Concurso ICMBio: o que estudar para as provas? Confira matérias que vão cair

O edital do concurso ICMBio foi divulgado e agora é importante intensificar sua preparação. Confira as disciplinas que serão cobradas.

Está disponível o edital nº 1/2021 do concurso ICMBio, com oferta de 171 vagas imediatas para profissionais de níveis médio ou técnico e superior. Com a abertura do certame, é importante intensificar os estudos para se sair bem nas provas.

As vagas disponíveis têm lotação entre os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Pará e Rondônia. O certame está sendo organizado sob responsabilidade do Cebraspe.

Concurso ICMBio: dados gerais

São 61 vagas para o cargo de Analista Ambiental, que exige nível superior completo e 110 para Técnico Ambiental, que exige ensino médio completo ou curso técnico equivalente. As remunerações chegam a R$ 8.089,64, conforme o cargo escolhido.

As inscrições devem ser feitas no período das 10h de 03 de dezembro até as 18h de 23 de dezembro de 2021.

Para auxiliar na preparação do certame, listamos a seguir os conteúdos que serão cobrados nas provas objetivas.

O que estudar para as provas do concurso ICMBio?

As provas são distintas, conforme o cargo pleiteado. As provas objetivas e discursivas serão realizadas na data prevista de 06 de fevereiro de 2022.

Confira o número de questões da avaliação objetiva e o limite de linhas da prova discursiva de cada uma das ocupações:

Analista Ambiental

  • Conhecimentos básicos: 40 questões;
  • Conhecimentos específicos: 60 questões;
  • Prova discursiva: texto dissertativo com até 45 linhas sobre tema relacionado à Amazônia.

Técnico Ambiental

  • Conhecimentos básicos: 50 questões;
  • Conhecimentos específicos: 70 questões;
  • Prova discursiva: texto dissertativo, de até 30 linhas, com tema sobre meio ambiente e Amazônia.

Quais são as disciplinas?

Conhecimentos básicos (para todos os cargos)

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Gestão;
  • Noções de Direito Administrativo;
  • Legislação;
  • Integridade Pública;
  • Atualidades;
  • Noções de Informática.

Conhecimentos específicos (apenas para o cargo de nível médio)

  • Técnico Ambiental.

Conhecimentos específicos (apenas para o cargo de nível superior)

  • Ecologia, Conservação e Manejo da Biodiversidade;
  • Biodiversidade, Zoologia, Botânica e História Natural;
  • Recursos Florestais;
  • Proteção, Controle e Monitoramento Ambiental;
  • Planejamento e Gestão de UC;
  • Aspectos Históricos, Sociais, Geopolíticos e Ambientais da Região da Amazônia;
  • Povos, Comunidades Tradicionais e Conservação da Biodiversidade.

Leia também

você pode gostar também