Auxílio Brasil: parcela de junho começará a ser paga na próxima semana

Beneficiários devem ficar atentos às datas de pagamento do Auxílio Brasil para saber quando receberão os valores e em qual quantia.

A nova parcela do Auxílio Brasil começará a ser paga na próxima sexta-feira (17/06), segundo o calendário estipulado pelo Ministério da Cidadania (MC). Os repasses costumam ser realizados nos últimos 10 dias úteis de cada mês e não será diferente em junho. Dessa forma, 10 grupos de beneficiários receberão os valores em breve.

Esses serão escalonados de acordo com o dígito final do Número de Identificação Social (NIS). É importante lembrar que os inscritos no programa devem verificar se ainda têm direito aos valores. Isso porque o MC está fazendo reanálises mensais antes de liberar o dinheiro para evitar depósitos indevidos.

Calendário Auxílio Brasil: parcela de junho

O benefício médio comum a todas as famílias equivale a R$ 400. No entanto, algumas pessoas podem receber quantias maiores se tiverem direito a benefícios complementares. Esses possuem requisitos próprios, além dos gerais do programa, mas seguem as mesmas datas de repasse.

O calendário do Auxílio Brasil para este mês ficou definido da seguinte maneira:

  • NIS final 1: dia 17 de junho de 2022;
  • NIS final 2: dia 20 de junho de 2022;
  • NIS final 3: dia 21 de junho de 2022;
  • NIS final 4: dia 22 de junho de 2022;
  • NIS final 5: dia 23 de junho de 2022;
  • NIS final 6: dia 24 de junho de 2022;
  • NIS final 7: dia 27 de junho de 2022;
  • NIS final 8: dia 28 de junho de 2022;
  • NIS final 9: dia 29 de junho de 2022;
  • NIS final 0: dia 30 de junho de 2022.

Vale ressaltar que o Auxílio Gás será transferido nas mesmas datas. Sendo assim, algumas famílias que cumprirem os critérios de ambos os programas poderão receber os dois pagamentos.

Calendário Auxílio Brasil 2022

calendário auxílio brasil, calendário auxílio brasil 2022, auxílio brasil, auxílio brasil 2022
Calendário Auxílio Brasil. Foto: Divulgação/Ministério da Cidadania

Regras do Auxílio Brasil: quem tem direito

Para receber o benefício, é necessário que a família esteja inscrita no CadÚnico, com dados atualizados nos últimos dois anos. Alterações cadastrais que não foram informadas podem gerar bloqueio e até cancelamento dos depósitos. Além disso, a família precisa estar dentro de uma das duas situações:

  • Extrema pobreza: com renda mensal de até R$ 105 por pessoa;
  • Pobreza: com renda mensal entre R$ 105,01 e R$ 210 por pessoa.

Os pagamentos do Auxílio Brasil serão realizados pelo Caixa Tem, aplicativo que permite movimentação dos valores de forma digital. Portanto, quem ainda não tem o cartão do programa poderá realizar transferências e saques mesmo assim.

Leia também

você pode gostar também