Auxílio emergencial: Dataprev abre contestação da última parcela; saiba como fazer

Trabalhadores considerados inelegíveis têm até está quinta-feira para fazer a contestação do auxílio emergencial de outubro.

Trabalhadores que tiveram o auxílio emergencial de outubro negado poderão fazer a contestação pelo site da Dataprev. Essas pessoas têm prazo de até 10 dias, contando a partir do resultado da análise cadastral, para interpor recurso.

Ou seja, o período para contestar a inelegibilidade ficará aberto até as 23h59 do dia 28 de outubro (quinta-feira). Depois disso, não será mais possível pedir o pagamento retroativo.

De acordo com o Ministério da Cidadania (MC), 1.795 inscrições no auxílio emergencial foram analisadas nesse mês. Dessas, 832 foram aprovadas, enquanto 963 tiveram o benefício cancelado. A última parcela teve um custo de R$ 146,3 mil.

Por que meu auxílio emergencial foi negado?

Existem uma série de razões para o governo ter bloqueado o seu pagamento. Desde que o auxílio emergencial foi autorizado no início de 2021, o MC informou que os cadastros seriam analisados mensalmente.

Sendo assim, só receberiam todas as parcelas os trabalhadores que fossem aprovados todos os meses. O benefício é negado apenas para aqueles que não se encaixam nos critérios estipulados.

Por exemplo, se de um mês para o outro você conseguiu um emprego formal, é provável que terá os valores cancelados. Quem perdeu a última parcela do auxílio emergencial ainda pode fazer a contestação.

Como contestar o auxílio emergencial negado?

É possível entrar com recurso contra o resultado da análise da última parcela. Para isso, o trabalhador deve:

  1. Acessar o site da Dataprev até o dia 28/10/2021;
  2. Preencher as informações pessoais solicitadas (CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento);
  3. Marcar a caixa “não sou um robô” e clicar em “Enviar”;
  4. Na página inicial, você verá o resultado do benefício. Então, é só clicar em “Mais informações”;
  5. Se a justificativa permitir a contestação do auxílio emergencial, basta clicar em “Contestar”.

Seu cadastro será enviado automaticamente para a Dataprev, que fará uma nova análise do seu perfil. Caso a justificativa não permita o recurso, como no caso de quem conseguiu um emprego formal, não será possível obter o pagamento.

Leia também

você pode gostar também