Concurso TJ RJ tem resolução publicada; edital iminente

Concurso TJ RJ irá formar cadastro reserva junto ao cargo de Analista Judiciário em diferentes especialidades. Confira os detalhes.

O novo concurso TJ RJ (Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro) deve ter seu edital divulgado em breve. Foi publicada a resolução CM nº 6/2024, com a disposição sobre detalhes do concurso público, que terá oportunidades para a carreira de Analista Judiciário em diferentes especialidades.

continua depois da publicidade

Este novo certame será destinado ao preenchimento de vagas em cargos efetivos de nível superior da área de tecnologia da informação, comunicação e segurança da informação do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.

Concurso TJ RJ: situação atual

Concurso TJ RJ previsto, TJ RJ, edital TJ RJ, vagas TJ RJ, concurso Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Concurso TJ RJ: edital pode sair a qualquer momento. Foto: montagem / Pexels - CanvaPRO.

Leia também

O concurso TJ RJ está autorizado e pode ter seu edital publicado a qualquer momento, com oportunidades para profissionais de nível superior. Os cargos já foram informados, e é provável que o próximo passo para o andamento do certame seja a contratação de banca organizadora e posterior divulgação de edital de abertura.

Conforme o documento divulgado no site do Diário da Justiça Eletrônico do Estado do Rio de Janeiro, edição de nº 132/2024, Caderno I – Administrativo, do dia 25 de março, a partir da página 2188, a formação de cadastro reserva se dará junto aos seguintes cargos:

continua depois da publicidade
  • Analista Judiciário na especialidade de Analista de Negócios;
  • Analista Judiciário na especialidade de Analista de Infraestrutura;
  • Analista Judiciário especialidade de Analista de Sistemas;
  • Analista Judiciário especialidade de Analista de Projetos;
  • Analista Judiciário especialidade de Analista de Gestão de TIC;
  • Analista Judiciário especialidade de Analista de Inteligência Artificial;
  • Analista Judiciário especialidade de Analista de Segurança da Informação.

Com base no edital anterior que ofertava vagas para a carreira de Analista Judiciário, é provável a exigência de nível superior completo em diferentes especialidades, com remuneração de R$ 6.373,89 para trabalhar 40 horas por semana.

Concurso TJ RJ 2024: etapas avaliativas previstas

Ainda de acordo com o documento publicado, o concurso público será composto pelas etapas descritas a seguir, cabendo ao Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro a definição sobre posterior exclusão das etapas 2 e 3:

continua depois da publicidade
  1. Prova objetiva de conhecimentos técnicos, com caráter eliminatório e classificatório;
  2. Prova discursiva, com caráter eliminatório e classificatório;
  3. Exame de títulos, de caráter classificatório;
  4. Comprovação de sanidade física e mental, de natureza eliminatória;
  5. Comprovação dos requisitos à investidura no cargo, de natureza eliminatória.

Concurso TJ RJ: último edital carreira de Analista Judiciário

O edital nº 1/2020 do concurso TJ RJ visava a formação de cadastro reserva de profissionais de nível superior na carreira de Analista Judiciário. A seleção foi organizada e executada sob responsabilidade do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

Conheça os cargos que foram ofertados:

  • Analista Judiciário - Sem Especialidade;
  • Analista Judiciário - Oficial de Justiça;
  • Analista Judiciário - Psicólogo;
  • Analista Judiciário - Assistente Social;
  • Analista Judiciário - Comissário da Infância;
  • Analista Judiciário - Médico;
  • Analista Judiciário - Contador;
  • Analista Judiciário - Médico Psiquiatra;
  • Analista Judiciário - Analista de Gestão de TIC;
  • Analista Judiciário - Analista de Infraestrutura de TIC;
  • Analista Judiciário - Analista de Negócios;
  • Analista Judiciário - Analista de Projetos;
  • Analista Judiciário - Analista de Segurança de Informação;
  • Analista Judiciário - Analista de Sistema.

A remuneração ofertada a esses profissionais era de R$ 6.373,89 para executar as atividades inerentes ao cargo em jornadas de 40 horas por semana.

continua depois da publicidade

Alguns cargos ofertados no certame anterior são compatíveis com os aprovados em 2024. Acesse este endereço eletrônico e confira os requisitos cobrados para as respectivas especialidades.

Concurso TJ RJ: como se preparar?

Os interessados em participar do novo concurso TJ RJ devem se apressar com a preparação, pois o edital pode ser publicado a qualquer momento. A primeira dica é montar um cronograma de estudos para organizar o seu processo.

Reserve tempo para conferir todo o conteúdo, resolver questões e revisar as matérias. Neste artigo te orientamos em como montar a sua rotina e auxiliar na preparação. O site Concursos no Brasil dispõe de um banco gratuito com questões para serem resolvidas.

A seguir, vamos listar os conteúdos que foram comuns a todos os cargos de nível superior, e que poderá servir de base para iniciar a preparação para a nova seleção pública.

Língua Portuguesa

  • Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados.
  • Reconhecimento de tipos e gêneros textuais.
  • Domínio da ortografia oficial.
  • Emprego das letras.
  • Emprego da acentuação gráfica.
  • Domínio dos mecanismos de coesão textual.
  • Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e outros elementos de sequenciação textual.
  • Emprego/correlação de tempos e modos verbais.
  • Domínio da estrutura morfossintática do período.
  • Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração.
  • Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração.
  • Emprego dos sinais de pontuação.
  • Concordância verbal e nominal.
  • Emprego do sinal indicativo de crase.
  • Colocação dos pronomes átonos.
  • Reescritura de frases e parágrafos do texto.
  • Substituição de palavras ou de trechos de texto.
  • Retextualização de diferentes gêneros e níveis de formalidade.

Legislação Especial

  • Lei Estadual nº 6.956/2015.
  • Decreto-Lei nº 220/1975 e suas alterações (Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Poder Executivo do Estado do Rio de Janeiro).
  • Decreto nº 2.479/1979 e suas alterações (Regulamenta o Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Poder Executivo do Estado do Rio de Janeiro).
  • Lei Estadual nº 4.620/2005 e suas alterações (Dispõe sobre a unificação e a reestruturação dos Quadros de Pessoal e institui a carreira de serventuário do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro).
  • Consolidação Normativa da Corregedoria Geral da Justiça, parte judicial: Livro I – Parte Geral.
  • Da Corregedoria Geral da Justiça.
  • Da Estrutura e do funcionamento: dos Atos Normativos; dos meios de comunicação entre os serviços judiciários.
  • Da função correicional: das correições, fiscalizações e inspeções: da responsabilidade disciplinar.
  • Dos Recursos.
  • Dos Deveres: dos deveres dos Responsáveis pelo gerenciamento das Serventias; do horário de trabalho; da ausência do Chefe de Serventia e da vacância da função; da utilização do sistema de processamento de dados; da expedição de certidões.
  • Das Custas Judiciais: disposições gerais; do recolhimento das custas e a certificação pelas serventias judiciais.
  • Regimento Interno do TJRJ.
  • Da competência.
  • Do Tribunal Pleno e do Órgão Especial.
  • Do Conselho da Magistratura.
  • Resolução Órgão Especial nº 01/2017; Anexo Consolidado: Anexo XXXIX Da Estrutura Organizacional do Poder Judiciário, Título I Da Administração Superior; Capítulo I Da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro; Seção I Do Gabinete dos Juízes Auxiliares da Presidência do Tribunal de Justiça; Seção II Do Gabinete da Presidência; Seção III Dos Núcleos Regionais; Capítulo II Da Secretaria do Tribunal Pleno e do Órgão Especial; Capítulo III Do Conselho da Magistratura; Seção I Da Secretaria do Conselho da Magistratura; Capítulo IV Da Corregedoria-Geral da Justiça.

Noções dos Direitos das Pessoas com Deficiência

  • Inclusão, direitos e garantias legais e constitucionais das pessoas com deficiência (Lei nº 13.146/2015).
  • Normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida (Lei nº 10.098/2000).
  • Prioridade de atendimento às pessoas com deficiência (Lei nº 10.048/2000).

Ética no Serviço Público

  • Ética e moral.
  • Ética, princípios e valores.
  • Ética e democracia: exercício da cidadania.
  • Ética e função pública.
  • Ética no setor público.
  • Lei nº 8.429/1992 e suas alterações.
  • Disposições gerais.
  • Atos de improbidade administrativa.
  • Lei nº 12.846/2013 e suas alterações.

Compartilhe esse concurso

Você também pode
gostar
ÓrgãoVagas
Bombeiros MG 329
Basa Várias
Banpará Várias
RioSaúde 5
ICMBio 908
Veja todos » Concursos Abertos

Concursos em sua
cidade