Abono PIS/Pasep retroativo é confirmado; veja quem pode pedir

Milhares de trabalhadores ainda podem sacar o dinheiro do abono PIS/Pasep retroativo. Confira como pedir o recurso.

Segundo o governo federal, aproximadamente 300 mil pessoas não sacaram o abono PIS/Pasep retroativo, referente ao ano-base de 2019. No momento, cerca de R$ 208 milhões estão parados, aguardando pelos seus donos. No caso, uma segunda chance está sendo dada aos beneficiários.

Vale lembrar que o abono PIS/Pasep do ano-base de 2019 já foi disponibilizado aos trabalhadores anteriormente. Todavia, como o repasse não é automático e é preciso que o interessado solicite o dinheiro, muitas pessoas ficaram sem o recurso, geralmente por falta de informação.

Quem tem direito ao abono Pis/Pasep retroativo

De acordo com a regras do abono PIS/Pasep, o Programa de Integração Social (PIS) é voltado para os trabalhadores da iniciativa privada que possuem a Carteira de Trabalho assinada. Os repasses são feitos pela Caixa Econômica Federal.

Como o próprio nome indica, o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) beneficia os servidores públicos. O dinheiro é distribuído pelo Banco do Brasil.

Sendo assim, além de cumprir os requisitos citados anteriormente, para receber o abono PIS/Pasep retroativo o interessado deve seguir as regras abaixo:

  • Estar registrado no PIS ou no Pasep há, no mínimo, cinco anos;
  • Receber até dois salários mínimos, em média;
  • Estar inscrito na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ou ser registrado no eSocial;
  • Ter trabalhado por ao menos 30 dias no ano-base de 2029;
  • Não ser contratado por uma pessoa física;
  • Não ser empregado doméstico.

Vale ressaltar que os pagamentos do abono PIS/Pasep retroativo são proporcionais. Isso quer dizer que a pessoa só receberá o valor máximo (R$ 1.100) caso tenha trabalhado o ao longo do ano-base inteiro.

Quem trabalhou por meio ano receberá metade dos R$ 1.100, ou seja, R$ 550, e assim por diante, desde que cumpra o mínimo de 30 dias (um mês). O recurso ficará disponível até 29 de dezembro de 2022.

Como pedir o abono PIS/Pasep retroativo

O governo federal disponibiliza meios diversos para que o interessado possa obter os valores do abono PIS/Pasep retroativo.

Sendo assim, o trabalhador pode escolher a maneira que achar mais fácil. Confira as opções que são válidas no momento:

Via aplicativo

O meio mais simples de pedir pelo recurso é o aplicativo da Carteira de Trabalho Digital (Android e iOS). Nela, o interessado deve fazer o login com seu CPF e senha do gov.br. Depois, é só ir na aba do abono PIS/Pasep e fazer o pedido.

Por e-mail

Ao enviar a solicitação por e-mail, o interessado precisa ficar atento ao endereço: [email protected] O termo “uf” precisa ser trocado pela sigla do estado onde a pessoa está registrada como empregada (exemplo: São Paulo = sp, Rio de Janeiro = rj).

Telefone

Por meio do telefone 158 (Alô Trabalhador), o benefício pode ser solicitado de forma gratuita. Contudo, lembre-se de estar com seus documentos em mãos e formar os dados pessoais para que sua solicitação seja atendida.

Presencialmente

Por fim, ainda há a opção de o trabalhador pedir o recurso presencialmente. Para isso, ele deve se deslocar até uma unidade do Ministério do Trabalho.

Lá, deverá pedir pelo abono PIS/Pasep retroativo e apresentar um documento de identidade.

Leia também

você pode gostar também

Auxílio permanente de R$ 1,2 mil para mulheres será pago em 2022?

Milhões de poderão ser beneficiados com o auxílio permanente de R$ 1,2 mil para mulheres. Veja previsão de pagamentos.

Saque PIS/Pasep é liberado para 10 milhões de pessoas; veja quem pode sacar

Cotas PIS/Pasep esquecidas contam com cerca de R$ 23 bilhões. Milhões de trabalhadores têm direito ao dinheiro.

Novo FGTS terá saque integral em 2022? Veja regras da nova proposta

Proposta do novo FGTS com saque integral para quem pedir demissão já está tramitando na Câmara dos Deputados.

Revisão da Vida Toda do INSS será aprovada em 2022? Veja quem pode pedir

Ainda em discussão nas Casas Legislativas, a medida enfrenta entraves políticos entre os ministros responsáveis, mas pode representar vantagens aos aposentados e pensionistas.

Licença-paternidade estendida: veja regras e como funciona em 2022

A licença-paternidade estendida consiste em uma iniciativa das companhias globais para fomentar a integração familiar aos trabalhadores que tiverem filhos, adotivos ou biológico.

Auxílio Taxista de R$ 2 mil é pago hoje para mais de 200 mil pessoas; veja regras

Prefeituras estão inscrevendo os beneficiários para receberem o Auxílio Taxista de R$ 2 mil. Confira quem já pode receber o valor.