Veja 41 palavras da Língua Portuguesa que não são mais acentuadas

Algumas palavras da Língua Portuguesa perderam o acento devido a uma série de mudanças que aconteceram a partir da criação de um acordo ortográfico.

O Acordo Ortográfico trouxe mudanças à Língua Portuguesa e algumas palavras deixaram de ser acentuadas. Sendo assim, as regras de acentuação gráfica, criadas para orientar o falante a pronunciar a palavra correta de acordo com a sílaba tônica, passaram por alguma atualização.

continua depois da publicidade

Todavia, as mudanças trazidas pelo Acordo Ortográfico definiram novas regras ortográficas para a Língua Portuguesa. Seu objetivo era unificar a escrita nos países falantes do português, entrando em vigor no Brasil em 2016.

As mudanças imprimidas pelo Acordo Ortográfico foram responsáveis por algumas novidades, como o desuso do sinal do trema e muito mais. Pensando nisso, fizemos uma matéria com 41 palavras da Língua Portuguesa que sofreram alteração e não são mais acentuadas.

Mudanças na acentuação de palavras

Leia também

A reforma ortográfica trouxe muitas mudanças para a Língua Portuguesa, no que diz respeito a quase tudo. Uma das coisas que sofreram alterações foi a acentuação das palavras. Assim, com o Acordo Ortográfico, muitas palavras acabaram perdendo a acentuação.

continua depois da publicidade

De acordo com estudiosos, mais de mil palavras perderam o acento na Língua Portuguesa. Isso se dá por algumas mudanças nas regras de acentuação, da seguinte ordem:

  • Ditongos abertos terminados em paroxítonas (“oi” e “ei”);
  • Palavras com “u” e “i” tônicos após ditongo;
  • Palavras com trema;
  • Palavras com acento diferencial;
  • Palavras terminadas em “oo”e “eem”.

41 palavras da Língua Portuguesa que não são mais acentuadas

Ditongos abertos terminados em paroxítonas

Essa mudança trazida pelo Acordo Ortográfico fez com que palavras paroxítonas terminadas em ditongo composto pela terminação “éi” e “ói” perdessem o acento:

continua depois da publicidade

1. Alcatéia – alcateia;
2. Platéia – plateia;
3. Andróide – androide;
4. Bóia - boia;
5. Jibóia – jiboia;
6. Apóia – apoia;
7. Apóio (do verbo apoiar) – apoio;
8. Asteróide – asteroide;
9. Coréia – Coreia;
10. Estréia – estreia;
11. Geléia – geleia;
12. Idéia – ideia;
13. Jóia – joia;
14. Paranóia – paranoia;
15. Assembléia – assembleia;
16. Européia – europeia;
17. Heróico – heroico;
18. Centopéia – centopeia;
19. Estóico – estoico;
20. Debilóide – debiloide.

Palavras com “u” e “i” tônicos

Neste exemplo, palavras com “u” e “i” tônicos também perderam o acento, de acordo com os exemplos a seguir:

21. Baiúca – baiuca;
22. Feiúra – feiura;
23. Cauíla – cauila;
24. Bocaiúva – Bocaiuva.

continua depois da publicidade

Palavras com trema

O sinal diacrítico, usado em diversa línguas, perdeu um pouco da sua importância. Assim, as palavras com trema perderam o acento:

25. Freqüente – frequente;
26. Tranqüilo – tranquilo;
27. Lingüiça – linguiça
28. Agüentar – aguentar.

Acento diferencial

Segundo o Novo Acordo, não é preciso mais usar o acento diferencial para distinguir: 1) para (verbo) de para (preposição); pela, pelo (verbo) de pela, pelo (preposição + artigo) e pelo substantivo); polo (substantivo) de polo (por + lo); pera (futa) de pera (preposição).

Sendo assim, a lista de palavras que não são mais acentuadas continua:

29. Pára – para;
30. Péla – pela;
31. Pólo – polo;
32. Pêra – pera.

Palavras terminadas em “oo” e “eem”

Palavras com a terminação em “oo” e “eem” também perderam o acento desde que o Acordo Ortográfico foi oficializado e acabaram perdendo o acento circunflexo:

33. Abençôo – abençoo;
34. Pêlo – pelo;
35. Crêem (do verbo crer) – creem;
36. Dôo (do verbo doar) – doo;
37. Enjôo – enjoo;
38. Perdôo (do verbo perdoar) – perdoo;
39. Vêem (do verbo ver) – veem;
40. Dêem – deem;
41. Vêem – veem.

Compartilhe esse artigo

Leia também

Concursos em sua
cidade