Ficou sabendo? Confira 5 novas regras do Pix que você precisa conhecer

O Banco Central anunciou várias mudanças no Pix e criou algumas novas regras para as transações bancárias.

As transferências instantâneas via Pix passaram por uma série de mudanças, como limitar o valor de transações no período das 20h às 05h59. Assim como as novas regras do Pix foram instauradas, outros meios de pagamentos também sofreram alterações.

O objetivo do Banco Central (BC) é fazer com que os pagamentos sejam mais seguros. Especialmente depois do aumento de sequestros relâmpagos. A popularidade do Pix também culminou no crescimento de golpes digitais.

O BC disse acreditar que, com as novas regras do Pix, as ações criminosas conseguirão apenas valores baixos. Dessa forma, os golpes podem acabar não compensando, o que deve diminuir o problema de fraudes pelas plataformas digitais dos bancos.

Mas as transferências instantâneas não estão passando apenas por mudanças de segurança. O BC informou que, a partir de 29 de novembro, serão lançados o Pix Saque e o Pix Troco. Veja mais:

Novas regras do Pix

  1. Limite no valor das operações: só poderá ser enviado valor de até R$ 1.000 entre 20h e 05h59 entre pessoas físicas. Pix Saque e Pix Troco terão limite de R$ 500 durante o dia e de R$ 100 durante a noite;
  2. Período para efetivar limite de transações: a ação de alterar o limite de transferências via Pix levará de 24h a 48h para ser efetivada, evitando o aumento imediato para pagamentos em situações de risco;
  3. Contas previamente cadastradas: será possível cadastrar contas que poderão receber Pix acima do limite geral, enquanto as demais transações continuarão restrita;
  4. Bloqueio de transferências: bancos poderão bloquear transações durante 30 minutos na parte do dia e 60 minutos à noite. O objetivo é analisar o risco da movimentação. O correntista será informado da ação;
  5. Controle de fraudes: além das determinações do BC, as instituições financeiras deverão criar seus próprios controles adicionais para combate de fraudes por meio do Pix.

Leia também

você pode gostar também