Prova oral em concursos: saiba como se preparar para essa etapa

Conheça dicas sobre como é possível se preparar para a prova oral em concursos e aumente as suas chances de ser aprovado.

O tenso período de estudos para as provas de um disputado concurso público pode deixar qualquer concurseiro com os nervos à flor da pele. A grande questão é que muitos candidatos precisam ser submetidos à prova oral em concursos.

Por isso, vamos te dar dicas sobre como é possível se preparar para encarar essa desafiadora etapa e aumentar suas chances de aprovação.

Prova oral em concursos: dicas gerais

Antes de mais nada, é importante frisar que a preparação do concurseiro deve estar diretamente ligada às regras que estão previstas no edital de cada certame.

Ou seja, o candidato precisa se adaptar às normas para obter um resultado satisfatório em uma prova oral, fechado? Vamos às dicas:

Treine em frente ao espelho

Pode até parecer estranho, mas essa dica é de grande valia para o candidato que vai encarar uma prova oral em concurso público.

Mostre que está craque nos assuntos exigidos nessa etapa, falando aquilo que você aprendeu para si mesmo, em frente ao espelho. Durante a “apresentação”, mantenha a postura e faça de conta que a banca examinadora está bem ali na sua frente.

Filme a sua apresentação

Também neste momento específico, a tecnologia pode ser de grande valia. Coloque uma roupa social, pegue o celular e grave sua apresentação.

Depois, reveja o vídeo com um olhar crítico, sempre detectando possíveis falhas que precisam ser melhoradas, bem como a linguagem usada e a velocidade da fala.

Faça uma avaliação geral da sua capacidade de improviso e veja se a sua oratória está passível de entendimento, dentre outros aspectos relevantes.

Treine, treine, treine

Outra dica interessante para se sair bem em uma prova oral em concursos, é treinar bastante o assunto que fará parte da argumentação da banca do certame.

O examinador pode criar situações para saber se o concurseiro se exalta ou eleva o seu tom de voz. Por isso, se você não treinar muito, seguramente vai travar durante a sua apresentação oral. Aí o nervosismo dá as caras e complica tudo.

Procure conhecer o examinador que vai aplicar a prova

Se você realmente quer se dar bem em uma prova oral em concursos, reserve um tempinho para conhecer um pouco mais sobre os membros da sua banca examinadora.

O ideal é saber o máximo de informações sobre todos eles, bem como os principais trabalhos já realizados na área, publicações, premiações, participação em pesquisas, dentre outros. Pode até não parecer, mas isso dá muito mais segurança na hora H.

Atenção quanto a sua postura e vestimenta

Isso é fundamental, já que o nosso corpo também fala, certo? Dessa forma, uma boa dica é que o concurseiro use um traje formal em um tom mais sóbrio.

O recomendado por especialistas é usar terno e gravata de cor neutra ou vestido social na altura do joelho, sem decotes ou qualquer outro tipo de detalhe extravagante que chame a atenção.

Linguagem técnica deve prevalecer

Na prova oral em concursos, é fundamental que o candidato use uma linguagem técnica e formal, além de pronunciar palavras e expressões corretamente.

Gírias e linguagem coloquial devem ser evitadas a qualquer custo. Uma boa ideia é embasar a sua argumentação nas referências que foram previamente estudadas por você. Tenha bastante atenção quanto aos erros de concordância, pois tudo é observado.

Tratamento correto

Por via de regra, você deve tratar o examinador por “Vossa Excelência”. Quando for questionado e não entender a pergunta, peça (com toda delicadeza do mundo) para ela ser repetida.

Caso não saiba ou não tenha certeza da resposta, diga “Não me recordo no momento” em vez de soltar um “Não sei” ou ficar procurando argumentos que justifiquem a sua falta de conhecimento.

Segurança, acima de tudo

Para se sair bem numa prova oral em concursos, é fundamental demonstrar segurança, pois isso indica que você está bem preparado para essa etapa.

Mesmo que o nervosismo e a ansiedade apareçam, o concurseiro não deve deixar que esses sentimentos atrapalhem o seu desempenho.

Um macete que pode ser bastante útil é treinar a sua respiração e a fala, que devem estar em sintonia fina. A sua voz seria como uma “caneta” durante a prova oral. Afinal, a banca examinadora precisa entender tudo aquilo que você disser.

Esperamos que as nossas dicas de preparação para prova oral em concursos possam te ajudar a ser aprovado nessa delicada etapa e aumentar suas chances de conquistar um cargo público. Boa sorte.

Leia também

você pode gostar também