Concurso ICMBio: o que poderá cair nas provas do próximo certame?

Concurso ICMBio contará com 171 vagas para cargos de níveis médio e superior. Edital do certame deverá sair em breve.

O certame do Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBio) já foi autorizado e vem sendo aguardado por muitos candidatos. 171 oportunidades serão distribuídas para cargos de níveis médio e superior. Portanto, veja o que vai cair nas provas do concurso ICMBio.

O concurso anterior do ICMBio ocorreu em 2014. Naquela época, foram liberadas 271 vagas de níveis médio e superior. Pouco mais de 54 mil pessoas se registraram, com uma média de quase 200 inscritos por vaga.

Concurso ICMBio: o que pode cair nas provas

O ICMBio ainda não divulgou o edital para seu novo concurso. No entanto, já dá para começar a estudar com base no conteúdo programático dos últimos certames.

Sendo assim, veja o que provavelmente cairá nas provas do concurso ICMBio:

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Informática;
  • Atualidades;
  • Ética no Serviço Público.

Agora, veja o que deve cair especificamente para os cargos, novamente baseado nos editais anteriores:

  • Técnico Ambiental: Legislações específicas; Ecologia da Paisagem; Concessão florestal; Desmatamento, corte seletivo; Monitoramento ambiental; biomas e estratégias de conservação;
  • Analista Ambiental: Ecologia, Conservação e Manejo da Biodiversidade; Biodiversidade, Zoologia, Botânica e História Natural; Recursos Florestais; Proteção, controle e monitoramento ambiental; Planejamento e gestão de UC; Aspectos históricos e sociais da ocupação humana na região do Complexo de Tapajós; Povos e comunidades tradicionais e a conservação da biodiversidade.

Concurso ICMBio: vagas do certame

O certame terá 171 oportunidades de início imediato. Confira a distribuição de vagas do concurso ICMBio:

  • Analisa Ambiental (nível superior): 61 vagas;
  • Técnico Ambiental (nível intermediário): 110 vagas.

Apesar de ainda não ter sido divulgado, é provável que as remunerações sejam entre R$ 4,4 mil e R$ 9,3 mil. Além disso, os aprovados terão direito ao auxílio-alimentação, conforme prevê a lei.

O edital do certame deve sair em breve, pois o prazo final é o mês de março de 2022, segundo o Ministério da Economia.

Leia também

você pode gostar também