Aprenda a contar em japonês: como se fala os números de 1 a 9?

Descubra como falar os números de 1 a 9 em japonês e aprenda mais sobre como funciona esse idioma oriental.

Para muitos, o japonês é um idioma complexo e cheio de regras de pronúncia que tornam a aprendizagem um desafio. Porém, aprender a contar em japonês e como falar os números de 1 a 9 pode modificar esse processo.

continua depois da publicidade

Isso porque, partir de um ponto inicial mais fácil e prático, como aprender sobre os números, simplifica a compreensão de algumas regras simples da língua. Entenda mais a seguir e comece a estudar um novo idioma.

Como se fala os números de 1 a 9 no japonês?

1. Ichi (-)

Leia também

O número 1 é chamado de ichi em japonês e se pronuncia em português como iti.

2. Ni (二)

O número 2 é chamado de ni e se lê da mesma forma que se escreve.

continua depois da publicidade

3. San (三)

O número 3 é chamado de san, e a pronúncia tem um dom de sahn. Ou seja, é um pouco mais aberto no final.

4. Shi (四)

O número 4 se chama shi, e a pronúncia é como se fosse dizer xi. Porém, pode aparecer como yon em algumas frases.

5. Go (五)

O número 5 se chama go, mas a pronúncia é mais fechada. Se fala gô, com o circunflexo fechando mais a sílaba.

6. Roku (六)

O número 6 se chama roku, e a pronúncia no caso é lô-ku. Isso porque há uma mistura entre as letras R e L na sonoridade do japonês.

continua depois da publicidade

Comumente, no idioma japonês se pronuncia as palavras com a letra R somente com a ponta da língua.

7. Shichi (七)

O número 7 é chamado e shici, com a pronúncia como xi-ti. Apesar disso, pode ser escrito e lido como “nana” em algumas frases, pois é um substituto aceito no idioma para referir-se a esse número.

8. Hachi (八)

Semelhante à pronúncia dos tradicionais palitinhos de comer sushi, a pronúncia do número oito é “rá-ti”.

9. Kyuu (九)

Apesar do prolongamento causado pela presença de duas letras U, a pronúncia é curta. Então, se fala “kiú”, com ênfase na letra u, pois é átono.

continua depois da publicidade

Como é construída a leitura dos números em japonês?

No japonês, os falantes não podem usar somente os números para realizar a contagem, porque não á uma estrutura que contempla a variação de número. Em outras palavras, não existe uma estrutura d e singular ou plural familiar.

Sendo assim, ao contar acima de 10, é necessário combinar os numerais com as partículas contadoras. Neste caso, o que se chama de contador é também uma espécie de classificador.

Isso porque essa palavra indica não somente a quantidade, mas a categoria do que está sendo contado. Assim, é criado automaticamente um agrupamento de objetos semelhantes.

Por exemplo, se utiliza “Juu-ichi-ji” para dizer “11 horas”, pois há a construção do número 11 unindo o número 10 (juu) com o número 1 (ichi). Então, é como se houvesse uma soma, e depois se adiciona o “ji” que significa “horas”.

Exemplos de frases e seus significados

Confira outros exemplos para entender essa relação entre os números e os classificadores:

  • Ima, gozen juuji choudo desu - Agora são exatamente 10 horas da manhã (Gozen juuji significa 10 da manhã);
  • Jū-go-nin ga resutoran ni hairimashita - 15 pessoas entraram no restaurante (Jū-go-nin significa 15 pessoas);
  • Mise de hanbai suru tame ni juusu no hako o juuni-hako kaimashita - Comprei 12 caixas de suco para vender na loja (Juuni-hako significa 12 caixas);
  • Hikōki no shuppatsu made ato juuhachi pun deshita - Faltavam 18 minutos para o voo (Juuhachi fun significa 18 minutos).

Compartilhe esse artigo

Leia também

Concursos em sua
cidade