Concurso Câmara de Goiânia é autorizado pela CCJ

Concurso Câmara de Goiânia foi aprovado por comissão e deverá ter edital publicado em breve. Confira as informações sobre o certame.

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou o Projeto de Lei nº 470/2021 que autoriza a realização do concurso Câmara de Goiânia. O objetivo do PL é a reestruturação do quadro de cargos efetivos e, com isso, realizar um novo concurso público.

De acordo com Romário Policarpo, presidente da Mesa Diretora da Casa, o objetivo dessa Lei é:

(…) tornar a estrutura administrativa desta Casa Legislativa mais eficiente para atender as expectativas da população goianiense, principalmente para melhoria da qualidade dos serviços prestados.

Caso o PL seja aprovado, 70 funções gratificadas serão extintas e deverão ser substituídas por servidores efetivos, que serão contratados por meio de concurso público.

Além disso, o presidente da Câmara destacou a necessidade de realização de um concurso público. Veja o que ele disse:

Após o concurso de 2018 e posteriormente lotação dos servidores aprovados, ficou evidenciada a necessidade de novos cargos que não foram contemplados naquele certame ou que foram, mas em quantitativo insuficiente, como é o caso de motoristas e intérprete de Libras, por exemplo.

Último concurso Câmara de Goiânia foi realizado em 2018

A última seleção do órgão ocorreu em 2018 e foi realizada pela UFG, quando foram ofertadas, inicialmente, 75 vagas, mais cadastro reserva.

Depois disso, em 2019, um edital complementar a esse concurso teve que ser publicado, uma vez que o certame não contemplava vagas para pessoas com deficiência (PcD).

O concurso preencheu vagas para os seguintes cargos:

  • Cargos de nível médio: Agente Administrativo, Agente de Segurança do Plenário, Editor de Vídeo, Fotógrafo e Operador de Switcher;
  • Cargo de nível técnico: Técnico em Segurança do Trabalho;
  • Cargos de nível superior: Administrador, Analista de Sistemas, Assessor Geral, Assistente Social, Biblioteconomista, Cerimonialista, Contador, Designer Gráfico, Economista, Educador Físico, Enfermeiro do Trabalho, Médico do Trabalho, Revisor de Texto, Secretário Executivo, Tradutor e Intérprete de LIBRAS, Web Designer e Procurador Jurídico Legislativo.

A jornada de trabalho foi de 30 horas semanais e a remuneração foi de R$ 4.379,33 para os cargos de níveis médio e técnico e de R$ 6.737,44 para os cargos de nível superior.

Etapas do concurso Câmara de Goiânia

Com base no edital do último concurso, a avaliação dos candidatos se deu por meio de prova objetiva, prova prática e prova discursiva, conforme o cargo em disputa.

A prova objetiva foi composta por 50 questões para os cargos de níveis médio e técnico e por 60 questões para os cargos de nível superior. As seguintes disciplinas foram cobradas nessa etapa:

Foram aprovados na prova objetiva os candidatos que obtiveram um aproveitamento mínimo de 50%.

Resumo do concurso

  • Órgão: Câmara de Goiânia;
  • Situação: comissão criada;
  • Nº de vagas: a definir;
  • Cargos: a definir;
  • Último concurso: 2018.

Leia também

você pode gostar também

Concurso INSS passará a ser apenas para nível superior? Veja decisão

O novo concurso INSS é o primeiro para cargo de Técnico do Seguro Social nos últimos sete anos. O prazo para lançamento do edital já foi definido.

Multas de trânsito podem ser consultadas pelo CPF; veja como

A consulta às multas de trânsito é realizada pela internet. O procedimento permite que os condutores confiram os detalhes de cada infração.

Mais de 12 mil CNHs podem ser suspensas; veja se a sua será afetada

As informações são do Departamento de Trânsito do Mato Grosso do Sul, que identificou ainda um número recorde nos processos administrativos por mês durante este ano.

Já posso obter CNH sem fazer aulas em autoescolas? Entenda medida

CNH sem autoescolas: projeto de Lei da senadora Kátia Abreu busca descartar a obrigatoriedade das aulas para obtenção do documento.

Salário mínimo 2023, 2024 e 2025: veja previsão para os próximos anos

Com inflação em alta, governo faz projeções do salário mínimo em 2023, 2024 e 2025. Congresso já estabeleceu as diretrizes do ano que vem.

Novas regras trabalhistas: o que muda na jornada e banco de horas?

Medida Provisória permite mudanças em situações específicas. Novas regras trabalhistas foram criticadas pela oposição.