Auxílio Brasil: como descobrir se estou na fila de espera para receber o valor?

Os brasileiros que atendem aos critérios de elegibilidade do Programa Auxílio Brasil podem consultar a situação cadastral por meio do telefone, mas também através dos aplicativos.

O Auxílio Brasil é um dos principais programas do Governo Federal atualmente. Neste sentido, trabalha com a transferência de renda para os brasileiros de baixa renda, promovendo escolaridade, moradia, empregabilidade e cidadania por meio de diversas frentes de atuação.

Leia também

Atualmente, o programa atende mais de 20 milhões de famílias em todo o país, com um ticket temporário de R$ 600. Além disso, o Auxílio Brasil é cumulativo com benefícios estudantis e profissionais internos, mas também com outras iniciativas como o Auxílio Gás ou a Tarifa Social de Energia Elétrica. Saiba mais sobre o benefício a seguir:

Como saber se você está na fila de espera do Auxílio Brasil?

auxílio brasil, auxílio brasil valor, auxílio brasil de R$ 600, auxílio brasil novos aprovados
Foto: montagem / Pixabay – Canva PRO

Em primeiro lugar, as inscrições no Auxílio Brasil são realizadas de maneira automática pelo Ministério da Cidadania. Mensalmente, a pasta realiza análise das informações dos brasileiros inscritos no Cadastro Único, garantindo que aqueles considerados elegíveis sejam adicionados corretamente.

Sendo assim, é fundamental garantir que todos os critérios de elegibilidade estejam sendo atendidos antes de solicitar a inscrição ou ser adicionado à lista de espera. Desse modo, os cidadãos devem:

  • Em geral, ter o cadastro regular e atualizado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal;
  • Fazer parte da categoria de família em situação de extrema pobreza, possuindo renda familiar per capita mensal igual ou inferior a R$ 105; ou
  • Fazer parte da categoria de família em situação de pobreza, possuindo renda familiar per capita mensal está entre R$ 105,01 e R$ 210; ou
  • Integrar categoria de família em regra de emancipação, possuindo renda familiar mensal per capita de, no mínimo, R$ 252 por pessoa.

A partir do atendimento dos critérios de elegibilidade, os cidadãos podem solicitar o Auxílio Brasil diretamente com o setor responsável na prefeitura do município. Neste caso, deve-se apresentar o documento de identificação, assim como o Número de Inscrição Social do CadÚnico.

Feito isso, as famílias devem esperar a inclusão do Ministério da Cidadania, que considera ainda a composição familiar e a renda de cada integrante para priorizar membros. Porém, é possível acompanhar a situação cadastral e conferir se está inscrito por meio dos canais de consulta e atendimento do Auxílio Brasil.

Como consultar o Auxílio Brasil?

Os brasileiros que solicitaram o Auxílio Brasil e foram inseridos na lista de espera do benefício podem consultar a situação cadastral da mesma forma que os cidadãos que já recebem o pagamento. Neste caso, pode-se entrar em contato por meio do telefone com o Ministério da Cidadania, no número 121.

A Caixa Econômica Federal também oferece atendimento pelo telefone 111. Em todos os casos, é necessário informar o CPF e outros dados pessoais para confirmar a identidade antes de solicitar a informação sobre o programa. Além disso, os brasileiros precisam estar atentos ao período de atendimento de cada canal.

O Ministério da Cidadania tem atendimento personalizado de segunda à sexta-feira, entre 7h e 19h. A Caixa Econômica Federal, por sua vez, atende de segunda à sexta-feira, entre 8h e 21h, mas também possui atendimento eletrônico disponível 24h ao longo da semana, incluindo os finais de semana.

Por outro lado, pode-se realizar o atendimento digitalmente por meio do aplicativo do Auxílio Brasil, disponível para Android e iOS, assim como pelo Caixa Tem, também disponível para Android e iOS. Após realizar o login, ou cadastro no caso do primeiro acesso, basta acessar os dados do programa no menu de funcionalidades.

Leia também


você pode gostar também

14º salário do INSS terá valor de R$ 2,4 MIL e será pago ainda em 2022?

O projeto de lei da Câmara dos Deputados que cria o 14° salário do INSS ainda deve ser analisado por uma comissão especial.

Saque FGTS terá 2 lotes em outubro; valores podem superar R$ 4 mil

Fundo de Garantia do Tempo de Serviço libera duas modalidades do Saque FGTS no mês de outubro. Veja se terá direito.

Auxílio Brasil de outubro já tem calendário previsto; veja as datas

Com dez transferências, o calendário do Auxílio Brasil de outubro tem datas previstas, começando as transferências a partir do dia 18, por meio da Caixa Econômica Federal.

É necessário fazer a prova de vida do INSS ainda em 2022? Veja as regras

Aposentados e pensionistas passam pela prova de vida do INSS todos os anos para comprovar que ainda têm direito aos benefícios.

NOVO saque FGTS será liberado na próxima semana; veja valores

Trabalhadores formais de carteira assinada poderão fazer saque de parte do saldo guardado na sua conta do FGTS em outubro.

BPC de R$ 1,2 mil é pago para quem nunca contribuiu ao INSS; veja regras

O BPC de R$ 1,2 mil é um benefício assistencial do INSS que não equivale à aposentadoria, pois transfere valores para cidadãos que nunca contribuíram com o instituto.