IPTU 2022: vale a pena pagar à vista ou fazer o parcelamento?

Com a chegada de 2022, muitas contas anuais devem ser pagas e uma delas é o IPTU. O consumidor precisa estar preparado para arcar com esse gasto.

O Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) é uma taxa que deve ser paga anualmente no início do ano ou parcelada. Por ser um gasto fixo, é importante que o cidadão se prepare financeiramente. Pensando nisso, os governos locais costumam dar descontos no IPTU e isso pode acontecer em 2022.

continua depois da publicidade

“É certo que 2021 foi um ano difícil, mas é necessário ter planejamento para 2022 para que a situação não piore”, disse Reinaldo Domingos, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin). Os descontos podem variar de 3% até 10%, dependendo do município.

IPTU 2022: qual é a melhor opção de pagamento

Domingos, que é PhD e educador em Educação Financeira, acredita que a melhor opção é pagar o imposto à vista. Mas essa dica é especialmente para quem se programou durante o ano. Ou seja, para a pessoa que montou uma reserva financeira.

“O IPTU não é nenhuma surpresa. Todo ano ele chega e o pagamento é obrigatório. Quem guardou o dinheiro e se programou deve usar porque o desconto é melhor do que muita aplicação financeira que existe atualmente, que paga menos de 3% ao ano. Já se a pessoa for pagar e ficar totalmente descapitalizada, não vale a pena”, comentou.

continua depois da publicidade

Quem não tem condições de pagar o IPTU 2022 em parcela única ou está endividado, precisa analisar o parcelamento. É necessário considerar em quantas vezes o valor será dividido e como isso vai impactar seu orçamento mensal.

Nesse caso, Domingos instrui os contribuintes a calcular essa taxa junto com outras contas fixas, como cartão de crédito, plano de saúde e mensalidade da escola. Dessa forma, é possível verificar como ficarão os gastos do mês.

“Coloque no papel ou em planilhas de orçamento os gastos. Assim, a pessoa consegue todos os seus gastos e diluir o pagamento das parcelas que forem necessárias", aconselhou. Sendo assim, o risco de estender muito o pagamento ou de prejudicar o orçamento diminuem.

continua depois da publicidade

O presidente da Abefin alerta o consumidor para evitar solicitar empréstimos ou entrar no cheque especial para pagar o IPTU 2o22 Ao tomar medidas como essa, o trabalhador pode acabar com mais problemas financeiros no futuro.

Compartilhe essa notícia

Leia também

Concursos em sua
cidade