Confirmado: ESTES 9 estados terão Lei Seca nas Eleições 2022

Apenas alguns estados brasileiros emitiram portaria restringindo o consumo de bebidas alcoólicas nas eleições de 2022.

Milhões de brasileiros vão às urnas no próximo domingo, dia 2 de outubro, para votar em seus candidatos. No dia da votação, é importante exercer o seu dever com sabedoria, atenção e cuidado. Como são muitos candidatos e números, vale levar uma “colinha” com o número de cada um. Em alguns estados brasileiros haverá, inclusive, Lei Seca nas Eleições 2022.

Leia também

O consumo da bebida alcoólica pode comprometer a capacidade de voto. Além disso, em um ano com diversas incidências de violência, é importante resguardar sua integridade física e, também, da sua família.

Lei Seca nas Eleições 2022 foi confirmada em 9 estados

eleições 2022, votar eleições 2022, multa por não votar nas eleições 2022
Foto: montagem / Wikimedia Commons – Canva PRO

Faltando poucos dias para o primeiro turno das eleições, poucos estados aderiram à Lei Seca, são eles:

A partir da divulgação da lei, fica proibida a comercialização e consumo de bebidas alcoólicas, nos referidos estados, no dia da votação. Essa decisão é tomada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e da Secretaria de Segurança Pública de cada estado.

A intenção é inibir a violência, além de evitar que o eleitor compareça alterado à votação. Os outros estados, no entanto, ainda podem proibir o consumo e a venda de bebidas alcoólicas até a véspera da eleição, pode meio de publicação de portaria com a devida finalidade.

No Distrito Federal, a lei seca deixou de ser adotada nas últimas eleições presidenciais, em 2018. De acordo com o TRE-DF, não houve registro de problemas por bebida naquele ano.

No estado do Rio de Janeiro, não há lei seca nas eleições desde o ano de 1996. No estado de São Paulo, que é o maior colégio eleitoral do país, a última vez que a lei seca foi implantada foi na eleição de 2006.

YouTube video

Eleições 2022: saiba mais detalhes

As eleições deste ano serão para escolha do presidente, senadores, governadores e deputados (estaduais e federais), sendo obrigatória a participação de cidadãos com idade entre 18 e 70 anos.

Dessa maneira, quem possui 16 ou 17 anos, ou idade superior a 70 anos, não é obrigado a votar. O TSE divulgou que mais de 20 milhões de brasileiros estão desobrigados a participar das eleições de 2022.

Em contrapartida, muitas penalidades são destinadas aos eleitores que deixarem de votar quando sua participação é obrigatória. Dentre as punições previstas ao ficar irregular com a justiça eleitoral, estão:

  • Impossibilidade de emitir documento de identidade ou passaporte;
  • Perda de remuneração por quem exerce função ou emprego público, autárquico ou paraestatal;
  • Proibição de participar de concursos e processos seletivos;
  • Não poderá solicitar financiamento na Caixa Econômica Federal, Previdência Social, autarquias ou sociedades de economia mista.

Para votar nas eleições, o TSE exige apresentação de um documento de identificação com foto, o que, além do e-Título, inclui carteira de identidade, identidade social, carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação, passaporte ou equivalente.

O título de eleitor impresso não possui foto e, por esse motivo, não serve para permitir a votação. A cabine de votação é onde a pessoa exerce com sigilo seu direito e dever democrático. O eleitor poderá comparecer à votação com camiseta ou com o boné do candidato, desde que seja uma manifestação silenciosa e que não haja:

  • Aglomeração de cidadãos com roupas padronizadas em apoio aos candidatos;
  • Caracterização de manifestação coletiva ou com algum barulho;
  • Abordagem, usando de métodos de persuasão ou convencimento aos demais eleitores;
  • Distribuição de camisetas de candidatos.

Leia também


você pode gostar também

Multi+: rival da Netflix chega ao Brasil com assinatura acessível; veja valores

Você já conhece a Multi+? Ela é o novo serviço de streaming que chegou ao mercado brasileiro com preços bastante atrativos. Leia e descubra como funciona seus planos de assinatura.

Como será o tempo no mês de dezembro? INMET divulga a previsão

Semelhante ao que aconteceu nos últimos meses, a chuva deve se intensificar em alguns estados e aplacar em outros por causa do fenômeno natural La Niña.

Escavação no Coliseu encontra vestígios alimentares de 2 mil anos atrás

A construção do Coliseu começou sob o governo de Vespasiano, em 72 d.C., e foi concluída oito anos depois, durante o império de Tito.

Cadastro Positivo oferece benefícios a bons motoristas; saiba participar

O Registro Nacional Positivo de Condutores oferece benefícios aos bons motoristas, como descontos e incentivos pela conduta no trânsito. Porém, existem regras específicas para participar.

Projeto prevê limite de juros em consignado para famílias de baixa renda

O projeto em tramitação no Senado Federal possui como principal objetivo controlar o endividamento das famílias brasileiras de baixa renda, por conta dos juros acumulados através dos empréstimos consignados no país.

INMET alerta: risco de tempestade e chuvas intensas em mais de 1,6 mil cidades

Avisos de chuvas intensas e tempestade são válidos até às 10h deste sábado (03/12), segundo o órgão. Veja áreas que podem ser afetadas.