Confira 7 benefícios do INSS que as “donas de casa” têm direito em 2022

Pessoas que não trabalham com atividades remuneradas, como mulheres dona de casa, podem contribuir com o INSS e receber diferentes benefícios.

Segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) têm acesso a uma série de direitos trabalhistas. Diferentemente do que muitas pessoas pensam, não é preciso ser trabalhador formal para obter alguns auxílios. Inclusive, existem 7 benefícios do INSS que “donas de casa” podem receber.

Leia também

Isso porque mesmo as pessoas que não exercem atividades formais remuneradas podem contribuir com a Previdência Social. Esse recolhimento é feito de forma voluntária e, normalmente, equivale a 20% sobre um valor decidido pelo cidadão, que esteja entre o piso e o teto do INSS, R$ 1.212 e R$ 7.087,22 respectivamente.

Veja 7 benefícios do INSS para donas de casa

benefícios do INSS, benefícios pouco conhecidos do inss, Benefícios desconhecidos INSS, benefícios INSS
Foto: montagem / Pixabay – Canva PRO

Apesar de não ser considerada uma profissão, a vida de “dona de casa” é reconhecida pelo INSS e dá direito a 7 benefícios previdenciários. Isso porque a pessoa realiza várias atividades domésticas, mas de exclusividade à sua família. Mas, não basta apenas cuidar do lar, é preciso contribuir mensalmente com a Previdência Social.

Para isso, é preciso estar inscrita no INSS. Caso a pessoa nunca tenha trabalhado formalmente, poderá fazer seu cadastro na Previdência pelo portal Meu INSS ou pela central telefônica 135. Então, será necessário gerar e pagar a Guia de Recolhimento de Previdência Social (GPS) todos os meses.

É importante saber que alguns dos auxílios pagos pelo Instituto contam com tempo de carência, ou seja, número mínimo de contribuições realizadas pela segurada. Os benefícios do INSS para donas de casa são:

  • Aposentadoria por idade – 180 contribuições mensais;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição – 180 contribuições mensais;
  • Aposentadoria por invalidez – 12 contribuições mensais;
  • Auxílio-doença – 12 contribuições mensais;
  • Salário-maternidade – 10 contribuições mensais;
  • Pensão por morte – sem carência;
  • Auxílio-reclusão – sem carência.

Como solicitar um benefício do INSS

A dona de casa já cadastrada e contribuinte da Previdência Social pode solicitar os benefícios do INSS quando for necessário e ela se encaixar nos critérios. Para isso, é só seguir o passo a passo abaixo:

  1. Entrar no portal Meu INSS;
  2. Fazer login com CPF e senha cadastrados no Gov.BR;
  3. Na área de pesquisa, escrever o benefício que você quer solicitar;
  4. Atualizar ou confirmar os dados, clicando em “Continuar”;
  5. Ler as informações na tela e selecionar “Avançar”;
  6. Seguir os protocolos do sistema conforme o auxílio desejado;
  7. Verificar e confirmar os dados pessoais mais uma vez;
  8. Anexar os documentos necessários;
  9. Escolher agência do INSS mais próxima e o banco que você utiliza;
  10. Finalizar declarando que leu e concorda com os termos.

Como fazer a contribuição voluntária ao INSS?

Estudantes, desempregados e donas de casa têm direito de escolher um plano de contribuição com o INSS e acessar uma série de benefícios. Essas pessoas são consideradas como segurados facultativos. Existem três possibilidades de realizar o recolhimento:

  • 20% sobre um valor escolhido entre o piso e o teto da Previdência;
  • 11% sobre o salário mínimo vigente;
  • 5% sobre o piso nacional, desde que viva em situação de baixa renda.

Donas de casa interessadas em contribuir com o INSS e ter direito a aposentadoria e outros benefícios devem gerar a GPS pela internet. Basta acessar o portal de serviços do governo, ir no Sistema de Acréscimos Legais (SAL) e preencher as informações necessárias. É aconselhável que as seguradas guardem todos os comprovantes de recolhimento.

Leia também


você pode gostar também

Auxílio Gás será pago na próxima semana; saiba consultar benefício pelo CPF

Beneficiários do Auxílio Gás podem utilizar o CPF em quatro plataformas diferentes para consultarem os repasses de outubro.

Saque triplo do PIS/Pasep pode ser feito neste mês; veja quem tem direito

Valores são referentes ao dinheiro não retirado dos anos-base 2019 e 2020, além das cotas do extinto Fundo PIS/Pasep.

Afinal, 14º salário do INSS sairá para aposentados ainda neste ano?

O 14º salário do INSS é um Projeto de Lei que visa beneficiar segurados impactados pela crise econômica ocasionada durante a pandemia.

Quem poderá perder o benefício do INSS em outubro? Veja regras do pente-fino

Aposentados e pensionistas do INSS serão convocados para passar por pente-fino de verificação da elegibilidade e algumas pessoas podem perder o benefício.

Pente-fino do BPC: veja quem poderá ficar sem as parcelas de R$ 1,2 MIL

O pente-fino do BPC também deve revisar outros benefícios por incapacidade, bem como demais aposentadorias do INSS.

Empréstimo Auxílio Brasil: veja regras, valor máximo e taxa de juros

O Empréstimo Auxílio Brasil consiste numa modalidade do empréstimo consignado para os beneficiários do programa social, com desconto das parcelas na folha do benefício.