Confira os 7 erros mais comuns de inglês que passam despercebidos

Conheça os sete erros mais comuns de inglês que passam despercebidos e jamais os cometa novamente nas provas.

Quem nunca cometeu um erro em inglês ou pagou aquele mico na hora de conversar nesse idioma, que atire a primeira pedra. É bastante provável que muita gente já tenha ficado constrangida quando arrisca a escrever ou falar uma nova língua. Por isso, selecionamos os sete erros mais comuns de inglês que passam despercebidos. Leia esse artigo até o final e evite cometê-los.

Lista de erros de inglês mais comuns

1) “Is” ou “are”

O uso do “is” ou “are”, que faz parte da concordância verbal, é um dos erros mais comuns de inglês que deixa muita gente em dúvida.

Em regras gerais, para facilitar a memorização, usamos “are” quando a expressão estiver no plural. Caso contrário, vamos usar “is”. A dica aqui é observar o sujeito da frase. Observe o exemplo abaixo:

“The list of items are on the desk”. Essa expressão está errada, já que a “lista de itens” é uma palavra no singular. Por isso, o correto é usar “is”: “The list of items is on the desk” (sujeito está no singular).

Mas vale ressaltar que “you” pode ser usado tanto para “você”, no singular, quanto para “vocês”, no plural. E com “you” sempre usamos “are”, independente de estar no singular ou plural, certo?

2) “Watch”, “look” ou “see”

Esse também é um outro dos erros mais comuns de inglês, já que esses verbos têm significados parecidos. A questão é que eles devem ser usados em diferentes contextos, como na explicação abaixo:

  • Look – pode ser entendido como olhar diretamente para alguma coisa. Exemplo: “The nurse was looking at you”.
  • See – significa avistar algo que vem à nossa vista, mas que você não estava procurando. Exemplo: “I can see my keys”.
  • Watch – remete à observação atenta ou cuidadosa de algo que está em movimento. Em outras palavras, “assistir”. Exemplo: “Maureen is watching the rain falling”.

3) Futuro

Outro dos erros mais comuns de inglês é em relação ao uso do tempo futuro para fazer menção a algo que aconteceu no passado. Você só deve usar o futuro quando alguma coisa ainda vai acontecer. Se ela já aconteceu, deve-se usar tempos e advérbios que indicam o tempo passado. Olha só o exemplo abaixo:

“I will go to the dance party yesterday” (errado). / “I will go to the dance party tomorrow” (certo).

O uso do “will” indica que aquilo ainda vai acontecer e a expressão “yesterday” remete ao passado. Dessa forma, elas jamais devem estar na mesma frase, seja falada ou escrita, combinado?

4) “Since” ou “for”

A dica aqui é simples: você sempre deve usar “for” se não precisar calcular o período de tempo, que já vem indicado na frase. Já o uso do “since” é indicado para calcular o período de tempo, já que você só tem uma única referência. Veja o exemplo abaixo:

  • “I have lived in New York for seven months” (não é necessário calcular o tempo, já que o período é de “sete meses”).
  • “I live in London since 1999” (agora é preciso calcular o tempo. Se você mora em Londres desde 1999 e estamos em 2022, tem 23 anos que você mora nessa cidade).

5) Frases prolongadas (“run-on sentences”)

Mais um dos erros comuns de inglês que deixa muita gente constrangida na hora de falar ou escrever. Se você não consegue falar uma frase longa nesse idioma de uma única vez, também não deveria escrever assim.

Chamamos de “run-on sentences” quando duas ou mais orações são escritas (ou faladas) com repetição de termos e sem a devida pontuação. Veja o exemplo:

  • “I am a boy and I am a good student and I am an office worker”.
  • Como ficou: “I am a boy. I am a good student and an office worker”.

6) “Gone” ou “went”

Outro dos erros mais comuns de inglês que também costuma confundir. Caso esteja em dúvida entre usar “gone” ou “went”, a dica é simples: para usar “gone” é necessário que tenha um verbo auxiliar antes (has, have, had, was, were, be). Já para usar “went” você não deve usar nenhum tipo de verbo auxiliar. Bora lá ver mais um exemplo?

  • “He had already gone to the classroom before they got on the bike”.
  • “He went to the classroom before they got on the bike”.

7) Uso do “the”

Dentre todos os erros mais comuns de inglês, o uso do “the” ainda deixa muita gente em dúvida. A dica aqui é: para você descrever coisas genéricas, o uso dele não é necessário. Olha os exemplos:

  • English – inglês;
  • Life – vida;
  • People – pessoas;
  • School – escola;
  • Time – tempo;
  • Computers – computadores.

Em contrapartida, alguns substantivos exigem o uso obrigatório do determinante “the”. Veja os exemplos abaixo para uma melhor compreensão:

  • The Sun – o Sol;
  • The Moon – a Lua;
  • The sky – o céu;
  • The planet Earth – o planeta Terra;
  • The universe – o universo;
  • The Internet – a internet;
  • The United States – os Estados Unidos;
  • The government – o governo.

Quais dos erros mais comuns de inglês que você já cometeu? Agora é prestar atenção nos macetes dados nesse post e não errar mais.

Leia também


você pode gostar também

5 truques infalíveis para montar um plano de estudos realmente eficaz

Acabou de fazer a inscrição em um concurso público? Conheça cinco truques infalíveis para montar um plano de estudos eficaz.

5 dicas úteis para fazer um bom fichamento durante os estudos

Procura uma técnica de aprendizagem que seja eficiente? Fique por dentro de cinco dicas úteis sobre como fazer um bom fichamento durante os estudos.

Moeda de R$ 1, conhecida como Perna de Pau, vale até R$ 8 MIL

A proposta de R$ 8 mil por uma unidade desse modelo surpreendeu os colecionadores e usuários da internet.

Atualmente, quais são as carreiras mais lucrativas do país? Veja 5 cargos

Sonha em conseguir um emprego que paga bem? Conheça as cinco carreiras mais lucrativas do país e invista naquela que mais combinar com o seu perfil.

9 profissões que pagam bem e exigem apenas Nível Fundamental

As profissões que não exigem curso superior, somente ensino fundamental, abrangem desde o campo de comércio e varejo até segurança pública e o setor de serviços.

5 características comuns às pessoas inteligentes; a terceira você nem vai acreditar

A inteligência é uma capacidade adquirida ao longo da vida. Pessoas inteligentes podem ser identificadas pela forma como reagem às situações.