Vale gás nacional pode ser aprovado em breve; saiba detalhes sobre o benefício

A proposta do vale gás nacional já está em andamento e deve ser encaminhada para votação nos próximos meses. O benefício pode fazer parte do Auxílio Brasil.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou que o vale gás nacional pode ser lançado em breve. A informação foi dada durante entrevista à CNN Brasil. Segundo ele, o objetivo é ajudar famílias de baixa renda a comprarem o botijão de gás.

Isso porque o valor do produto subiu bastante nos últimos meses. O gás de cozinha de 13 kg custa em torno de R$ 88,91, conforme média feita pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Contudo, em algumas partes do Brasil, o botijão chega ao preço de R$ 125,00. “Estamos trabalhando com todos os setores para alcançar os mais vulneráveis. Podemos, no próximo mês ou próximos meses, apresentar esta proposta [do vale gás nacional]”, disse Albuquerque.

Como será feito o pagamento do vale gás nacional?

Alguns estados brasileiros já começaram a disponibilizar um auxílio similar em torno de R$ 100 por mês. A partir disso, o presidente Jair Bolsonaro chegou a comentar sobre a possibilidade de instituir um vale gás nacional.

De acordo com Bolsonaro, o plano para liberar essa ajuda já estaria em andamento, faltando apenas fechar alguns detalhes. Ele ainda disse que a Petrobrás possui cerca de R$ 3 bilhões guardados que poderiam ser usados para financiar o benefício.

Outra possibilidade citada pelo presidente foi a instituição do vale gás nacional dentro do Bolsa Família, que será substituído pelo Auxílio Brasil. Dessa forma, é possível que o pagamento se torne mais uma modalidade dentro do programa.

Bolsonaro disse ainda que a ideia é dar um vale gás nacional para as famílias carentes a cada dois meses para a compra de um botijão de 13 kg. Apesar de não ter confirmado o valor a ser transferido, estima-se que será em torno de R$ 100,00 ou R$ 120,00, como os estaduais.

Leia também

você pode gostar também