É possível acumular Auxílio Taxista e Pix Caminhoneiro? Descubra aqui

Benefícios oferecidos para trabalhadores afetados pela alta de combustíveis, apesar de semelhantes, não podem ser acumulados.

O Pix Caminhoneiro e o Auxílio Taxista são dois benefícios que começaram a ser disponibilizados a partir deste mês, nos dias 9 e 16 de agosto, respectivamente. Ambos programas devem repassar, até o fim do ano, parcelas de R$ 1 mil mensalmente, com o intuito de amparar os trabalhadores afetados pela alta de combustíveis.

Leia também

Embora os programas tenham fins semelhantes, não é possível acumular o Auxílio Taxista e Pix Caminhoneiro, ou seja: uma pessoa que recebe um deles não pode receber o outro, já que são oferecidos para grupos diferentes. Caso um cidadão desempenhe as duas funções, ele deve escolher entre um dos auxílios.

Tal incerteza surgiu após o governo permitir o acúmulo do Auxílio Brasil e Vale Gás, mas é importante saber que a mesma situação não deve ocorrer com os novos benefícios.

As regras de cada auxílio também são diferentes. Enquanto o Pix Caminhoneiro utiliza informações da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), o Auxílio Taxista possui como base os dados oferecidos por cada prefeitura.

Mais sobre o Auxílio Taxista e Pix Caminhoneiro

O Pix Caminhoneiro começou a ser pago no dia 9 de agosto e de forma dobrada. O motivo é a determinação da PEC Kamikaze, que definiu o pagamento de seis parcelas deste auxílio até o final do ano.

Como faltam apenas cinco meses para o fim de 2022, este mês recebeu duas parcelas. O calendário do Auxílio Caminhoneiro é definido pelas seguintes datas:

  • 1ª e 2ª parcela: 9 de agosto;
  • 3ª parcela: 24 de setembro;
  • 4ª parcela: 22 de outubro;
  • 5ª Parcela: 26 de novembro;
  • 6ª Parcela: 17 de dezembro.

Já os beneficiários do Auxílio Taxista passaram a receber os valores uma semana após o início do pagamento do Pix Caminhoneiro. Também conhecido como BEm Taxista, este auxílio é pago em seis parcelas, e neste mês, os cidadãos ganharam o valor dobrado, assim como o dos caminhoneiros.

Vale lembrar, porém, que trabalhadores que não possuem alvará não podem receber o benefício. É dever das prefeituras de cada município enviar a relação de taxistas cadastrados para o governo, e muitas pedem que os servidores atualizem seus cadastros para não perder o prazo de envio. O último foi no dia 31 de julho.

Apesar de ter começado a ser pago uma semana depois, o restante do calendário de pagamentos do Auxílio Taxista segue a mesma ordem do Pix Caminhoneiro:

  • 1ª e 2ª parcela: 16 de agosto;
  • 3ª parcela: 24 de setembro;
  • 4ª parcela: 22 de outubro;
  • 5ª Parcela: 26 de novembro;
  • 6ª Parcela: 17 de dezembro.

Existe ainda um segundo calendário para taxistas de cidades, em que as prefeituras só conseguiram enviar informações após o prazo final. As duas parcelas de agosto serão feitas no dia 30, e as outras, ainda não definidas, entre setembro e dezembro.

Leia também


você pode gostar também

Calendário INSS Setembro: 11 saques ainda serão liberados; veja datas

O calendário do INSS é dividido entre segurados que recebem o valor do piso nacional e aqueles que recebem acima dele.

Abono PIS/Pasep esquecido soma R$ 569,2 milhões; veja quem pode sacar

Beneficiários têm direito a receber, do abono PIS/Pasep, até R$ 1.212,00. Veja se possui algum valor esquecido.

Consulta do Auxílio Brasil de outubro será feita pelo CPF; saiba como

Mais de 20 milhões de brasileiros podem receber as parcelas em outubro. A consulta do Auxílio Brasil de R$ 600 será feita pelo CPF.

Recebe menos de R$ 1,6 MIL? Você pode ter direito ao salário-família

O salário-família é um direito trabalhista voltado para complementação de renda das pessoas que vivem com menos de R$ 1,6 mil por mês.

Quem tem direito ao FGTS esquecido de 2022? Montante é de R$ 9,2 bilhões

Os trabalhadores que ainda não movimentaram os valores referentes ao Saque Extraordinário têm direito a movimentar o FGTS esquecido até dezembro deste ano.

Casa Verde e Amarela: saiba como fazer simulação e participar do programa

O Casa Verde e Amarela oferece aos brasileiros a possibilidade de realizar uma simulação para conferir as condições de participar do programa habitacional do Governo Federal.