Abono PIS/Pasep 2021 já tem previsão de pagamento no país; veja o que se sabe

O abono salarial PIS/Pasep, ano-base 2021, está confirmado para os trabalhadores de empresas privadas e servidores públicos.

Abono PIS/Pasep 2021 já tem previsão de pagamento. A expectativa é de que os valores sejam liberados aos beneficiários entre os meses de janeiro e dezembro de 2023.

É importante destacar, no entanto, que nada foi confirmado de maneira oficial pela equipe do governo. A estimativa está relacionada ao prazo regular em que os pagamentos são geralmente realizados no país.

O abono referente ao ano-base de 2021 é direito constitucional dos trabalhadores e deveria ter sido liberado em 2022, como de praxe. No entanto, o Governo Federal atrasou os pagamentos em razão de remanejamento orçamentário, de modo que as transferências devam acontecer apenas no próximo ano.

Consulta do abono PIS/Pasep pela internet

A consulta do abono salarial do PIS/Pasep ano-base de 2020 está disponível, pois os valores foram liberados no começo de 2022. Caso não tenha realizado o saque ainda, você pode verificar se tem direito:

  1. Primeiro, faça o download do aplicativo da Carteira de Trabalho Digital;
  2. Depois, faça login na plataforma com CPF e senha cadastrados no Gov.br (caso ainda não possua, será preciso criar novo registro);
  3. Selecione a opção “Benefícios”;
  4. Em seguida, clique em “Consultar” na caixinha do abono PIS/Pasep;
  5. Por fim, confira a situação do ano de 2020 e verifique se está nos critérios.

Os pagamentos do ano-base de 2020 podem ser acessados pelos beneficiários até o dia 29 de dezembro de 2022. Após isso, o saque poderá ser realizado apenas quando o governo liberar um novo calendário de pagamentos.

Assim, o mesmo procedimento de consulta poderá ser feito quando houver liberação do abono PIS/Pasep de 2021.

Quem recebe o abono PIS/Pasep?

Abono PIS/Pasep 2021, Abono PIS/Pasep 2021 calendário, calendário abono PIS/Pasep 2021, Abono atrasado do PIS/Pasep
Foto: montagem / Pexels – Canva PRO

Mesmo que o calendário de repasses do benefício de 2021 ainda não tenha sido divulgado, é possível saber se você terá direito aos pagamentos. Os critérios continuam sendo os mesmos, o que varia é o valor que o trabalhador terá direito. Essa quantia depende do tempo trabalhado com carteira assinada – desenvolvido no ano-base.

A quantia corresponderá ao salário mínimo vigente no ano de pagamento. Dessa forma, para cada mês de contrato, é contado 1/12 avos do salário mínimo vigente. Quem atuou o ano inteiro contará com um piso nacional vigente. De acordo com as normas, têm direito ao abono PIS/Pasep referente ao ano de 2021:

  • O profissional que trabalhou de maneira formal pelo período mínimo de 30 dias no ano-base de 2021;
  • O profissional que recebeu até dois salários mínimos por mês no ano-base de 2021;
  • Profissional que possui inscrição no PIS/Pasep há cinco anos, no mínimo, no ano-base de 2021;
  • O trabalhador que teve os dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou no eSocial.

É importante salientar que os empregados domésticos e trabalhadores contratados por pessoa física não têm direito ao abono salarial.

E as cotas do PIS/Pasep, como funcionam?

De acordo com o Governo Federal, os valores das cotas PIS/Pasep esquecidas são para quem atuou entre o período de 1971 e 1988, seja em empresas privadas (com carteira assinada) ou no setor público. O trabalhador, dessa maneira, não pode confundir as cotas PIS/Pasep com o abono salarial que é pago todos os anos.

Desde agosto de 2019, é possível obter os valores das cotas PIS/Pasep. O dinheiro ficará disponível acesso dos trabalhadores até o dia 1 de julho de 2025. Se o valor não for sacado, o recurso vai retornar aos cofres da União.

É importante relembrar que o Fundo das cotas PIS/Pasep foi extinto no ano de 2020, por meio da Medida Provisória 946/2020, mantendo apenas o abono salarial. Dessa maneira, o Programa de Integração Social e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público foram reformulados a partir deste benefício específico.

Leia também


você pode gostar também

INSS: lote EXTRA do abono será pago no final do ano; veja calendário

Segundo as regras do instituto, todos os segurados que recebem aposentadoria, pensão por morte e auxílios específicos têm direito ao 13º salário INSS.

Tem conta no FGTS? Você poderá ter direito ao lucro do fundo em 2023

Lucro FGTS é um direito de todos os trabalhadores que cumpram os requisitos do fundo e pode ser retirado em determinadas situações.

É aposentado e ainda trabalha? Você poderá sacar o FGTS mensalmente

As regras do FGTS autorizam pessoas aposentadas que continuam trabalhando a sacar o FGTS mensalmente em situação específica.

Caixa LIBERA saques de até R$ 6,2 MIL; veja quem tem direito em 2022

O saque calamidade é disponibilizado aos trabalhadores que tenham suas residências atingidas por desastres naturais.

Auxílio Gás já tem VALOR previsto para outubro; veja estimativa

O Auxílio Gás varia conforme o preço médio do botijão de gás de cozinha muda no mercado. O repasse de outubro já tem datas e valor previsto.

Calendário INSS: nova rodada de R$ 1,2 MIL é liberada HOJE; veja quem recebe

A partir desta terça-feira, uma nova rodada de R$ 1,2 mil do calendário INSS é liberada para os beneficiários que recebem até um salário mínimo e estão em dia com o instituto.