É alérgico? Veja como se livrar da poeira em casa

A poeira doméstica pode afetar quem sofre de asma, alergias e outros problemas respiratórios, por isso, veja dicas para eliminá-la de sua casa.

A poeira é um conjunto de partículas microscópicas que flutuam no ar e se depositam nos objetos, formando uma camada de impurezas que precisa ser removida. Assim, pelo menos algumas vezes por semana é necessário retirá-la do chão e dos móveis, caso contrário a sujeira se acumulará.

continua depois da publicidade

Se isso ocorrer, pode ser prejudicial, especialmente, se você sofrer de alergias e problemas respiratórios. Portanto, veja abaixo truques essenciais para limpar a poeira e deixar sua casa brilhando.

7 dicas para reduzir a poeira em sua casa

1. Evite usar o espanador

Leia também

Curiosamente, esse item icônico não é o mais indicado para remover poeira, a menos que seja feito de microfibra, capaz de reter partículas em vez de dispersá-las pela casa. Se não for necessário alcançar áreas excessivamente altas, o ideal é substituir o espanador convencional por panos de microfibra.

2. Limpe de cima para baixo

Embora pareça óbvio, muitas vezes esquecemos dessa prática. Para evitar que a poeira caia sobre as áreas já limpas, é fundamental iniciar a limpeza pelas superfícies mais altas e concluir nas áreas mais baixas. Inverter essa ordem torna o esforço praticamente inútil.

continua depois da publicidade

3. Use o aspirador

Para se livrar efetivamente da poeira, esqueça a vassoura e opte pelo aspirador. Embora possa ser uma tarefa tediosa, aspirar pelo menos uma vez por semana é a maneira mais eficaz de eliminar a poeira. A vassoura, por outro lado, apenas a levanta, deslocando-a para outro local.

4. Crie um removedor de pó caseiro

Para remover o pó de móveis de madeira e prevenir seu aparecimento frequente, é indicado aplicar uma solução caseira feita com quatro partes de água e uma parte de amaciante. Utilize um borrifador para aplicar a solução em um pano limpo e espalhe sobre os móveis. Essa solução também serve para limpar telas de computador e televisão.

continua depois da publicidade

5. Não sobrecarregue a casa com objetos pequenos

Lembre-se de que decorações excessivas acumulam poeira e tornam o processo de limpeza mais demorado e complexo. Portanto, se deseja se livrar da poeira, não é aconselhável encher suas estantes e prateleiras com pequenos enfeites. Caso opte por guardá-los, tente armazená-los em um balcão ou estante com portas de vidro.

6. Higienize os tapetes com frequência

Ter tapetes na sala ou no quarto pode ser decorativo, mas frequentemente se tornam acumuladores significativos de poeira e ácaros. Uma maneira eficaz de reduzir a poeira em casa é levar os tapetes para fora e sacudi-los, especialmente os maiores, a cada 15 dias.

Se possível, elimine tapetes, assim como carpetes, que também tendem a atrair poeira e ácaros. Caso não seja possível remover, considere investir em um aspirador de pó com filtro HEPA para reter até as partículas microscópicas de poeira.

continua depois da publicidade

7. Cultive plantas em casa

Os cientistas acreditam que as plantas são um “purificador de ar” eficiente e indispensável em casa. Inclusive, a NASA conduziu estudos indicando que certas espécies absorvem toxinas e melhoram a qualidade do ar, contribuindo para a redução de partículas de poeira e outros poluentes no ambiente doméstico.

Outras pesquisas também corroboram essa ideia. Uma pesquisa da Universidade de Birmingham, publicada em 2022, revelou que plantas purificadoras de ar, como lírios-da-paz e dracenas, surpreendentemente absorvem cerca de metade do dióxido de nitrogênio (NO₂) em ambientes similares a escritórios urbanos.

Em espaços pequenos, 5 plantas podem reduzir os níveis de NO₂ em até 20%, enquanto em locais maiores, a porcentagem é de 3,5%. A descoberta destaca a eficácia das plantas na remoção de poluentes, sendo uma alternativa benéfica para a qualidade do ar interno. Além disso, as plantas não só embelezam, mas também oferecem benefícios psicológicos, como a redução de estresse, ansiedade e depressão.

Compartilhe esse artigo

Leia também

Concursos em sua
cidade