Nova função do Pix permite fazer retirada do dinheiro; veja como funciona

Saques em espécie não precisarão ser feitos apenas em caixas eletrônicos. A nova função do Pix permite retirada de dinheiro em estabelecimentos comerciais.

Nesta segunda-feira (29/11), nova função do Pix foi colocada em prática por meio de duas modalidades que permitem a retirada de dinheiro em espécie. Até agora só era possível sacar valores por meio de caixas eletrônicos, mas com o Pix Saque e o Pix Troco os correntistas poderão realizar a operação em estabelecimentos comerciais.

A diferença entre as modalidades é que o segundo deverá ser ligado à compra de algum produto ou serviço. No entanto, vale ressaltar que a oferta dessas funcionalidades pelos estabelecimentos é opcional. Cada loja poderá decidir adotar ou não a novidade de acordo com a adaptação do seu sistema.

“A efetiva disponibilidade aos usuários finais requer, ainda, que os estabelecimentos comerciais e demais agentes, adaptem seus sistemas e realizem os procedimentos operacionais para a oferta dos serviços”, informou o Banco Central. De acordo com a instituição, essa oferta terá “um processo gradual de adoção”.

continua depois da publicidade

O BC disse ainda que a nova função do Pix ficará disponível para todos os correntistas de bancos que possuem o sistema de transferência instantânea. Será possível realizar oito operações gratuitas por mês, em saques tradicionais e nas novas modalidades, para pessoas físicas.

Nova função do Pix: como vai funcionar a retirada de dinheiro

Os valores máximos do Pix Saque e Pix Troco serão de R$ 500,00 durante o dia, e de R$ 100,00 no período noturno. É importante ressaltar que essas quantias podem ser menores, de acordo com o que os estabelecimentos decidirem. As lojas precisarão ir ao banco e pedirem a adesão desses serviços.

Para utilizar a nova função do Pix, o cliente deverá:

  1. Ir a um estabelecimento comercial que oferta as modalidades de retirada do dinheiro;
  2. Fazer a transferência instantânea para a loja via QR Code ou chave;
  3. Receber a quantia em dinheiro pelo funcionário.

Esse passo a passo é tanto para Saque como para Troco. No entanto, o segundo requer que o cliente compre algo. Na hora de efetuar o pagamento, o Pix deve ter valor superior ao do produto ou serviço e a diferença será devolvida em espécie.

Quem poderá ofertar a nova função do Pix?

Como já informado, a nova função do Pix será opcional nos estabelecimentos comerciais que poderão ofertar as duas ou apenas uma das modalidades. O objetivo, de acordo com o Banco Central, é que as lojas consigam um fluxo maior de clientes e reduzam gastos com a movimentação de dinheiro.

A instituição ainda informou que s estabelecimentos que oferecerem as modalidades poderão receber de R$ 0,25 a R$ 0,95 dependendo do contrato que for feito com o banco. Poderão oferecer a nova função do Pix:

  • Estabelecimentos comerciais num geral;
  • Instituições financeiras com rede própria de ATM;
  • Terminais de auto atendimento;
  • Entidades que ofertam rede independente compartilhada de ATM.

“Não estamos impondo nenhum tipo de obrigatoriedade ao comércio, o comércio oferece esse serviço se ele achar que faz sentido”, disse o Chefe da Gerência de Gestão e Operação do Pix do BC, Carlos Eduardo Brandt. Segundo ele, a nova função do Pix traz facilidade de obter dinheiro em espécie se a pessoa precisar.

Leia também

você pode gostar também