Quantas horas devo estudar por dia para garantir bons resultados?

Conheça as variáveis que podem indicar o número de horas de estudo por dia, para garantir a aprovação do concurseiro.

Imagine a seguinte situação: você fez a inscrição para aquele disputado concurso público, elaborou o seu cronograma de estudos, e está com aquela dúvida cruel: quantas horas devo estudar por dia para garantir a minha aprovação?

Leia também

A nossa resposta para esse tipo de questionamento é: depende. Por isso, selecionamos alguns fatores que são preponderantes e devem ser levados em consideração, para que o sonho de começar uma carreira pública se torne uma realidade para você.

Quantas horas devo estudar por dia?

horas de estudo
Foto: Reprodução / Pixabay

1) Depende do seu nível de disposição física e mental

Se você se pergunta: quantas horas devo estudar por dia para arrasar nas provas do concurso? Isso é muito relativo, já que depende do quanto o concurseiro está descansado e bem, tanto física quanto mentalmente, para conseguir assimilar os conteúdos.

Se você anda cansado ou com pouquíssima disposição para encarar a rotina de preparação para as provas, por mais que estude 10 ou 12 horas por dia, não terá um bom aproveitamento. Quanto mais disposto e descansado o concurseiro estiver, mais efetivo pode ser o seu aprendizado.

2) Depende do seu cronograma de estudos

Para o candidato que vive se perguntando: quantas horas devo estudar por dia para ser aprovado no concurso, outra variável importante é o cronograma de estudos no qual ele está se baseando. Se o plano de estudos do concurseiro for realista, ele não precisa virar a noite estudando.

Agora, se o seu cronograma de estudos for mal elaborado e impossível de ser seguido, nem que você estude o dia inteiro, não será possível aprender de forma efetiva.

Um bom cronograma de estudos (e uma dose cavalar de bom senso) é quem vai definir o número de horas diárias que você passará sentado na mesa aprendendo.

3) Depende do nível de dificuldade

Tem muito concurseiro por aí que vive se perguntando: quantas horas devo estudar por dia? Mais uma vez, depende do nível de dificuldade que ele tiver em relação às disciplinas. Quanto mais familiaridade e conhecimento você tiver das matérias cobradas pelo edital, menor poderá ser o número de horas diárias de estudo.

Agora, se o candidato não tiver a mínima afinidade com o conteúdo ou achar que os assuntos são difíceis demais, seguramente ele vai precisar passar mais tempo debruçado sobre os livros e apostilas. Está vendo como não existe uma reposta definida para essa pergunta?

4) Quantas horas devo estudar por dia: depende do conteúdo programático do concurso

Para o concurseiro saber, com exatidão, o número de horas de estudo por dia, uma outra variável que precisa ser analisada é a quantidade de itens no conteúdo programático que está sendo exigida pelo edital do certame.

Se for muito assunto que precisa ser aprendido em um curto espaço de tempo, não rola estudar apenas duas horas por dia, certo? Por isso, tudo vai depender da quantidade de disciplinas que você precisa aprender até a data das provas.

5) Depende do seu tempo livre até a data das provas

Se você ainda está em dúvidas sobre quantas horas deve estudar por dia, outro fator que precisa ser levado em consideração é o seu tempo disponível até a data das provas do concurso público.

Por exemplo, se você trabalha o dia inteiro, vai precisar estudar um número de horas maior por dia, se comparado com quem não trabalha.

Por isso, o concurseiro precisa saber qual é o seu tempo total (preferencialmente em horas) até o grande dia. Lembre-se de que, quanto menos tempo livre, maior deverá ser o número de horas de estudo de cada vez, ficou claro?

Estudar muitas horas seguidas não é o mais recomendado

É importante que o concurseiro entenda que, estudar durante muitas horas seguidas, por mais que ele tenha muito tempo livre, pode não ser interessante para o seu aprendizado. Além de desgastar a rotina de preparação, esse hábito pode cansar a sua mente de forma excessiva, já que ela precisa de um período de descanso.

Por isso, uma boa dica é investir em intervalos estratégicos. Por exemplo, a cada duas horas de estudo intenso, o concurseiro pode fazer um intervalo de 15 a 20 minutos para descansar a mente e dar aquela relaxada básica.

Estudar de forma intercalada também ajuda muito. Sendo assim, seria interessante o candidato intercalar, no mesmo dia, uma disciplina da área de Ciências Exatas com uma da área de Ciências Humanas. Estudar várias disciplinas (o dia inteiro) da mesma área pode ser cansativo para a mente.

Leia também


você pode gostar também

Estas 7 leis Bizarras já existiram no Brasil; a 5ª é surpreendente

As leis mais estranhas são de autoria das Câmaras Municipais de Vereadores pelo Brasil, onde costuma ter uma aprovação mais fácil.

9 livros emocionantes que vão te deixar inspirado e mais otimista

Precisa de um pouco mais de inspiração e otimismo na sua rotina de preparação para as provas do concurso? Conheça nove livros emocionantes.

Consegue responder? Veja as 5 adivinhas mais DIFÍCEIS do mundo

Se você gosta de desafios, uma boa maneira de se divertir e exercitar o raciocínio ao mesmo tempo é por meio de adivinhas difíceis.

9 coisas que você precisa fazer todo dia para ficar ainda mais inteligente

As coisas que você precisa fazer todo dia para ficar ainda mais inteligente envolvem mudanças na sua rotina para exercitar as habilidades associadas a essa capacidade.

Eleições 2022: posso votar de bermuda e chinelo?

De acordo com as questões estabelecidas pelo TSE, é preciso cumprir determinadas regras no dia de votação com relação às vestimentas. Descubra se é possível votar de bermuda, entre outros detalhes.

Precisa estudar o Código Civil? Advogada lista dicas que ajudam

O Código Civil é um dos conteúdos mais cobrados dentro da matéria de Direito Civil, que possui diversas ramificações.