Abono PIS/Pasep ainda pode ser sacado? Veja prazo limite e o que fazer

O governo federal autorizou que o abono PIS/Pasep de 2020 ficasse disponível para saque ao longo de todo o ano de 2022.

Trabalhadores formais que estiveram em atividade no ano de 2020 receberam o abono PIS/Pasep entre os meses de fevereiro e março de 2022. O pagamento teve valores variáveis de acordo com o tempo de serviço, chegando a até R$ 1.212,00. No entanto, milhares de brasileiros não sacaram o benefício na época.

Se você é uma dessas pessoas, não precisa entrar em pânico porque é possível resgatar o dinheiro. De acordo com o governo federal, os valores ficarão disponíveis para retirada até o dia 29 de dezembro deste ano. Vale ressaltar que o PIS é pago pela Caixa para trabalhadores da iniciativa privada e o Pasep pelo Banco do Brasil para servidores públicos.

Quem tem direito ao abono PIS/Pasep

O abono PIS/Pasep é um benefício pago anualmente para trabalhadores formais que cumprem uma série de requisitos. Para ter direito ao repasse relativo ao ano de 2020, é necessário:

  • Estar inscrito no PIS/Pasep por, no mínimo, cinco anos;
  • Ter trabalhado por, pelo menos, 30 dias no ano-base;
  • Ter recebido remuneração de até dois salários mínimos por mês;
  • Estar inscrito na Relação Anual de Informações (RAIS) ou no eSocial;
  • Não ser empregado doméstico nem ter sido contratado por pessoa física.

Vale ressaltar que, além dos valores não resgatados de 2020, o governo federal liberou uma nova chance de fazer os saques do abono PIS/Pasep de 2019 esquecido. As regras do benefício são as mesmas.

Como consultar o abono PIS/Pasep esquecido

Os interessados podem consultar os repasses dos dois anos por telefone, ligando para a Central 158, informando o número do seu CPF. O procedimento também pode ser realizado pela internet, utilizando o app da Carteira de Trabalho Digital. Sendo assim, para saber se você tem direito ao abono PIS/Pasep de 2019 ou 2020 basta:

  1. Baixar o aplicativo no celular (Android e iOS);
  2. Fazer login com CPF e senha cadastrados no gov.br (se não tiver uma conta, é só criar uma na hora);
  3. No menu inferior, selecionar a opção “Benefícios”;
  4. No quadrinho de “Abono Salarial”, clicar em “Consultar”.

Se você estiver entre os beneficiários de 2020, é só realizar o saque junto ao respectivo banco. Já no caso do abono de 2019, é preciso enviar e-mail para trabalho.uf@economia.gov.br (trocando “uf” pela sigla do seu estado, como “sp” ou “rj”) e solicitar os valores.

Leia também

você pode gostar também

PIS/Pasep têm R$ 24,6 bi esquecidos em 2022; veja quem pode fazer o saque

Os valores acumulados estão disponíveis aos profissionais que trabalharam durante período de vigência do Fundo PIS/Pasep.

13º salário do BPC de R$ 2,4 mil será uma realidade em 2022? Conheça projeto

Caso aprovado, o Projeto de Lei em tramitação no Senado Federal irá incluir o pagamento de uma parcela extra do Benefício de Prestação Continuada durante o mês de dezembro.

Auxílio Gás de R$ 110 é liberado; veja quem recebe o valor nesta semana

Auxílio Gás vai repassar, nos meses de agosto, outubro e dezembro, 100% do valor médio do botijão de gás às famílias beneficiadas.

Auxílio Brasil de R$ 600 começa a ser pago; veja calendário e quem recebe

Segundo o governo, Auxílio Brasil de R$ 600 deverá ser repassado para mais de 20 milhões de inscritos. Repasses foram divididos conforme NIS.

Auxílio Brasil de R$ 600 será pago a 20,2 milhões de pessoas; quem recebe o valor?

Pagamentos do Auxílio Brasil de R$ 600 devem começar no dia 09 de agosto. Reajuste do valor será temporário.

Auxílio Taxista será pago a mais de 300 mil pessoas em agosto; veja datas

Veja quando serão depositadas as primeiras duas parcelas do Auxílio Taxista, referentes a julho e agosto, assim como a data posterior, para prefeituras que perderam o primeiro prazo.