Calendário Auxílio Brasil: nova rodada ainda terá 6 saques; veja datas

Calendário do Auxílio Brasil indica que 6 saques ainda serão liberados ao longo do mês de junho. Confira as datas.

O Auxílio Brasil continua fazendo os pagamentos relacionados ao mês de junho. De acordo com o cronograma do programa, ainda restam 6 saques nessa rodada. Portanto, confira quem ainda receberá os pagamentos.

Vale lembrar que os repasses do Auxílio Brasil são feitos de forma mensal, visando pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Em média, os depósitos são de cerca de R$ 400, mas existem benefícios que pagam até R$ 1 mil.

Calendário Auxílio Brasil: repasses restantes de junho

O dígito final do Número de Inscrição Social (NIS) é utilizado pelo Ministério da Cidadania para dividir os beneficiários do Auxílio Brasil em grupos e organizar os pagamentos. Por enquanto, quatro grupos já obtiveram o dinheiro. Assim, segundo o calendário, ainda restam os repasses a seguir:

  • NIS final 5: 23 de junho de 2022;
  • NIS final 6: 24 de junho de 2022;
  • NIS final 7: 27 de junho de 2022;
  • NIS final 8: 28 de junho de 2022;
  • NIS final 9: 29 de junho de 2022;
  • NIS final 0: 30 de junho de 2022.

Para consultar se os pagamentos do programa serão feitos, entre no aplicativo do Auxílio Brasil (Android e iOS) ou no app do Caixa Tem (Android e iOS). O governo federal também disponibiliza a verificação por telefone. Ligue para o número 121 do Ministério da Cidadania ou 111 da Caixa Econômica Federal.

calendário auxílio brasil
Calendário Auxílio Brasil. Foto: Divulgação/Ministério da Cidadania

Auxílio Brasil: quem pode receber o dinheiro

Conforme as regras do Auxílio Brasil, para poder receber o dinheiro, as famílias devem estar inscritas no CadÚnico e com o registro atualizado. Além disso, é necessário cumprir um dos requisitos abaixo:

  • Estar em família em estado de pobreza;
  • Estar em família em estado de extrema pobreza;
  • Famílias em situação de emancipação.

A inscrição no programa é automática, sendo realizada pelo Ministério da Cidadania. A pasta também é a responsável por excluir as pessoas que não estiverem cumprindo os requisitos determinados pelo governo federal. Revisões mensais são realizadas para averiguar a situação dos beneficiários.

Leia também

você pode gostar também