Dinheiro esquecido em bancos: 2ª fase terá R$ 4 bilhões para consulta

O sistema do Banco Central para resgate do dinheiro esquecido em bancos ainda está passando por atualizações e deve liberar consultas em breve.

A segunda fase de consulta do dinheiro esquecido em bancos ainda terá calendário liberado pelo Banco Central (BC). De acordo com a instituição, dos R$ 8 bilhões estimados, a primeira fase disponibilizou R$ 4 bilhões para saque. Sendo assim, a nova etapa deve autorizar a retirada de mais R$ 4 bilhões.

Leia também

Originalmente, a verificação dos valores deveria ter sido iniciada no dia 09 de maio. No entanto, uma paralização dos servidores da instituição inviabilizou o procedimento.

“As consultas ao Sistema de Valores a Receber (SVR) estão suspensas. […] Enquanto isso, estamos trabalhando em melhorias do SVR e na inclusão de novos valores”, afirma o BC.

Quando será liberada a consulta do dinheiro esquecido em bancos?

Apesar do fim da greve, a segunda fase de consulta do dinheiro esquecido em bancos segue sem data prevista. “Em breve, o Banco Central divulgará a data de reabertura do sistema para novas consultas e resgate dos saldos existentes; e informações sobre valores de falecidos”, diz comunicado.

Mesmo sem um calendário definido, a instituição esclarece que “não há risco de perder os valores, pois eles continuarão guardados”. Segundo o BC, as quantias ficarão nos respectivos bancos até o momento em que o beneficiário solicitar o saque. Isso só vai acontecer quando o SVR foi liberado e as consultas autorizadas.

O saque do dinheiro esquecido em bancos deverá ser feito por meio de chave Pix, informada pelo correntista por meio do site do BC. O órgão chama atenção para casos em que o banco responsável pelo pagamento entrar em contato com o requerente.

“Somente a instituição que aparece no Sistema Valores a Receber é que pode te contatar e ela nunca vai pedir sua senha”, diz.

Que tipo de dinheiro esquecido em bancos estão no SVR?

A estimativa é de que sejam repassados R$ 4 bilhões para quem não participou da primeira fase dos resgates. Os valores que ficarão disponíveis são de contas que foram fechadas mas ainda possuem saldos. De acordo com o Banco Central, o Sistema irá liberar saque de:

  • Conta corrente ou poupança encerradas com saldo disponível;
  • Tarifas cobradas indevidamente e que aparecerem em acordo assinado com o BC;
  • Parcelas ou despesas de operações de crédito cobradas indevidamente e que aparecerem em acordo assinado com o BC;
  • Cotas de capital e rateio de sobras líquidas de ex-participantes de cooperativas de crédito; e
  • Recursos não procurados de grupos de consórcio encerrados.

Na leva de dinheiro esquecido em bancos, não estão incluídos abono salarial PIS/Pasep, saldo FGTS e contas abertas sem movimentação ou sem identificação completa. Ajustes de planos econômicos, acordos sob disputa judicial e instituições falidas ou em processo de falência também não são contempladas pelo SVR.

Como consultar e fazer o saque do dinheiro esquecido?

O procedimento para verificar se você tem direito aos valores e solicitar o resgate é feito totalmente online por meio do site do BC. No portal, o interessado deve:

  1. Fazer login com CPF ou CNPJ e senha cadastrados no Gov.br;
  2. Verificar os detalhes sobre o dinheiro esquecido em banco;
  3. Informar a sua chave-Pix.

Nessa segunda fase, diferentemente da primeira, não será necessário fazer agendamento do crédito. O saque poderá ser solicitado no ato da consulta. O Banco Central informa que, após o pedido, o valor deve ser depositado na conta em até 12 dias úteis.

Leia também


você pode gostar também

Uber: agora é possível pedir corridas via WhatsApp; recurso está em fase de teste

Serviço disponibilizado recentemente continua em testes no Brasil e corridas podem ser solicitadas em alguns estados do país.

Imposto de Renda: novo lote residual da restituição é pago hoje, 30

O novo lote residual da restituição do Imposto de Renda será liberado nesta quarta-feira (30). Confira como realizar a consulta.

Google perdeu o 1° lugar entre as melhores empresas do mundo; veja o top 10

Neste ano, a gigante de tecnologia americana deixou a liderança do ranking das melhores empresas do mundo. Descubra neste texto a empresa que assumiu o primeiro lugar da lista.

Pela 1ª vez, Caixa e Enel participam do Feirão Serasa Limpa Nome

Pessoas que estão inadimplentes na Caixa Econômica Federal e Enel podem negociar as dívidas pelo Feirão Serasa Limpa Nome.

Mutirão para negociar dívidas com bancos termina nesta quarta, 30

Confira quais dívidas podem ser renegociadas em mais de 150 instituições e como ter acesso ao evento sem sair de casa.

BNDES libera até R$ 21 mil em empréstimo para MEI

A instituição financeira oferece linha de crédito para microempreendedores com limite de até R$ 21 mil e taxa de juros de até 4% ao mês.