Saque FGTS de R$ 1 mil termina no final do ano; veja como sacar o valor

Qualquer pessoa com conta e saldo positivo no FGTS pode fazer saque de até R$ 1 mil pelo Caixa Tem ou app do Fundo.

Trabalhadores formais ainda podem retirar valores extraordinários de suas contas ativas e iniciativas no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O governo federal, por meio da Caixa Econômica Federal, liberou saque FGTS de até R$ 1 mil para amenizar os impactos da pandemia de COVID-19.

continua depois da publicidade

Diferentemente de outras retiradas do Fundo que só acontecem em casos específicos, essa modalidade contempla qualquer pessoa. Os repasses foram feitos para contas do Caixa Tem até o dia 15 de junho e os valores continuam disponíveis. Para quem não ainda não tinha registro no banco digital, a Caixa abriu contas automaticamente.

Como fazer o saque FGTS de até R$ 1 mil

Os interessados em obter o benefício precisam saber que as quantias liberadas variam de acordo com o saldo existente no Fundo. Por exemplo, se uma pessoa tem R$ 500 guardados na conta, então esse é o valor máximo que ela pode retirar. Para quem tem R$ 1 mil ou mais, o limite do saque FGTS é de R$ 1 mil.

Leia também

As retiradas poderão ser feitas até o dia 15 de dezembro de 2022, conforme as regras do programa. Os trabalhadores não precisam solicitar o dinheiro, uma vez que a Caixa realizou os depósitos automaticamente por meio de contas do Caixa Tem. As quantias já foram depositadas e os beneficiários podem optar pelo resgate ou não.

Quem quiser fazer o saque FGTS de até R$ 1 mil deve:

  1. Baixar o aplicativo Caixa Tem (disponível para Android e iOS);
  2. Entrar com CPF e senha;
  3. Verificar o valor recebido;
  4. Escolher uma forma de transferir o dinheiro para outra conta (Pix, TED, DOC ou boleto).

Também é possível usar os cartões virtuais da plataforma para fazer outras movimentações. Aqueles com acesso ao aplicativo do FGTS podem solicitar a retirada indo em "Saque Extraordinário", confirmar os dados e clicar em "Solicitar saque".

O que fazer se eu não quiser o saque FGTS

Conforme informado anteriormente, o resgate dos valores é opcional. O trabalhador tem o direito de pedir o estorno da quantia para suas contas do Fundo. O pedido para desfazer o depósito da Caixa deve ser realizado até o dia 10 de novembro. Enquanto isso, o dinheiro continuará disponível.

Outra opção para devolver é não movimentando a quantia. De acordo com as regras da Caixa, o saque FGTS de até R$ 1 mil que não for utilizado até 15 de dezembro será devolvido. Então, o trabalhador só terá acesso ao benefício novamente em casos específicos, como saque-aniversário, aposentadoria, demissão ou financiamento de imóvel.

Leia também

Concursos em sua
cidade