13º salário do INSS: parcelas podem ser novamente antecipadas?

Antecipação das parcelas do 13º salário do INSS ocorreu por duas vezes durante a pandemia. Entenda a situação em 2022.

Com a variante Ômicron fazendo com que os casos da COVID-19 aumentem, já há uma expectativa de que o governo federal possa antecipar o 13º salário do INSS em 2022. Veja o que se sabe sobre o assunto até o momento.

Vale lembrar que a pandemia fez com que o governo fizesse antecipações nos anos de 2020 e 2021. O objetivo era fazer com que aposentados e pensionistas tivessem um dinheiro extra ao longo do ano.

Antecipação do 13º salário do INSS em 2022

Apesar do aumento de número de casos no país, o governo federal ainda não se posicionou oficialmente sobre a antecipação do 13º salário do INSS em 2022. Por enquanto, os pagamentos estão com as datas originais, sendo duas parcelas (1ª em agosto/setembro e a 2ª em novembro/dezembro).

Segundo o Ministério da Economia, para que os pagamentos fossem liberados antes, seria necessária uma medida oficial publicada em lei. Além disso, a pasta afirma que a situação é um pouco diferente dos anos anteriores, pois com a vacina, não haveria paralização quase total da força de trabalho.

Portanto, a expectativa de antecipação para cerca de 36 milhões de beneficiários pode ser frustrada. Caso não haja alguma mudança radical na pandemia ou no pensamento do governo, é improvável que mudanças ocorram.

Calendário 13º salário do INSS 2022: primeira parcela

Como informado, por enquanto, as datas originais foram mantidas. Veja, portanto, o calendário da primeira parcela do 13º salário INSS 2022, começando com quem ganha até um salário mínimo (R$ 1.212,00 atualmente):

  • Benefício final 1: 25 de agosto;
  • Benefício final 2: 26 de agosto;
  • Benefício final 3: 29 de agosto;
  • Benefício final 4: 30 de agosto;
  • Benefício final 5: 31 de agosto;
  • Benefício final 6: 1º de setembro;
  • Benefício final 7: 2 de setembro;
  • Benefício final 8: 5 de setembro;
  • Benefício final 9: 6 de setembro;
  • Benefício final 0: 8 de setembro.

Agora as datas para beneficiários que recebem acima de um salário:

  • Benefício final 1 e 6: 01 de setembro;
  • Benefício final 2 e 7: 02 de setembro;
  • Benefício final 3 e 8: 05 de setembro;
  • Benefício final 4 e 9: 06 de setembro;
  • Benefício final 5 e 0: 08 de setembro.

A segunda parcela será paga nos meses de novembro e dezembro. Isso caso não haja alterações por parte do governo federal.

Leia também

você pode gostar também