Novo empréstimo do Caixa Tem vale para quem tem nome sujo?

A solicitação de empréstimo do Caixa Tem requer que os dados estejam atualizados na plataforma. Os pedidos serão analisados pelo banco.

O Caixa Tem agora possibilita empréstimo de até R$ 1 mil. Os usuários da plataforma podem solicitar o crédito diretamente pelo celular, sem sair de casa. A Caixa Econômica Federal (CEF) já divulgou todos os detalhes do programa, inclusive o que diz respeito a pessoas com nome sujo.

De acordo com a CEF, o objetivo é alcançar os mais de 30 milhões de usuários do aplicativo. Esses são, em sua maioria, beneficiários do auxílio emergencial e/ou Bolsa Família. Além disso, o banco pretende atingir possíveis novos clientes para as contas poupanças digitais.

Como funciona o empréstimo do Caixa Tem

O programa Crédito Caixa Tem vai liberar quantias de R$ 300 até R$ 1 mil de acordo com o perfil do solicitante. O valor poderá ser pago em até 24 meses e terá taxa de juros de 3,99% ao mês.

As condições valem tanto para uso pessoal como para negócios. Os dados dos usuários serão analisados para a aprovação do pedido. Por isso, a instituição financeira chama a atenção dos clientes para manter seu cadastro no app sempre atualizado.

Na verificação do empréstimo do Caixa Tem serão considerados fatores como limite no banco e se o CPF está negativado na Serasa e no SPC. Dessa forma, quem tiver o nome sujo não receberá o crédito.

Cronograma para solicitar crédito no Caixa Tem

O calendário teve início na última quarta-feira (27/09), liberando empréstimo no Caixa Tem para usuários nascidos nos meses de janeiro e fevereiro. O restante do cronograma segue as datas abaixo:

  • Nascidos em março e abril: 18 de outubro;
  • Nascidos em maio e junho: 08 de novembro;
  • Nascidos em julho e agosto: 29 de novembro;
  • Nascidos em setembro e outubro: 13 de dezembro;
  • Nascidos em novembro e dezembro: 27 de dezembro.

Leia também

você pode gostar também

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Ler mais