Saiba como usar o FGTS para quitar financiamento habitacional em atraso

Os trabalhadores podem usar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para quitar financiamentos habitacionais, abatendo até 80% das parcelas.

Trabalhadores podem usar o saldo do FGTS para quitar financiamento habitacional em atraso. Aprovada pelo Conselho Curador do FGTS, a medida vale até 31 de dezembro de 2022. O saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço poderá ser usado para pagar até 12 prestações que estão atrasadas.

Leia também

Normalmente, o FGTS pode ser usado em até duas situações destinadas ao pagamento da casa própria. Uma delas é a compra e a outra compreende a construção e a amortização de parcelas de financiamentos imobiliários. Apesar de o uso do fundo para reduzir o valor da prestação ser usado com frequência, o emprego dos recursos para quitar parcelas em atraso é a novidade deste ano.

Como usar o FGTS para quitar financiamento habitacional?

​O trabalhador interessado, que possua saldo na conta, deve procurar o banco onde fez o financiamento habitacional. Na agência, é preciso solicitar a utilização do seu FGTS para abater até 80% de cada prestação, com o limite de 12 parcelas que estão em atraso.

O trabalhador com financiamento de imóveis pode usar o saldo nas contas do FGTS para quitar totalmente ou amortizar (reduzir o valor principal) a dívida da casa própria. Com essa nova possibilidade, os trabalhadores que tiverem, nas contas do FGTS, uma quantia correspondente às parcelas em atraso, podem utilizar os recursos para reduzir o valor das prestações por 12 meses seguidos.

O saldo do FGTS também pode ser usado para reduzir o número de prestações e o tempo do financiamento. Além disso, é possível abater uma parte da parcela mensal, diminuindo o valor das prestações seguintes.

Para realizar compra ou construção da casa própria, é possível realizar o saque do FGTS pelo trabalhador que possua, pelo menos, três anos de contribuição para o fundo. A contagem é realizada somando o tempo de trabalho em períodos consecutivos ou não.

Regras do saque do FGTS: quem pode fazer a retirada

Saque do FGTS, saque FGTS,saque esquecido do FGTS, novo FGTS, saque integral do FGTS
Saque do FGTS. Foto: montagem / Pexels – Canva PRO

Conforme as regras atuais do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, o saque integral da conta está previsto para diferentes situações, dentre as quais estão:

  • Trabalhador que é demitido sem justa causa;
  • Trabalhador que se aposenta;
  • Contribuinte com idade de 70 anos ou mais;
  • Após fim do contrato de trabalho;
  • Com suspensão de trabalho avulso;
  • Por rescisão contratual por força maior ou culpa recíproca;
  • Trabalhador residindo em local que aconteceu um caso de desastre natural, ou onde houve declaração de calamidade;
  • Casos de doenças graves, conforme previsto em lei;
  • Trabalhador que está sem atuar com carteira assinada há ao menos três anos, ou seja, fora do regime do FGTS;
  • Trabalhador que tenha vontade de realizar a compra da casa própria (liquidação, prestação ou amortização);
  • Trabalhador que faleceu (dinheiro pode ser solicitado por herdeiro).

Apesar de não permitir o saque integral do FGTS, há uma modalidade que realiza pagamentos anuais, conforme saldos disponíveis nas contas do fundo. No caso, o saque-aniversário conta com repasses no mês de nascimento do trabalhador.

Para aderir à modalidade, basta que a pessoa acesse o aplicativo do FGTS, disponível para Android e iOS, e selecione a opção da modalidade. Também é possível deixar o saque-aniversário pela mesma ferramenta, a qualquer momento.

Leia também


você pode gostar também

Aposentados podem se tornar MEIs sem perder o benefício do INSS?

A crise econômica está forçando os aposentados a consultarem a possibilidade de se tornar MEIs sem perder o benefício do INSS, mas existem regras sobre isso na legislação previdenciária.

Auxílio Brasil: veja quem tem prioridade para ser aprovado no programa

Os inscritos no Auxílio Brasil devem aguardar os procedimentos do Ministério da Cidadania para receber os pagamentos, mas existe um público que tem prioridade para ser aprovado no programa.

Auxílio Brasil terá calendário diferente em dezembro; entenda

O Auxílio Brasil é um programa social do Governo Federal que atende as famílias vulneráveis. Confira calendário de dezembro e o valor das parcelas.

Bolada do INSS de até R$ 72,7 mil: saiba consultar se você tem dinheiro a receber

Beneficiários do INSS que ganharam ações podem ter valores a receber. O dinheiro será pago a mais de 100 mil segurados do instituto.

Auxílio Moradia em São Paulo: confira regras e quem tem direito

Confira abaixo detalhes sobre o Auxílio Moradia, programa disponível no estado de São Paulo, e entenda quais famílias podem ter direito ao benefício.

Calendário Saque FGTS 2023: veja todas as datas previstas para ano que vem

O calendário FGTS 2023 vai contar com 12 saques na modalidade aniversário. Essa é optativa e deve ser solicitada até o mês de resgate.