FGTS de R$ 6,2 mil: veja cidades que podem solicitar a retirada do valor

O saque FGTS de R$ 6,2 mil, referente ao saque calamidade, pode ser sacado por trabalhadores que residam em determinadas cidades. Confira quais são os pré-requisitos.

O saque FGTS de R$ 6,2 mil pode ser retirado por muitos trabalhadores brasileiros que se enquadrem nos pré-requisitos. Referente ao saque calamidade, este benefício está disponível para localidades onde foi decretado estado de emergência em todo o país.

Leia também

Nesta modalidade, o trabalhador pode sacar seu saldo da conta do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) pelo motivo de necessidade pessoal, urgente e grave, por conta de um desastre natural que tenha atingido o local onde mora.

Neste sentido, o valor só será liberado caso a situação de emergência ou estado de calamidade pública tenha sido decretado oficialmente pelo governo do Distrito Federal, município ou estado, publicado em até 30 dias a partir do primeiro dia útil seguinte ao da ocorrência.

FGTS de R$ 6,2 mil: regras

Cidadãos com conta vinculada ao Fundo de Garantia que vivam em locais onde foi decretado estado de emergência podem retirar o saldo guardado em suas contas. As situações que permitem a retirada são as seguintes:

  • Enchentes ou inundações graduais;
  • Enxurradas ou inundações bruscas;​
  • Alagamentos; ​
  • Inundações litorâneas provocadas pela brusca invasão do mar;​
  • Precipitações de granizos;
  • Vendavais ou tempestades;​
  • Vendavais muito intensos ou ciclones extratropicais;​
  • Vendavais extremamente intensos, furacões, tufões ou ciclones tropicais;​
  • Tornados e trombas d’água;​
  • Desastre decorrente do rompimento ou colapso de barragens que ocasione movimento de massa, com danos a unidades residenciais.

No momento, este resgate pode ser feito em 10 cidades dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Vale lembrar que cada município possui um prazo para solicitar os valores. São eles:

  • até 13 de dezembro: Cachoeirinha (RS);
  • até 2 de janeiro de 2023: Canoas (RS);
  • até 29 de novembro: Eldorado do Sul (RS);
  • até 11 de dezembro: Rio Pardo (RS);
  • até 19 de dezembro: Balneário Piçarras (SC);
  • até 21 de dezembro: Criciúma (SC);
  • até 21 de dezembro: Forquilhinha (SC);
  • até 11 de dezembro: Joinville (SC);
  • até 26 de dezembro: Penha (SC);
  • até 21 de dezembro: Porto Belo (SC).

Como solicitar o saque calamidade do FGTS

Para solicitar o saque FGTS sem que seja preciso sair de casa, o cidadão deve baixar o aplicativo do Fundo de Garantia, disponível para Android e iOS. A partir de então, só é preciso seguir o passo a passo:

  • Fazer o login na plataforma;
  • Acessar “Meus Saques”, e então “Outras situações de saque”;
  • Em motivo, clicar em “Calamidade Pública”, e então em “Continuar”;
  • Escolher a forma de recebimento do saque (crédito em conta ou saque presencial);
  • Enviar todos os documentos solicitados e clicar em “Confirmar”.

É importante ter em mente que o dinheiro será disponibilizado pela Caixa Econômica Federal. A partir da solicitação, a instituição financeira deve verificar o pedido, e então liberar os valores com base na forma de resgate selecionada.

Caso seja optado pelo resgate presencial, porém, o cidadão deve comparecer a uma agência da Caixa, apresentando os seguintes documentos:

  • Comprovante de residência em nome do trabalhador, emitido nos últimos 120 dias anteriores à decretação de emergência, ou;
  • Declaração emitida pelo Governo Municipal ou Distrito Federal, atestando que o trabalhador reside naquela área;
  • Documento de identificação;
  • CPF;
  • Carteira de Trabalho física ou digital, ou qualquer documento que comprove vínculo empregatício.

Leia também


você pode gostar também

Auxílio Brasil: veja quem tem direito ao valor de até R$ 1,2 mil neste mês

Além do Auxílio Brasil, existe uma série de benefícios complementas que podem aumentar o valor inicial das parcelas.

FGTS tem novo saque liberado e valores podem superar R$ 3,9 mil

Novo saque do FGTS foi liberado para vários trabalhadores. Dinheiro faz parte do saque-aniversário e pode ser solicitado de forma online.

13º salário extra do INSS ainda terá 11 saques em 2022; veja datas

O 13º salário extra do INSS começou a ser pago no dia 24. A partir de agora, restam 11 saques até o final do ano. Confira as datas.

Troca da pensão pelo BPC de R$ 1,2 mil passa a ser permitida; veja regras

Após decisão dos Juizados Especiais Federais, troca da pensão pelo BPC de R$ 1,2 mil passa a ser permitida.

Novo lote do PIS/Pasep: saiba quem terá direito ao abono em 2023

Abono PIS/Pasep, com ano-base de 2021, deve ser pago entre os meses de janeiro e dezembro 2023. Veja quem pode receber.

Internet Brasil: chips com banda larga gratuita começarão a ser distribuídos

Confira regras do programa, o que já se sabe e quem serão as primeiras pessoas contempladas no país.