Como desenvolver inteligência emocional no trabalho? Psicóloga explica

Inteligência emocional no trabalho pode beneficiar o profissional e também ajudar no relacionamento entre os colegas de equipe.

Em um mundo complexo, com relacionamentos que misturam o mundo real com o virtual, associados às mudanças cada vez mais rápidas, exige-se desenvolvimento para compreender melhor a sociedade e as pessoas que fazem parte dela. A inteligência emocional no trabalho é um dos aspectos. Por isso, consultamos uma especialista para falar sobre o assunto e dar algumas dicas.

A equipe do Concursos no Brasil entrou em contato com a Psicóloga Ketlin Monteiro Felipe de Oliveira. A profissional atua no âmbito da Psicologia Hospitalar, especificamente em hospitais de Aparecida de Goiânia, em Goiás.

O que é inteligência emocional

De acordo com a psicóloga, a inteligência emocional é um campo de investigação com o objetivo de compreender as emoções e elaborar um raciocínio sobre a situação na qual a pessoa está envolvida.

No trabalho, é comum que colegas da mesma equipe passem por divergências, conflitos e outros tipos de situações que não são agradáveis. Além disso, a relação entre chefes e subordinados também podem exigir uma demanda maior de uma pessoa.

Portanto, conforme Ketlin, “habilidades como gerenciar emoções, favorecer a cooperação, efetuar decisões adequadas, desenvolver empatia, autoconhecimento, autoconfiança e persistência são competências presentes em pessoas com um bom desenvolvimento da inteligência emocional”.

Assim, há uma relação positiva entre quem desenvolve uma boa inteligência emocional no trabalho e suas relações com os colegas, chefes ou subordinados. “As pessoas que possuem uma prática emocional bem desenvolvida tendem a se sentir mais satisfeitas e a serem mais eficientes em suas vidas”, disse a Psicóloga.

Como desenvolver inteligência emocional no trabalho

Entender o que gera a emoção, é o primeiro passo para atingir um bom estado de inteligência emocional no trabalho, aponta Ketlin. A partir disso, é possível que haja um melhor controle sobre o comportamento e em como utilizar o entendimento da emoção em condições favoráveis dentro do trabalho.

“O autoconhecimento é a base da inteligência emocional, de modo que conhecer, perceber, nomear e saber expressar as próprias emoções a nível pessoal é fundamental para que se possa utilizar a inteligência emocional como um recurso pessoal nas relações sociais”, disse a Psicóloga sobre o assunto.

Além disso, Ketlin citou que a empatia é outro fator importante para que a pessoa avance na busca do desenvolvimento da inteligência emocional. Segundo ela, a capacidade de reconhecer os sentimentos dos outros contribui para um melhor relacionamento com os colegas e para a solução de possíveis problemas.

A comunicação eficaz e produtiva, buscando entender as demais pessoas envolvidas, ajuda na aplicação de soluções satisfatórias para as partes.

“No ambiente de trabalho, a inteligência emocional pode contribuir para que se utilize as emoções de uma forma mais produtiva, para que se consiga manter um bom relacionamento com os colegas de trabalho, auxiliar na resolução de um problema complicado, entre outros”, finalizou a profissional.

*Com colaboração de Bruno Destéfano

Leia também


você pode gostar também

Pagam bem: 5 profissões para quem não quer trabalhar com atendimento

Se você é uma pessoa introvertida e não gosta de lidar com público, conheça cinco profissões para quem não quer trabalhar com atendimento.

5 filmes da Netflix para se inspirar e ter motivação nos estudos

Se você anda meio sem inspiração para continuar estudando para as provas do concurso, conheça cinco filmes da Netflix que podem te motivar.

Concurso INSS: o que levar em conta na hora de estudar leis? Veja 5 dicas

Vai prestar o concurso INSS e precisa ser aprovado? Conheça cinco dicas incríveis sobre como estudar leis.

Conheça 7 tipos de aprendizagem e suas vantagens durante os estudos

Está começando a estudar para um concurso público? Conheça os sete tipos de aprendizagem e as vantagens de cada um deles.

Validade de concursos: como esse prazo afeta os concurseiros?

Entenda como funciona a validade de concursos públicos e saiba como esse prazo afeta a vida de todo concurseiro aprovado.

Estas 5 profissões antigas voltaram à moda no país e ganharam relevância

Conheça cinco profissões antigas que voltaram a ganhar espaço e relevância no mercado de trabalho brasileiro.