Mercado Livre, em parceria com o CIEE, oferta mais de 150 vagas para aprendizes

Oportunidades do Mercado Livre serão voltadas às áreas de administração e logística. Saiba mais detalhes sobre as vagas para aprendizes.

O Mercado Livre, em parceria com o Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE, abriu inscrições para o Meli Aprendiz FULL, programa de desenvolvimento e capacitação de aprendizes. As 154 oportunidades são direcionadas especificamente para os cursos de formação em logística e administração.

O programa contará com duas etapas e duração total de até 16 meses, dependendo do curso escolhido. Os três primeiros meses serão voltados exclusivamente à parte teórica, desenvolvimento de hard skills (habilidades técnicas) e soft skills (habilidades sociocomportamentais), e, em seguida, os jovens e adolescentes poderão aliar teoria e prática dentro da empresa.

As vagas são direcionadas às seguintes localidades: Cajamar-SP, Extrema-MG, Lauro de Freitas-BA e Governador Celso Ramos-SC. A inscrição gratuita deve ser realizada, até o dia 12 de outubro, de acordo com a cidade. Estão elegíveis estudantes entre 18 a 22 anos, cursando ensino médio ou com ensino médio completo.

Inscrições até o dia 12/10 nos links abaixo:

Aprendizagem

A Lei da Aprendizagem ( Lei Nº 10097/2000) é a única política pública que combate a evasão escolar e o trabalho infantil ao exigir apenas estudantes regularmente matriculados em instituição de ensino e possibilitando a entrada regulamentada de menores de idade no mundo do trabalho.

ao trabalho, os jovens recebem capacitação semanal, onde aprendem soft e life skills – habilidades sociocomportamenais.

CIEE 57 anos – Transformando vidas, construindo futuros

Desde sua fundação, há 57 anos, o CIEE se dedica à capacitação profissional de estudantes por meio de programas de estágio.

Em 2003, abriu uma nova frente socioassistencial com a aprendizagem. Em paralelo, mantém uma série de ações socioassistenciais voltada à promoção do conhecimento e fortalecimento de vínculos de populações prioritárias.

Fonte e mais informações: CIEE.

Leia também

você pode gostar também