Aposentadoria para PcD: confira as regras e como solicitar o benefício

Pessoas com Deficiência (PcD) podem se aposentar pelo INSS com regras especiais. Saiba quem pode pedir os repasses.

Entre os direitos de Pessoas com Deficiência (PcD) está a aposentadoria por meio do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). No caso, existem dois caminhos que podem ser seguidos para obter o benefício. Confira quais os requisitos precisam ser cumpridos para que os repasses da aposentadoria sejam feitos para quem é PcD.

Aposentadoria do INSS para PcD

Assim como ocorre na aposentadoria tradicional, quem se enquadra como PcD pode escolher se quer se aposentar por idade ou por tempo de contribuição. Por isso, separamos as duas maneiras logo abaixo. Confira:

Aposentadoria PcD por tempo de contribuição

A primeira forma de aposentadoria é a de tempo de contribuição, ou seja, pelo período que a pessoa trabalhou ao longo da vida. No caso, os contribuintes são divididos em três grupos diferentes, conforme o grau de deficiência física. Quanto mais grave, menor o tempo necessário:

  • Leve: 33 anos de contribuição para homens e 28 anos de contribuição para mulheres;
  • Moderado: 29 anos de contribuição para homens e 24 anos de contribuição para mulheres;
  • Grave: 25 anos de contribuição para homens e 20 anos de contribuição para mulheres.

Dentro do período de contribuição, é preciso que, por ao menos 180 meses, a pessoa tenha trabalhado na condição de Pessoa com Deficiência (PcD). O restante pode ter sido cumprido da forma tradicional.

Aposentadoria PcD por idade

A aposentadoria por idade, como o próprio nome aponta, é determinada por quantos anos a pessoa tem e não apenas pela contribuição. As mulheres devem ter, no mínimo, 55 anos e os homens precisam ter ao menos 60 anos.

Assim como ocorre na aposentadoria por contribuição, é exigido que a pessoa tenha trabalhado por ao menos 180 meses como PcD.

Como pedir a aposentadoria para PcD

O pedido pode ser feito por meio do aplicativo meu INSS (Android e iOS) e pelo site do Meu INSS. Além disso, para quem não tem acesso à internet, há o número 135, que funciona de segunda-feira a sábado, das 7h às 22h. Por lá, há orientações do que fazer.

Para pedir a aposentadoria, são exigidos os documentos que comprovam a deficiência, o tempo de contribuição e o CPF.

Leia também

você pode gostar também

Auxílio Caminhoneiro de R$ 2 mil é pago nesta terça; veja regras do benefício

Milhares de transportadores de carga deverão ser beneficiados com o Auxílio Caminhoneiro de R$ 2 mil. Veja como será o pagamento.

PIS/Pasep têm R$ 24,6 bi esquecidos em 2022; veja quem pode fazer o saque

Os valores acumulados estão disponíveis aos profissionais que trabalharam durante período de vigência do Fundo PIS/Pasep.

13º salário do BPC de R$ 2,4 mil será uma realidade em 2022? Conheça projeto

Caso aprovado, o Projeto de Lei em tramitação no Senado Federal irá incluir o pagamento de uma parcela extra do Benefício de Prestação Continuada durante o mês de dezembro.

Auxílio Gás de R$ 110 é liberado; veja quem recebe o valor nesta semana

Auxílio Gás vai repassar, nos meses de agosto, outubro e dezembro, 100% do valor médio do botijão de gás às famílias beneficiadas.

Auxílio Brasil de R$ 600 começa a ser pago; veja calendário e quem recebe

Segundo o governo, Auxílio Brasil de R$ 600 deverá ser repassado para mais de 20 milhões de inscritos. Repasses foram divididos conforme NIS.

Auxílio Brasil de R$ 600 será pago a 20,2 milhões de pessoas; quem recebe o valor?

Pagamentos do Auxílio Brasil de R$ 600 devem começar no dia 09 de agosto. Reajuste do valor será temporário.