Seguro-desemprego terá novo valor em 2022; veja a nova estimativa

Valores do seguro-desemprego em 2022 deverão ser atualizados. Confira quem poderá receber o dinheiro no ano que vem.

Quem for demitido no ano que vem receberá um pouco mais do que quem foi desligado em 2021. O seguro-desemprego terá novo valor em 2022. O reajuste do salário mínimo é um dos fatores para a mudança.

Leia também

Além disso, o aumento do valor do seguro-desemprego também está atrelado à previsão da inflação feita pelo Ministério da Economia. A pasta acredita que o índice será de 10,04% no ano de 2021. O valor foi a quarta estimativa feita no ano. A primeira foi de 6,9%, a segunda de 8,4% e a terceira de 9,1%.

Quais serão os valores do seguro-desemprego 2022

Como o seguro-desemprego utiliza o salário mínimo como base dos valores pagos, alterações ocorrerão no ano que vem. Com a aprovação do salário mínimo para R$ 1.210 em 2022, o piso do benefício terá o mesmo valor. Já o teto ainda não foi divulgado. É provável que ultrapasse os R$ 2.100.

Atualmente, o salário mínimo é de R$ 1.100,00. Portanto o valor mínimo do benefício também é de R$ 1.100,00. Já o valor máximo (teto) é de R$ 1.911,84. Se comparar o valor mínimo entre 2021 e 2022, é possível notar um aumento de mais de 10%, o que representa justamente a inflação do período.

Cerca de R$ 41,7 bilhões foram separados para os repasses do seguro-desemprego em 2022. O governo espera que de 8,2 milhões de pessoas solicitarão os valores.

Seguro-desemprego em 2022: quem pode pedir

Segundo o governo federal, as regras de solicitação do seguro-desemprego em 2022 permanecem as mesmas. Para obter o dinheiro, é preciso que o trabalhador esteja em um emprego formal e seja demitido sem justa causa. Além disso, é necessário:

  • Ter trabalhado entre seis e 12 meses (conforme prevê a lei);
  • Não possuir outra fonte de renda dentro da família;
  • Não estar recebendo qualquer benefício previdenciário contínuo (exceções: auxílio-acidente, auxílio suplementar e abono de permanência em serviço).

Vale lembrar que o seguro-desemprego paga entre três e cinco parcelas, dependendo da quantidade de vezes que o benefício foi solicitado e também do tempo de trabalho. Os valores variam conforme a remuneração da pessoa que foi demitida.

Leia também


você pode gostar também

Como fazer para conseguir o BPC de R$ 1,2 mil em 2022? Veja passo a passo

O Benefício de Prestação Continuada de R$ 1,2 mil em 2022 está disponível para as pessoas com 65 anos ou mais e pessoas com deficiência de qualquer idade no país.

Abono PIS/Pasep: quem pode sacar a bolada esquecida de R$ 562 milhões?

Beneficiários têm direito a receber, referente ao abono PIS/Pasep, até R$ 1.212,00. Veja se possui algum valor esquecido.

Auxílio Brasil dobrado em outubro? Veja quem pode receber até R$ 1,2 MIL

O valor do programa Auxílio Brasil pode ser aumentado com base em outros benefícios da chamada “cesta-raiz”.

Valor do PIS atualizado: veja qual é a mais nova previsão do abono 2023

Abono salarial possui como base de pagamento o valor do salário mínimo vigente. Confira as regras e saiba qual é o valor do PIS atualizado.

CNH Social 2023: veja regras e estados que oferecem gratuidade

A CNH Social 2023 é um programa criado pelo governo federal e oferecido pelos estados de forma independente. Sendo assim, as regras podem variar.

Calendário INSS: 8 saques serão liberados nesta semana; veja quem recebe

O calendário INSS terá 8 saques liberados nesta semana, ainda referentes ao mês-base de setembro para os segurados do instituto.