CadÚnico: saiba como é possível realizar a inscrição no Cadastro Único do Governo

Para se tornar vinculado ao CadÚnico, os interessados devem atender a alguns critérios. Saiba como funciona o procedimento.

O Cadastro Único do Governo Federal, também conhecido como CadÚnico, é um registro que possui informações de pessoas de baixa renda no país. Essa base de dados é usada como parâmetro para avaliar novas medidas sociais, bem como a inclusão das famílias em programas de assistência.

Para se tornar vinculado ao CadÚnico, os interessados devem atender a alguns critérios mínimos, especialmente no que diz respeito à renda mensal. Vale ressaltar que o CadÚnico também será usado como referência para avaliar os beneficiários do Auxílio Brasil, novo programa social que deverá ficar no lugar do Bolsa Família.

Para receber as futuras parcelas, o governo recomenda que todas as informações dos cadastros estejam constantemente atualizadas. A ideia será de conceder parcelas médias de R$ 300 pelo Auxílio Brasil. Isso se o projeto for aprovado e devidamente sancionado.

Requisitos para se inscrever no CadÚnico

Com base no governo federal, os brasileiros devem atender alguma das seguintes exigências para se tornarem vinculados ao CadÚnico:

  • Ter renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo;
  • Ter renda mensal familiar total de até três salários mínimos;
  • Ser membro de família compostas por apenas um indivíduo (moram sozinhas);
  • Façam parte de famílias que são compostas por pessoas em situação de rua, sejam elas sozinhas ou com mais de um indivíduo.

Também existe a possibilidade de se registrar no CadÚnico mesmo com renda superior ao limite permitido. Entretanto, é preciso cumprir os requisitos específicos do programa pleiteado.

Como fazer inscrição no CadÚnico

Para realizar a inscrição no CadÚnico, o interessado deve ir até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do seu município. A pessoa maior de idade que registra a família é denominada de Responsável pela Unidade Familiar (RF).

Durante o procedimento, é preciso apresentar CPF ou Título de Eleitor. O responsável também deverá levar os documentos dos familiares:

  • Certidão de nascimento;
  • Certidão de casamento;
  • RG;
  • CPF;
  • Carteira de trabalho;
  • Título de eleitor.

Leia também

você pode gostar também

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Ler mais