as vantagens de cada um deles.

Validade de concursos: como esse prazo afeta os concurseiros?

Entenda como funciona a validade de concursos públicos e saiba como esse prazo afeta a vida de todo concurseiro aprovado.

Estas 5 profissões antigas voltaram à moda no país e ganharam relevância

Conheça cinco profissões antigas que voltaram a ganhar espaço e relevância no mercado de trabalho brasileiro.