É CLT? R$ 300 bilhões podem ser liberados por meio da bolada do FGTS

Valores de, em média, R$ 10 mil fazem parte da revisão monetária do FGTS, e os trabalhadores buscam entrar na Justiça para recebê-los.

O Supremo Tribunal Federal está discutindo a possibilidade de revisão dos valores do FGTS, com estimativa de que R$ 300 bilhões possam ser liberados aos trabalhadores.

Leia também

O debate se deve às ações abertas, que já estão na Justiça. Caso o STF decida a favor dos beneficiários, estima-se que R$ 10 mil devam ser distribuídos para cada pessoa, em média.

Vale salientar que o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é um direito de todo trabalhador que possui carteira assinada. Todos os meses, o empregador deposita uma porcentagem, prevista em lei, nas contas do fundo no nome do trabalhador.

O recurso será acumulado e pode ser liberado em casos especiais, como em caso de demissão sem justa causa, aposentadoria e compra do imóvel próprio.

Quem tem direito à bolada do FGTS pela revisão?

Trabalhadores com carteira assinada desde o ano de 1999, que possuem conta no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), devem ficar atentos à bolada do FGTS, que permite receber uma média de R$ 10 mil de correção em suas contas.

A ação pode pagar até R$ 72,6 mil aos indicados, equivalendo a 66 salários-mínimos, e estima-se que milhões de brasileiros tenham acesso às correções. Essa revisão monetária está em análise junto ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Conforme as regras, o benefício do fundo é destinado aos profissionais com carteira assinada desde 1999 até 2022. Assim, a partir de então, o trabalhador terá o cálculo refeito, considerando todos os salários recebidos e a inflação dentro deste período.

A medida é de grande vantagem aqueles que tinham salários mais altos, mas não trocou tantas vezes de emprego. Vale lembrar que o teto da revisão do FGTS é de 60 salários mínimos, equivalendo a R$ 72.720 neste ano.

Assim, não será paga a mesma quantia para todos, e a correção é feita em valores que já estão nas contas e nas que já foram sacadas.

Para verificar qual benefício será disponibilizado, é possível usar a ferramenta digital da startup LOIT. No geral, a liberação de recursos do fundo pode ser realizado pelo aplicativo ou em agências da Caixa.

Contudo, é preciso ter em mente que o saque só pode ser feito em situações especificas.

Saque do FGTS: quando pode ser realizado?

fgts duplo, saque fgts, saque-aniversário, saque triplo fgts
Foto: montagem / Pexels – Canva PRO

A liberação dos recursos advindo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço pode ser feita no aplicado do fundo (Android e iOS) ou uma agência da Caixa Econômica Federal. Confira quais são as situações que permitem o saque do FGTS:

  • Trabalhador que é demitido sem justa causa;
  • Pessoa com 70 anos ou mais, ou quem já se aposentou;
  • Após finalização do contrato de trabalho ou suspensão de trabalho de caráter avulso;
  • Casos de rescisão contratual por força maior ou culpa recíproca;
  • Pessoa que reside em local onde foi declarado estado de calamidade por desastre natural;
  • Trabalhador com doença grave, conforme previsto em lei;
  • Pessoa que esteja sem trabalhar com carteira assinada há, no mínimo, três anos (fora do regime do FGTS);
  • Quem for adquirir a casa própria, pode ser para liquidação, prestação ou amortização;
  • Trabalhador falecido, o herdeiro legal pode sacar.

Além das opções citadas anteriormente, há possibilidade do saque-aniversário, que permite retiradas anuais no mês de nascimento do trabalhador. A solicitação pode ser realizada no aplicativo do FGTS (Android e iOS).

Leia também


você pode gostar também

Auxílio Brasil: veja quem tem direito ao valor extra de R$ 200 em dezembro

Além dos R$ 600 pagos mensalmente, algumas famílias beneficiárias do Auxílio Brasil têm direito a receber o valor extra de R$ 200. Veja neste texto quem pode ser beneficiado.

PEC que prevê Auxílio Brasil de R$ 600 em 2023 é aprovada no Senado

PEC da Transição passou no Senado. Texto prevê Auxílio Brasil com valor médio de R$ 600 em 2023 e outros benefícios.

Calendário INSS 2023 é oficialmente liberado pelo instituto; veja todas as datas

Milhões de aposentados, pensionistas e inscritos no BPC receberão depósitos conforme determinado pelo calendário INSS 2023.

Auxílio de R$ 712 será pago a partir da próxima semana; veja calendário

Auxílio de R$ 712 corresponde ao valor acumulado para quem tem direito a dois benefícios sociais do governo. Veja o novo calendário de pagamentos.

Auxílio Brasil Jovem garante benefícios extras; veja regras e valores

Por meio do Auxílio Brasil, jovens podem ter direito a benefícios de até R$ 1 mil reais. Leia e entenda como funciona.

Auxílio Brasil com reajuste pela inflação é tema de ideia legislativa

A proposta do Auxílio Brasil com reajuste pela inflação é uma ideia legislativa em votação no site do Senado Federal. Saiba os detalhes.