Auxílio Brasil de R$ 1 mil é realidade; veja quais famílias têm direito

Algumas famílias inscritas no Auxílio Brasil podem receber adicional de R$ 1 mil em pagamento único caso cumpram requisitos específicos.

Beneficiários do Auxílio Brasil estão recebendo, atualmente, cerca de R$ 600 mensais. Esse é o valor médio pagos aos inscritos, mas algumas inscritos podem receber a mais por meio de benefícios complementares. O programa tem repasses para pessoas em idade escolar que podem garantir Auxílio Brasil de R$ 1 mil.

Ao todo, existem seis pagamentos extras que têm valores e públicos-alvo específicos. Os outros três benefícios formam o ticket médio. O programa é de responsabilidade do Ministério da Cidadania (MC) e os depósitos são feitos pela Caixa Econômica Federal.

Quem recebe Auxílio Brasil de R$ 1 mil?

Um dos benefícios complementares previstos é o Auxílio Esporte Escolar, voltado para adolescentes que sejam atletas escolares. Esses podem receber 12 parcelas mensais de R$ 100, além do Auxílio Brasil de R$ 1 mil em pagamento único. Para ter direito, é preciso:

  • Ser membro de família inscrita no programa social;
  • Ter idade de 12 a 17 anos completos;
  • Se destacar em competições oficiais do sistema de jogos escolares brasileiros, ficando na primeira, segunda ou terceira posição seja na modalidade individual ou coletiva).

De acordo com as regras, esse benefício é cumulativo. Ou seja, o Auxílio Brasil de R$ 1 mil poderá ser pago para um ou mais atletas escolares de destaque que pertençam a uma mesma família. É importante ressaltar que não é necessário pedir o Auxílio Esporte Escolar.

Antes de cada transferência, o MC avalia o perfil da família conforme os dados disponibilizados no CadÚnico. Caso você cumpra todos os critérios do benefício complementar, será incluído automaticamente. Por isso, é importante manter as informações sempre atualizadas, além de evitar bloqueios.

Quando é pago o Auxílio Brasil de R$ 1 mil?

Todos os repasses do programa, sejam eles básicos ou complementares, são pagos juntos seguindo o calendário geral do Auxílio Brasil definido pelo Ministério da Cidadania. As transferências são feitas nos 10 últimos dias úteis de cada mês seguindo o dígito final do Número de Identificação Social (NIS) da família.

Dessa forma, os beneficiários são escalonados. No mês de setembro, quem tem NIS final 1, 2 e 3 recebeu os valores nos dias 19, 20 e 21. O restante do cronograma seguirá até o último dia do mês. O Auxílio Brasil de R$ 1 mil tem pagamento único e é transferido em apenas um mês do ano.

Agora, existem ainda 12 parcelas mensais de R$ 100 para os elegíveis. Elas seguem o calendário tradicional do Auxílio Brasil. Em setembro, o benefício ainda será pago para quem tem direito nas seguintes datas:

  • NIS final 4: 22 de setembro de 2022;
  • NIS final 5: 23 de setembro de 2022;
  • NIS final 6: 26 de setembro de 2022;
  • NIS final 7: 27 de setembro de 2022;
  • NIS final 8: 28 de setembro de 2022;
  • NIS final 9: 29 de setembro de 2022;
  • NIS final 0: 30 de setembro de 2022.

Interessados em saber se receberão os valores podem tirar dúvidas e buscar informações por telefone, ligando para:

  • 121 – Central de Atendimento do MC;
  • 111 – Central de Atendimento da Caixa.

Também é possível verificar o Auxílio Brasil de R$ 1 mil e os demais pagamentos por meio da internet, utilizando o aplicativo do programa disponível para Android e iOS. Aqueles que preferirem podem fazer a consulta pelo Caixa Tem.

Leia também


você pode gostar também

Auxílio-inclusão de R$ 606: governo confirma NOVOS beneficiários

Autorização do Ministério do Trabalho permite que mais pessoas tenham direito ao auxílio-inclusão de R$ 606. Novos beneficiários podem pedir os valores pela internet.

CadÚnico tem direito ao Kit Antena Digital; saiba com obter o equipamento

O Kit Antena Digital é um direito de todas as famílias cadastradas no CadÚnico, que tenham uma antena parabólica da versão antiga.

BPC: qual é o período máximo para análise e concessão de R$ 1,2 MIL?

O período máximo para análise e concessão dos pagamentos mensais do BPC por parte do INSS foi atualizado em junho deste ano, a partir do acordo feito com o STF.

Trabalhou entre 1971 e 1988? Bolada do PIS/Pasep está disponível para saque

De acordo com a Caixa Econômica Federal, a bolada do PIS/Pasep totaliza R$ 24,6 bilhões em recursos destinados para quem trabalhou entre 1971 e 1988.

Saque FGTS é liberado para 18 cidades; valor máximo é de R$ 6,2 MIL

A Caixa vai liberar o saque do FGTS por calamidade nas regiões atingidas por desastres ambientais. Confira os critérios de saque.

Auxilio Brasil é pago para novo grupo; veja calendário completo

Esta é a segunda parcela com o valor mínimo de R$ 600, que vigorará até dezembro, conforme emenda constitucional promulgada em julho pelo Congresso Nacional.