Empréstimos de até R$ 1 mil são liberados no Caixa Tem; veja como pedir

A Caixa deve atender 30 milhões de usuários do Caixa Tem com empréstimos entre R$ 300 e R$ 1 mil. Para solicitar, é preciso aguardar a data de atualização cadastral.

Nesta segunda-feira (18/10), mais um grupo de usuários do Caixa Tem está liberado para solicitar empréstimos de até R$ 1 mil. De acordo com o calendário da Caixa Econômica Federal, é a vez dos aniversariantes de março e abril.

Nascidos em janeiro e fevereiro podem pedir o crédito desde o início do mês de outubro. O cronograma foi criado para quem já tem a conta digital. Vale ressaltar que antes de fazer a contratação de valores, é necessário atualizar o cadastro na plataforma.

Calendário de liberação dos empréstimos Caixa Tem

A partir do dia 18 de outubro, quem nasceu nos meses de março e abril e tem conta no Caixa Tem pode solicitar os empréstimos. Os aniversariantes dos meses seguintes serão liberados para a atualização cadastral e contratação de crédito nos seguintes dias:

  • Maio e junho: 8/11;
  • Julho e agosto: 29/11;
  • Setembro e outubro: 13/12;
  • Novembro e dezembro: 27/12.

Ao atualizar o cadastro, a conta passará de Poupança Social Digital da Caixa para Poupança Digital+. O novo formato do Caixa Tem permitirá que seus usuários peçam os empréstimos e manterá os serviços já existentes, como transferências bancária (Pix, TED e DOC), pagamentos de contas e boletos e compras online.

Mais detalhes do programa Crédito Caixa Tem

A Caixa informou que pretende atender os 30 milhões de usuários do app (disponível para Android e iOS) com a nova modalidade de crédito. Dependendo do perfil da pessoa, será possível conseguir valores entre R$ 300 e R$ 1 mil. Esses poderão ser divididos em até 24 meses.

Os empréstimos do Caixa Tem contarão com juros de 3,99% ao mês, podendo ser solicitados por pessoas físicas ou jurídicas. Todo o procedimento de solicitação é feito online. O crédito apenas não será autorizado para quem tem CPF negativado ou é beneficiário do Bolsa Família.

Leia também

você pode gostar também