Consulta do PIS pode ser feita pelo CPF; veja como fazer pela internet

Para fazer a consulta pela internet, só é preciso acessar o site do Meu INSS ou da Caixa. Serviço também está disponível por aplicativos e por telefone.

O Programa de Integração Social (PIS) é formado por uma série de benefícios e busca integrar o empregado do setor privado no desenvolvimento da empresa. O dinheiro da contribuição financia pagamentos como abono salarial e seguro desemprego, e o objetivo do programa é aumentar a renda de trabalhadores de baixa renda. Pelo fato de só ser utilizado em certas situações, é comum que o número seja esquecido por seus beneficiários. Mesmo assim, existe a possibilidade de consultá-lo pelo CPF.

Leia também

A geração do número do PIS ocorre ainda no primeiro emprego do trabalhador. Normalmente, ele é anotado na Carteira de Trabalho, no Cartão Cidadão ou em extratos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Também é possível obtê-lo em qualquer agência da Caixa, mas a consulta pode ser feita sem sair de casa, desde que com o CPF.

É comum que o PIS apareça como PIS/Pasep ou NIT/PIS. O Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é oferecido aos funcionários públicos. Já o NIT é apenas o Número de Identificação do Trabalhador, em substituição do PIS/Pasep.

Como consultar o PIS por meio do CPF?

Existem várias formas diferentes que possibilitam a checagem do programa. Uma das mais simples de consultar o PIS pelo CPF é por meio do site Meu INSS, que centraliza diversos serviços, incluindo o PIS e seu tempo de contribuição.

1. Pela internet

Para fazer a consulta PIS é simples: só é necessário acessar o portal do INSS, fazer o login ou o cadastro. Por meio do cadastro, após preencher os dados solicitados, é preciso fazer o login novamente. No canto superior direito, por meio dos dados do usuário, é possível conferir o nome, CPF e o NIT/PIS.

A consulta pela internet também está disponível por meio do site da Caixa. Só é preciso fazer o login e informar o número do CPF.

2. Por aplicativos

Os aplicativos que permitem a consulta do programa são o do app FGTS, da Carteira de Trabalho Digital e por meio do Caixa Trabalhador ou Caixa Tem. Em todas as opções, só é necessário fazer o login ou informar dados como o CPF.

3. Por telefone

Da mesma forma, para fazer a consulta por telefone é preciso ligar para o número da Previdência Social (135) e informar o CPF. Após selecionar a opção 5, um responsável irá confirmar os dados cadastrais e ditar o número do PIS. O atendimento ocorre de segunda a sábado, das 7h às 22h.

Já a Caixa também oferece a informação por meio do serviço Caixa Cidadão, telefone 0800-726-0207. O atendimento eletrônico está disponível 24h por dia, 7 dias por semana.

Leia também


você pode gostar também

Aposentados podem se tornar MEIs sem perder o benefício do INSS?

A crise econômica está forçando os aposentados a consultarem a possibilidade de se tornar MEIs sem perder o benefício do INSS, mas existem regras sobre isso na legislação previdenciária.

Auxílio Brasil: veja quem tem prioridade para ser aprovado no programa

Os inscritos no Auxílio Brasil devem aguardar os procedimentos do Ministério da Cidadania para receber os pagamentos, mas existe um público que tem prioridade para ser aprovado no programa.

Auxílio Brasil terá calendário diferente em dezembro; entenda

O Auxílio Brasil é um programa social do Governo Federal que atende as famílias vulneráveis. Confira calendário de dezembro e o valor das parcelas.

Bolada do INSS de até R$ 72,7 mil: saiba consultar se você tem dinheiro a receber

Beneficiários do INSS que ganharam ações podem ter valores a receber. O dinheiro será pago a mais de 100 mil segurados do instituto.

Auxílio Moradia em São Paulo: confira regras e quem tem direito

Confira abaixo detalhes sobre o Auxílio Moradia, programa disponível no estado de São Paulo, e entenda quais famílias podem ter direito ao benefício.

Calendário Saque FGTS 2023: veja todas as datas previstas para ano que vem

O calendário FGTS 2023 vai contar com 12 saques na modalidade aniversário. Essa é optativa e deve ser solicitada até o mês de resgate.